Em cima da hora:
Motociclista fica ferido após bater de frente com ônibus em Ribeirão Preto
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 06/02/2015


    Sobe – O amplo número de vagas nos cursos profissionalizantes gratuitos oferecidos pelo CICAF.

    Desce – Condutores que insistem em desrespeitar a lei que limita o uso de fumê em veículos.

    Sedução

    Sérgio Carneiro (PT), Irmão Lázaro (PSC) e Adelmo Menezes (PPL), os dois primeiros em entrevistas e o último a interlocutores, manifestaram intenção de disputar a Prefeitura de Feira em 2016. Dois já estiveram reunidos com o prefeito José Ronaldo. Adelmo foi chamado e Lázaro convidado, juntamente com o presidente do partido Eliel Santana. Sérgio Carneiro deve ser o próximo convidado. Essas candidaturas não devem prosperar.

    Amparados

    Os ex-deputados Jairo Carneiro e Eliana Boaventura, e o suplente de deputado Ângelo Almeida, já tiveram sua situação resolvida, junto ao governo Rui Costa, para fazer a composição no segundo escalão do governo. O cargo do vereador Pablo, de Feira de Santana, está em processo de encaminhamento. Se demorar, ele pode perder a paciência, e os impacientes geralmente tomam posições que não gostariam de tomar.

    PHS

    O Partido Humanista da Solidariedade mudou de mãos na Bahia. O comando agora pertence ao deputado federal e ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano. O partido em Feira é da base de apoio do prefeito José Ronaldo. Vai ser difícil imaginar que a direção do partido no município vá se manter, uma vez que o candidato a prefeito de Caetano na cidade é o deputado Zé Neto. O vereador Robecy da Vassoura é ligado ao prefeito atual.

    Esparro

    O deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA) definiu como esparro a tentativa de o governo federal aprovar o substitutivo da MP 658, que alteraria a legislação sobre parcerias entre a administração pública e as organizações não governamentais (ONGs). “Eles tentaram incluir uma série de medidas já rejeitadas pelo Congresso, como abrandar a fiscalização de contratos governamentais com as ONGs e a criação de um regime especial de contratação secreta dessas entidades, além de ressuscitar os conselhos bolivarianos, derrotados em plenário no ano passado”, informou Aleluia.

    Impedimento

    A bancada oposicionista impediu que o substitutivo petista se transformasse em lei, quarta-feira (04). “Imaginem, os dirigentes das ONGs não seriam responsabilizados por eventuais desvios nos convênios. E quem vai ressarcir o roubo? O povo inocente?”, questionou Aleluia que ainda citou, na tribuna do Congresso, o caso do Instituto Brasil na Bahia, que teria desviado milhões de reais para financiar campanhas petistas no estado.

    PV

    O presidente estadual do PV, Ivanilson Gomes, que esteve em diálogo com o secretário estadual de Relações Institucionais Josias Gomes, almejando fazer parte da base governista do PT na Bahia, parece ter resolvido aceitar a vontade da maioria da legenda. Na terça-feira, garantiu que a sigla se manterá ao lado dos Democratas e que a legenda não irá interferir no posicionamento dos deputados e vereadores a menos que haja decisões muito destoantes. Na Assembleia Legislativa é aguardada pelo deputado estadual eleito Marcell Moraes a formalização do bloco DEM-PV, articulado entre o líder da oposição na Casa, deputado Sandro Régis.

    Posse

    Mangabeira Unger foi empossado na Secretaria de Assuntos Estratégicos, em substituição ao ministro Marcelo Neri. A presidente Dilma discursou agradecendo ao antecessor, dizendo que o governo conseguiu reduzir a desigualdade e que Neri ajudou a entender melhor as transformações em curso no País “tanto no que diz respeito aos ganhos de renda, mas também ao acesso à educação, saúde, e os efeitos de todo esse ganho”.

    Petrobras

    Junto com a presidenta Graça Foster renunciaram ao cargo na estatal o diretor Financeiro e de Relacionamento com Investidores, Almir Guilherme Barbassa; o diretor de Exploração e Produção, José Miranda Formigli; o diretor de Abastecimento, José Carlos Cosenza; o diretor de Gás e Energia, José Alcides Santoro; e o diretor de Engenharia, Tecnologia e Materiais, José Antônio de Figueiredo. Amanhã (6) o Conselho de Administração vai se reunir para eleger os novos membros da diretoria.

    Lula

    Dilma procura executivo para substituir os titulares que renunciaram aos cargos na Petrobras. Lula quer o posto com intenção de indicar a chefia da estatal ao ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, a quem já tinha apontado para funções no governo, sem contar com simpatia da presidente. Devido à intensidade da situação, Dilma pode ceder à indicação.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia