Facebook
Em cima da hora:
Baile Municipal de Bezerros vende ingressos para show de Araketu
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 03/03/2015


    Sobe - A fé da comunidade católica que se renovou durante Caminhada do Perdão.

    Desce - A Assembleia Legislativa da Bahia, a maioria dos seus deputados e os ricos que receberam bolsa de estudos pagas com dinheiro público.

    Inauguração

    A Câmara Municipal de Feira de Santana convida a imprensa e vereadores para inauguração da ASCOM/Sala de Imprensa, amanhã (04), às 7 horas no Anexo da Câmara. Um breve café da manhã será oferecido para que todos possam conhecer as novas instalações.

    DEAM

    Na próxima segunda-feira (09) a vereadora Gerusa Sampaio (PROS) estará presente na caminhada em que a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Feira de Santana, junto ao Conselho Municipal das Mulheres e o coletivo das mulheres que sairão da Prefeitura em direção à Câmara a fim de lutar para que a Delegacia Especial de Atenção À Mulher (DEAM) funcione nos finais de semana. Gerusa falou da necessidade que as autoridades se sensibilizem em prol do funcionamento do órgão de defesa e proteção em um período suscetível a maus tratos, "conquista que é um direto" das mulheres.

    Água

    O vereador Lulinha (PEN) cobrou, na sessão de ontem na Câmara, providência da Embasa em relação à disponibilidade de água nos distritos, em especial Matinha, que constantemente sofrem com da falta de líquido precioso, embora, os cidadãos recebam o talão de cobrança pelo serviço.

    Assistência

    O vereador ainda falou da cobrança de cidadãos em relação ao Programa de Erradicação Infantil (PETI), do governo federal, que tem como objetivo retirar as crianças e adolescentes, de 07 a 14 anos, do trabalho considerado perigoso, penoso, insalubre ou degradante. Lulinha disse que o PETI "acabou" nos distritos e bairros de Feira, sendo integrado ao Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) - instituição que maioria das localidades não. Lulinha relatou do pedido ao prefeito para instalação de CRAS, em especial, no bairro de Conceição.

    Concurso

    Após ser questionado pelo vereador Alberto Nery (PT), o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, Ronny Miranda (PSDB) detalhou o andamento dos tramites de licitação e anulação do concurso ocorrido na gestão anterior na Casa, declarando que, conforme exigência judicial, o contrato foi quebrado com a empresa Ideal e a clausula da desistência foi paga, restando à empresa a obrigação de ressarcir os inscritos no processo. Os vereadores chamam atenção para a cobrança do compromisso da Ideal uma vez que chegaram a ouvir relatos que, embora tenham solicitado devolução no site, até o prazo, no último dia 20, cidadãos não tinham recebido valores.

    Ecassa

    O vereador Eli Ribeiro (PRB) disse ter recebido denúncia contra a Escola Ecassa, no Capuchinhos, e pediu designação da Comissão de Educação para averiguar procedência: Após ser uma das instituições sediar realização de provas do concurso promovido pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) no domingo (01), concurseiros relataram que a escola se encontra em estado deplorável - salas abafadas, com carteiras quebradas além de sujeiras que caem do teto. O vereador Beldes Ramos (PT) prometeu visitar o local, mas declarou-se surpreso com tais relatos, uma vez que a escola é destino de reformas a todo ano e uma referência do ensino público de Feira.

    Guarda

    O vereador Isaías de Diogo (PPS) fez indicação em que solicita ao prefeito de Feira de Santana alteração da Lei Complementar 056/2011, de forma que permita que todos os servidores que ocupam a função de Guarda Municipal possam ser aptos a exercer as funções de Comandante e Subcomandante, restritas para a classe Guarda Municipal Inspetor. O vereador justifica que, obedecendo o princípio de isonomia, todos os guardas estão aptos a exercerem as funções pois foram submetidos aos mesmos critérios de ingresso no Serviço Público Municipal via concurso público.

    Julgamento

    O vereador Edvaldo Lima (PP) contou sobre o que ocorreu quinta-feira (26), quando desembargadores retomaram a votação do processo que decidi se o prefeito José Ronaldo de Carvalho (DEM) e o ex-servidor municipal Constantino Portugal devem responder por crime de responsabilidade. "O placar, com três votos favoráveis a denúncia, e dois votos contrários, elevou substancialmente o valor da decisão do desembargador Osvaldo de Almeida Bomfim. Cabe a ele empatar a votação, contribuindo pela rejeição da denúncia, ou, acompanhar o voto do relator pelo acolhimento da denúncia. Decidindo ao final do processo criminal, se Ronaldo e Constantino são inocentes ou culpados", disse o vereador.

    Teto de Vidro

    Sobre a fala do vereador Edvaldo Lima (PP) relacionada ao andamento do julgamento parcial da ação criminal contra o prefeito de Feira, na qual declarou esperar que o gestor possa responder por improbabilidade administrativa, Isaías de Diogo (PPS) perguntou porque todo desamor no coração do edil. Citando que Edvaldo já foi diretor do Detran, Isaias declarou que "quem tem telhado de vidro não atira pedra". Edvaldo pediu ao presidente da Câmara ata contendo todas as palavras registradas.

    Incoerência

    O líder do governo feirense na Câmara, José Carneiro (PSL) falou que o vereador e pastor Edvaldo Lima é rancoroso e não tem demonstrado que tem Deus no coração. Carneiro afirma entender e respeitar posições políticas, mas que não podem admitir a forma incoerente como Edvaldo coloca o prefeito como "réu" do processo, observando que com tantos acontecimentos ruins no país não citados pelo vereador que só critica com veemência o gestor feirense, é perceptível que o impasse é pessoal. "Críticas construtivas são bem vindas, agora as ofensas são desnecessárias", declarou Carneiro, que exemplificou as atitudes de Beldes (PT) como "decência" na oposição. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia