Em cima da hora:
Fechamento de autoescola vira caso de polícia em Presidente Prudente
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 18/03/2016


    Sobe - o Consórcio Portal do Sertão que vai promover o primeiro Festival da Juventude de Feira e Região.


    Desce - a permanente crise que vive a Universidade Estadual de Feira de Santana.


    PHS


    O Partido Humanista da Solidariedade que conta com o presidente da Câmara, Vereador Ronaldo Miranda (Ronny) e com Roberci da Vassoura, a partir de hoje (18), contabiliza mais um vereador, Tonhe Branco se afastou do PSC e já se filiou ao partido. PHS conta agora com três vereadores na Câmara.


    PTB


    A Vereadora Neinha Bastos é a nova presidente do Partido Trabalhista Brasileiro em Feira de Santana. O Deputado Federal Benito Gama confiou a Neinha o destino do partido no município. A edil irá a busca de novos filiados para que disputem a próxima eleição. O PTB agora ganha estaturacom a nova presidente.


    PSDB


    O médico Getúlio Barbosa que foi o mais votado vereador quando disputou o pleito, definiu essa semana pelo apoio à candidatura a Vereadora Eremita Mota, que buscará a reeleição. Ontem, Eremita trocou o PDT se filiando ao PSDB, onde será a vice-presidente do diretório municipal. Eremita que sempre teve uma expressiva votação se reforça mais ainda com o apoio de Getúlio Barbosa.


    Trabalho infantil


    O número de trabalhadores infantojuvenis ocupados nos serviços domésticos no Brasil caiu 17,6% entre 2012 e 2013. De 2008 a 2013, período em que houve um maior enfrentamento ao trabalho infantil doméstico, o Brasil atingiu uma redução de 34,5%, o que representa queda de mais de 113 mil casos. Os números estão na pesquisa “Trabalho Infantil e Trabalho Infantil Doméstico no Brasil”, divulgada hoje (16) pelo Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil.


    Grampo


    Os advogados Roberto Teixeira e Cristiano Zanin Martins que defendem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, divulgaram nota ontem (17) criticando o que classificaram como “autorização ilegal” de grampo telefônico do celular pessoal de Teixeira e do telefone central do escritório Teixeira, Martins e Advogados. Para eles, a intenção do Juiz Sérgio Moro que autorizou as escutas, foi de monitorar a estratégia de defesa do ex-presidente Lula e configura “grave atentado às garantias constitucionais da inviolabilidade das comunicações telefônicas e da ampla defesa”. Além de ser uma “afronta a inviolabilidade telefônica” garantida no Estatuto do Advogado.


    Afronta


    O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), não compareceu à cerimônia de posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como novo Ministro da Casa Civil, ontem (17), por ter considerado uma “afronta” a nomeação do deputado peemedebista Mauro Lopes para a chefia da Secretaria de Aviação Civil. No último sábado (12), a convenção nacional do PMDB aprovou moção na qual ficou determinado que nos 30 dias seguintes, nenhum integrante do partido poderia assumir cargo no governo, sob o risco de ser expulso da legenda.


    “Não muda nada”


    O Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, garante que a posse de Luiz Inácio Lula da Silva como ministro “não muda nada” para a Justiça e que o Ministério Público tem “couro grosso”. Em Berna para reuniões com o Ministério Público da Suíça, Janot pode anunciar em seu retorno ao Brasil a abertura de inquérito contra Dilma sobre a suspeita de agir para tentar obstruir os avanços das investigações da Operação Lava Jato. Questionado se o foro privilegiado de Lula impediria investigações contra o ex-presidente, Janot garantiu que não.

     

    Decisão


    O Juiz Federal Itagiba Catta Preta Neto, da 4ª Vara do Distrito Federal, suspendeu ontem (17), por meio de uma decisão liminar (provisória), a posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na chefia da Casa Civil. A decisão foi tomada em ação popular movida pelo Advogado Enio Meregalli Júnior, mas cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). A Advocacia Geral da União (AGU), que defende o governo na Justiça, já informou que vai recorrer ainda nesta quinta para tentar derrubar a liminar.


    Nepotismo


    O Tribunal de Contas dos Municípios, na quarta-feira (16), considerou procedente a denúncia formulada por vereadores contra o Prefeito de Gandu, Ivo Sampaio Peixoto, pela prática de nepotismo comum e cruzado, bem com por irregularidades na contratação de empresa pertencente a parentes do vice-prefeito, nos exercícios de 2014 e 2015. Pelas graves irregularidades, o relator, conselheiro José Alfredo Dias, determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual e aplicou multa de R$ 7 mil.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia