Em cima da hora:
Projeto contra corrupção do MPF já coletou mais 31 mil assinaturas na PB
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 03/08/2016


    Sobe - Graciete Moreira, por representar a Bahia nos jogos olímpicos Rio-2016.


    Desce - Candidatos beneficiários do INSS que tentam burlar a lei para ocupar cargo de vereador.


    Não falem, trabalhem!


    “Sabemos que agora haverá muitos discursos, reclamações, mas o segredo para retornar a esta Casa é o trabalho, ao invés de estarem brigando, discutindo, vão trabalhar. Feira é uma cidade grande onde existem muitos problemas a serem resolvidos, por isso têm os vereadores para irem a campo e trabalhar. cada vez mais se aperta a política, se o vereador não tiver trabalho e não tiver presente na comunidade ele terá dificuldades. Tá chegando a hora da onça beber água, é hora daqueles que cruzaram os braços e que querem uma vaga aqui lutarem”, disse o vereador Eli Ribeiro (PRB).


    Ainda não cumpriu


    O vereador Pablo Roberto (PHS), em seu discurso falou sobre os serviços prestados pela Embasa em Feira de Santana. “Várias reuniões e audiências públicas foram realizadas e até então nenhuma providência foi tomada. A lei está em vigor e deve ser respeitada, a Embasa deve reduzir a taxa de cobrança do esgoto em 40%. Precisamos fazer com que a embasa respeite a lei que foi aprovada nesta casa. A câmara precisa tomar providências para que a embasa possa respeitar os direitos do povo”.


    Shopping popular


    “Os comerciantes do centro de abastecimento vivem momentos difíceis, pais de família revoltados com a postura da administração pública municipal. No final de semana, um domingo, o governo que tanto persegue a população, mandou para o centro um aparato de seguranças e máquinas para perfurar e começar a obra do shopping popular. Esta casa deu R$ 13 mi para esta empresa que ninguém sabe de onde veio, com a ilusão de um falso shopping popular que de popular não tem nada e certamente a população pagará caro”, afirmou o vereador Edvaldo Lima (PP).


    Não existe perseguição


    “A partir de agora até dois de outubro vamos viver a era do desespero, da choradeira, e sem duvida vamos ver aqui muitos desesperados fazendo acusações e etc. Edvaldo, queria dizer que o governo que tem mais de 80% de aprovação popular não pode ser governo da perseguição, não pode ser taxado como um governo de perseguição, vossa excelência se equivoca quando diz que o governo o persegue, pelo contrário, vejo constantemente o senhor querer “pongar” nas obras desse governo, quando vem aqui dizer que obra tal do governo foi sua indicação, é totalmente contraditório”. Disse o líder do governo, José Carneiro (PSDB).


    Sem energia


    O vereador Marcos Lima (PRP) chamou a atenção da Coelba em seu discurso. “Queria chamar a atenção da Coelba, que presta um péssimo serviço a comunidade e os serviços sempre deixam a desejar. Quedas de energia constantes, necessidade de trocas transformadores e postes. As solicitações são constantes, mas os postes estão caindo sozinhos e não fazem nada, não tem fiscalização para tentar solucionar esta demanda. Precisamos que a direção da Coelba tome uma atitude em relação aos equipamentos queimados das pessoas, as constantes quedas de energia e de postes”, criticou.


    Faça o seu


    Temos aqui 21 colegas, todos candidatos a reeleição e nesse momento existem muitas denuncias em todos os lugares onde passamos, devemos cada um construir a nossa caminhada, cada um tem seus espaços e seus trabalhos, nós temos que ter responsabilidade. Quando tiverem as denuncias, levem direto ao ministério público e não tragam pra cá, pois desgasta a imagem desta casa”, afirmou o vereador Alberto Nery (PT).


    Fez história


    “Quero fazer um elogio ao treinador do Fluminense, Arnaldo Lira, temos que ter a humildade de reconhecer que ele é altamente um treinador inteligente, conseguiu fazer do Bahia de Feira campeão, a diretoria do FLU foi feliz em trazer ele, o time está agora na série D, jogando bem, ganhando os jogos, nós confiamos na inteligência deste treinador, não tenho acesso a ele, mas se tivesse pegaria seu currículo e sua biografia para prestar uma homenagem nesta casa”, disse o vereador José Carneiro sobre o técnico do Fluminense de Feira, Arnaldo Lira. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia