Em cima da hora:
GM investe US$ 500 milhões em rival do Uber
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 02/11/2016


    Sobe - Denatran por lançar aplicativo para melhorar o trânsito


    Desce - O aumento no preço do botijão de gás


    Lamento


    O vereador Edvaldo Lima (PP) lamentou a seca que atinge a região de Feira de Santana em seu discurso na sessão desta terça (01). Segundo ele, é um problema que pode ser resolvido desde que se tenha vontade política. Edvaldo sugeriu que a água que começou a jorrar das obras da construção das trincheiras fosse reaproveitada, ele recomendou que o governo municipal fizesse uma análise e encaminhasse esta água para o homem do campo.


    Crítica


    Justiniano França (DEM) criticou os sindicatos de trabalhadores, que ameaçam fazer greve geral no próximo dia 11. Segundo o vereador, os sindicatos não podem fazer o que bem entenderem com os trabalhadores, e que o dia 11 cai numa sexta, e que acabarão emendando com a segunda 14 e o feriado 15. Justiniano ainda afirmou ser contra o valor que é descontado dos salários dos trabalhadores, que é destinado aos sindicatos.


    Crítica I


    Além do sindicato, quem também sobrou no discurso do vereador Justiniano foi o PT. Segundo França, durante os 12 anos em que permaneceu no poder, o partido não fez taxação de fortuna, reforma agrária, nem auditoria da dívida e sequer distribuiu terras para o MST, que até hoje continua na mesma situação. “O PT nada fez nestes 12 anos, o MST continua nas ruas, e hoje é um dos braços do partido”, afirmou.


    Crítica II


    E não parou só no sindicato e no PT. Justiniano criticou todo o Congresso Nacional pela proposta de aumento do teto de gastos das campanhas políticas para R$ 3 bi. Justiniano questionou de onde sairá este recurso, principalmente neste momento de crise que o país enfrenta? “Ou aumenta os impostos ou a dívida pública. Precisamos dar um basta na gastança. Se cortar a corrupção, teremos mais recursos”, concluiu.


    Cobrança


    Marcos Lima (PRP) cobrou do prefeito José Ronaldo investimentos e mais intervenções no Centro de Abastecimento de Feira de Santana. Segundo ele, o Centro movimenta milhões mensalmente e está totalmente entregue aos bandidos. “O Centro precisa de uma intervenção urgente, policiamento intensificado, pois os comerciantes estão pedindo socorro, os assaltos são constantes, as pessoas trabalham com medo”, afirmou.


    2018


    O líder do governo José Carneiro (PSDB) afirmou que o prefeito José Ronaldo é o nome mais forte do interior da Bahia para concorrer ao próximo pleito para governador. “Ronaldo está apto a concorrer a qualquer cargo, de senador, de governador, de vice, pois ACM tem uma posição privilegiada, mas temos que reconhecer o prestígio e o êxito do nosso prefeito”, disse.


    Corrupção


    Propostas contra a prática de caixa 2 estão previstas no texto do deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), relator do Projeto de Lei 4.850/16, que sugere as dez medidas de combate à corrupção. Ao confirmar ontem (1º) a informação, o parlamentar disse que a tipificação será feita apenas sobre casos de dinheiro de origem lícita, com previsão de penalidade de 2 a 5 anos de prisão. O chamado caixa dois, utilizado por algumas empresas, diz respeito a recursos financeiros não contabilizados e não declarados aos órgãos de fiscalização competentes.


    R$ 50 bilhões


    A Receita Federal arrecadou R$ 50,9 bilhões em impostos e multas com a regularização de ativos do exterior, a chamada Lei da Repatriação. O balanço foi divulgado há pouco pelo secretário da Receita Federal, Jorge Rachid. O valor dos ativos regularizados chegou ao montante de R$ 169,940 bilhões, segundo o secretário.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia