BAHIA AQUI É TRABALHO 0919
Em cima da hora:
População detém suspeito de roubar menor no Centro de São Carlos, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 23/02/2017


    Sobe - Parceria entre Prefeitura, SENAI e CEF que proprorcionam cursos profissionalizantes a moradoras do Minha Casa, Minha Vida


    Desce - A crise do Rio de Janeiro que achava que a "Casa da Moeda" teria sede eternamente no Estado, criando pacotes de bondades que terminaram quebrando a segunda capital do Brasil


    Inversão de valores


    Isaias de Diogo (PSC) afirmou que Feira de Santana não tem relação alguma com o Carnaval de Salvador e repudiou o fechamento do comércio durante alguns dias. "Imagine que estamos a mais de 100km de Salvador, estamos vivendo um momento de crise e nesse festejo o comércio fechar. Já no aniversário da cidade o comércio abre, os valores estão sendo trocados. Temos que defender que no dia da emancipação de Feira as lojas e repartições públicas não funcionem", sugeriu.


    Dificuldades no CIS


    O vereador Edvaldo Lima (PP) criticou as condições físicas do CIS (Centro Industrial do Subaé) em Feira de Santana. "Dia 26 de novembro de 2013 fiz uma visita ao CIS e constatei que toda a pavimentação estava em ruínas, fiz um encaminhamento pedindo a pavimentação asfáltica e limpeza daquela região, para atrair empresas e mais trabalhos para jovens e pais de família, mas isto não aconteceu. Em 2015 fiz uma nova indicação e nada. As empresas chegam para instalar suas empresas e quando vêm o abandono não se instalam, isso é o que acontece no CIS", afirmou.


    Transporte público


    O vereador Zé Filé (PROS) afirmou na sessão de ontem (22), que tira o chapéu para o gestor do município, mas a prefeitura não está fiscalizando as empresas da cidade. "Estive em Fortaleza recentemente e peguei um ônibus circular e durante uma hora e quarenta minutos passei por diversas artéreas da capital cearense e paguei apenas R$ 2,70 e aqui temos que pagar R$ 3,32 e ainda inventaram cartão, um absurdo, um descaso. Fico triste por ser um vereador e não poder fazer nada", alfinetou.


    Destemido


    O vereador João Bililiu usou o seu primeiro discurso na Câmara Municipal para agradecer à família e ao seu partido PPS por ter lhe escolhido como liderança na Casa. "Vou procurar conhecer de perto os problemas de Feira e cobrar do executivo ações para melhorar a vida da população. Serei um vereador constante, presente e atuante, não estou aqui para ser fantoche de ninguém", concluiu.


    De volta


    Carlito do Peixe (DEM) aproveitou o seu discurso para agradecer ao prefeito José Ronaldo a oportunidade de estar retornando à Câmara Municipal no lugar do vereador Justiniano França, que foi licenciado para assumir uma secretaria. "Quero agradecer a Deus, ao grupo e as comunidades. Continuarei trabalhando pelo social, não serei só de um bairro e sim do município, e ao lado do executivo como vice-lider do governo", disse.


    Presente do prefeito


    Eremita Mota (PSDB) afirmou estar muito feliz, pois através de indicação do prefeito José Ronaldo, teve a oportunidade de conhecer o deputado federal João Gualberto. "Foi um grande presente que o prefeito me deu. Aqui escuto muitos pronunciamentos de que devemos apoiar deputados da cidade, mas não vem ocorrendo, tive vontade de apoiar Torres e na gestão passada apoiei Zé Neto e João, são dois amigos", afirmou. Segundo Eremita, João destinou algumas emendas para Feira, no total de R$ 200 mil, "ele teve essa atenção com Feira. Coisas melhores virão para essa vereadora que sempre foi e continua esquecida", concluiu. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia