Em cima da hora:
Motociclista fica ferido após bater de frente com ônibus em Ribeirão Preto
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 22/03/2017


    Sobe - Professores, que usaram o legítimo direito de se manifestarem para garantir seu ponto de vista


    Desce - A atitude de vândalos que tentaram quebrar o patrimônio da Câmara, durante manifestação


    Resposta


    Na manhã de ontem, em discurso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador João Bililiu (PPS), sem revelar nomes, respondeu críticas que recebeu por ocupar a função de vice-presidente da Comissão de Educação e Cultura. "A Constituição Federal não exige formação técnica ou acadêmica para ser vereador. Exige a outorga popular, o voto e a vontade do povo. Logo, para ser presidente ou integrante de comissão da Câmara de Vereadores a exigência legal é ser vereador eleito" disse. Ele ainda argumentou que na Comissão de Saúde não tem vereador médico, assim como na Comissão de Constituição, Justiça e Redação não tem nenhum vereador advogado ou juiz.


    Uber em Feira


    Na sessão de ontem (21), Roberto Tourinho (PV) se dirigiu aos mototaxistas, afirmando que foi procurado para agendar um encontro para discutir a problemática do Uber na cidade. "Em Feira existem 1350 taxistas, que desde 1973 sustentam suas famílias, 500 mototaxistas legalizados, e mais de 100 motoristas que exploram o SIT, que participaram de licitação. Já conversei com o sindicato dos taxistas de Feira e meu posicionamento é que enquanto feira não permitir que o Uber seja legalizado, que se cumpra a lei que impede o transporte irregular. Não podemos permitir que aconteça de primeiro se instalar o Uber e só depois o poder público vir a discutir, como não existe no município nenhuma lei sobre isto, no momento estou defendendo estes modais, que participaram de licitações e devem ser respeitados", disse. Ele ainda saudou os professores presentes na galeria e cumprimentou a instituição Cromossomo 21, que atende as pessoas com síndrome de down. "É uma entidade que assiste mais de cem pessoas com esta doença. Sempre destinei verbas para estas instituições, para que continuem na execução deste belo trabalho", concluiu lembrando que hoje é comemorado o dia da água e que diversas ações serão excutadas pela Secretaria de Meio Ambiente.


    Alfinetou mais uma vez


    Isaías de Diogo (PSC) disse aos professores que o vereador Roberto Tourinho (PV) não poderia nem falar sobre o dia da água, alegando que hoje (22) é o dia da água e que na gestão dele como secretário "tampou" uma nascente. "Não estudei como ele, mas não quero estudar desta forma pra matar as lagoas, quero estar lutando junto com o povo por mais conquistas. Desde ontem (20), Tourinho parou de falar comigo, não me cumprimenta mais, não costumo comer mingau quente, depois do pronunciamento dele, meu telefone não parou mais, tenho personalidade, tenho caráter e Feira vai saber o porquê daquela autorização, não preciso mudar de parentesco para ser alguém em Feira de Santana, Feira vai saber o porquê da autorização desta obra pelo secretário", disparou.


    Em defesa dos professores

     

    O vereador Zé filé declarou apoio aos professores e afirmou que eles não são bem pagos e criticou a prefeitura. "Sei que têm vários problemas, contas para pagar, família para sustentar e quando recebem o salário não dá pra nada, vejo o sofrimento dos professores, minha sogra é professora e todos os dias tinha que ir para Matinha, muitas vezes nem podia pagar um transporte, porque o salário não dava. Quero dizer a vocês que contem comigo, não tive voto de rico, meus votos foram de pessoas como vocês. Não vou fazer oposição ao prefeito, mas vou votar nos projetos que forem benéficos a vocês, vocês não têm culpa nenhuma da previdência estar falida, a culpa é deles que não sabem administrar", disparou.


    Por Feira mais limpa


    Zé Curuca aproveitou para agradecer ao secretário de meio ambiente Justiniano França, pela ordem de limpeza do Rio da Rua em Humildes, mas disse que não é só o Rio da rua que precisa de limpeza, mas todas as comunidades da cidade. "É assim em todos as comunidades, o povo tá desempregado, sem puder plantar, na fazenda escoval tá tudo seco, e o governo ainda alega que não tem recurso. Ando visitando todas as comunidades e sou o povo, recebo telefonemas de outras comunidades que também precisam", afirmou.


    Por Feira mais limpa II


    O vereador Gilmar Amorim parabenizou os professores e disse que se não fosse a classe, muita gente não teria oportunidade na vida. Parabenizou Justiniano França e disse que o Rio da Rua encontrava-se em péssima situação. Ainda pediu ao secretário que os entulhos que estão nas ruas sejam retirados no conjunto Serafim de Lima. O edil ainda lembrou do dia da síndrome de down, parabenizou os portadores e disse que eles são exemplos de superação. Em aparte, o vereador Isaías de Diogo (PSC) também parabenizou Justiniano França e disse que as pessoas ainda não aprenderam a cultura de descartar corretamente o lixo em Feira de Santana, mas que o trabalho da equipe vai chegar em todos os bairros e que acredita que a cidade em breve ficará um brinco. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia