PMFS
Em cima da hora:
Família em Barbacena tem casa furtada enquanto viajava
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 04/04/2017


    Sobe - Feira de Santana por desenvolver ações preventivas em relação à febre amarela

     

    Desce - Pessoas, que apesar do risco iminente, ainda vacilam com o mosquito da dengue

     

    Isaias, Pablo e Ronny


    Em discurso na manhã de ontem (03), o vereador Isaías de Diogo (PSC) parabenizou o presidente da Casa da Cidadania Ronny Miranda, por ter conseguido junto ao prefeito José Ronaldo (DEM) a nomeação do ex-vereador Pablo Roberto (PHS) como secretário municipal de Prevenção à Violência, "uma pasta tão importante nesta cidade", disse. "Vossa excelência tem compromisso e mostrou ter comprometimento com aqueles que mancharam ao seu lado", completou.


    Fazendo contas


    O vereador José Carneiro Rocha, líder do governo, cuidadoso, contou o número de vereadores da base presentes à sessão e notou que três deles estavam ausentes e mais três, que já tinham anunciado que votariam contra o projeto de lei complementar 01/17 oriundo do Executivo. Com onze vereadores, apenas, dispostos a votar e menos o voto do presidente, que só vota em questão de desempate, ficou desesperado.

     

    Fechando as contas


    Apesar das súplicas, o líder Carneiro não conseguia demover os governistas que votariam contra o projeto. Olhou para os céus interrogando o que faria e, nesse momento, parece que chegou uma luz. Carneiro descobriu que do espaço ninguém queria saber de problema de Câmara. Ligou para o prefeito, de quem é líder, e minutos depois, os três votos foram revertidos e os ausentes chegaram a tempo de votar. Brinca com o poder!

     

    Cintia e Isaias


    Os vereadores Cintia Machado e Isaias de Diogo reclamaram, ontem, da Secretaria de Saúde do Estado, por ter afastado os médicos que prestavam serviços nos hospitais da Criança e Clériston Andrade porque fizeram paralisação por falta de pagamento. Os dois reclamaram, ainda acreditam que represália foi tomada ao descredenciar a clínica Bambinos, onde os médicos têm interesses, do Planserv.

     

    Médico mandou quebrar tudo

     

    A saúde também foi o tema do discurso do vereador Marcos Lima, que falou sobre os hospitais e maternidades em Feira de Santana. "Existem muitas dificuldades em atendimento, sabemos que a demanda que é grande, mulheres vêm de todo o estado para parir em Feira de Santana, infelizmente o Clériston tem deixado a desejar. Uma senhora me ligou esta noite, pedindo intervenção para que pudesse ter o bebê, ela não conseguiu vaga no Hospital da Mulher nem no Clériston e o curioso é que o médico mandou a mulher voltar ao Hospital da Mulher para quebrar tudo para ser atendida, essa não é a atitude correta de um médico, não vou falar o nome, mas fiquei triste com isso, o nosso município está passando por uma situação lamentável", concluiu.

     

    Falta tudo

     

    O vereador Zé Filé chamou a atenção do governo municipal para uma melhor assistência para os PSFs de Feira de Santana. Filé disse que visita regularmente alguns postos de saúde na cidade e que recentemente esteve no bairro Jussara, que "falta tudo". "Recebi informações da secretária de que ela manda todo o material de quinze em quinze para os PSFs, mas não foi isso que comprovei. Não tem material, falta tudo. As enfermeiras dizem que não falta nada, mas o povo chega em mim e diz que é mentira", afirmou. O vereador ainda mostrou diversas fotos do PSF do Feira X, onde várias cadeiras estão quebradas. "O povo não tem direito a nada, dinheiro é para ser gasto e não estamos vendo nada, pra onde está indo essa verba? Pois, dinheiro tem", concluiu.

     

    Governador, cumpra a promessa!



    O vereador Lulinha (DEM) lamentou a demissão de alguns médicos do Hospital Estadual da Criança em Feira de Santana e afirmou que o governador Rui Costa estará na cidade, no próximo dia 7 para anunciar a construção de uma Policlínica. O edil ainda falou sobre as dificuldades nos atendimentos nas UPAs e Policlínicas. "A demanda é grande e pessoas morrem sem chegar na regulação. Policlínica é importante, mas esses pacientes que chegarem lá, como vão conseguir regulação para o Clériston Andrade que já está superlotado? Não foi este o compromisso do governador com a cidade, ele disse que Feira merecia um hospital, foi um compromisso de campanha, prometeu para o primeiro semestre de mandato e agora anuncia uma policlínica, isso não vai resolver o problema de Feira de Santana, as pessoas estão pedindo socorro nos programas de rádio para conseguir uma vaga, estão morrendo e não conseguem a regulação. Policlínica não tem suporte para internamento, o ideal seria o hospital, compromisso tem que ser honrado, se garantiu o hospital, estamos no aguardo do anúncio", disse.

     

    Crime contra subtenente

     

    Tom falou sobre o crime contra uma subtenente da Polícia Militar, que foi assassinada em Feira de Santana na semana passada e disse que viu o episódio com muita tristeza. "O governo do estado precisa implantar uma segurança mais eficaz em Feira de Santana e na Bahia, a PM está de luto, estou muito triste. A gente vê o governo investindo violentamente em mídia e diminuído o dinheiro da segurança pública na Bahia, pra gente ter uma segurança boa, devemos ter mais educação", afirmou. O vereador Tom salientou ainda que colocaria um projeto de lei impedindo que secretários municipais fiquem mais do que dois mandatos à frente de uma pasta. "Quando ficam criam uma raiz e acham que são donos de tudo e de todos. Mas, vou continuar reclamando", finalizou.

     

    Nova rodoviária

     

    Edvaldo Lima disse que sempre buscou entendimento para melhorias na cidade e citou o transporte público como exemplo. Ele afirmou que luta pelo trânsito em Feira e que fez uma indicação para uma nova estação rodoviária. "A rodoviária de Feira não suporta mais os ônibus, principalmente os mais novos, que têm estruturas maiores. Deveriam retirar aquela estação dali, que não suporta mais e levar para outro lugar. Deveriam também colocar aquelas vans que rodam para diversas localidades na nova estação, elas atrapalham o trânsito pois ficam espalhadas em vários pontos na cidade. Esta é uma luta minha desde 2013", concluiu. 

     

    Semana do autismo


    Ainda sobre a semana do Autismo, o vereador Roberto parabenizou a realização da caminhada no último sábado. "Profissionais da área, população e autoridades do município compareceram para discutir a problemática do autista e fazer com que estas pessoas sejam cada vez mais integradas à sociedade. Sempre apoiei entidades sérias e sempre lutei por causas assim, é lá estávamos apoiando e lutando pela causa dos autistas. Está sendo feito um levantamento para que possamos identificar o número de autistas em Feira de Santana e para que assim possamos desenvolver políticas necessárias, quero deixar registrado o meu apoio à causa em Feira de Santana", concluiu.


    Greve dos professores


    Em discurso na tribuna, em sessão ordinária na Casa da Cidadania, na manhã desta segunda-feira (03), o vereador e líder do Governo na Casa, vereador José Carneiro Rocha (PSDB) destacou que na semana passada houve uma reunião com a comissão da APLB e Poder Executivo, na busca de encontrar uma solução para o fim da greve da categoria na cidade. "Tentamos de todas as formas encontrar uma solução para dar fim a essa situação que envolve a APLB e o Governo Municipal. Não foi por falta de diálogo. Mas, infelizmente a greve permaneceu e eu, particularmente, entendo que isso aconteceu em decorrência da incoerência de alguns infiltrados no movimento que vestem cores partidárias", pontuou. José Carneiro salientou ainda que é oriundo do movimento estudantil e que por isso já utilizou das mesmas ações. "Têm alguns xiitas infiltrados. Mas, a maioria dos professores são homens e mulheres que prestam bons serviços ao Município", completou. Na opinião de Carneiro, o que estão tentando é, de todas as formas, prejudicar o Governo Municipal.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia