Em cima da hora:
Motociclista fica ferido após bater de frente com ônibus em Ribeirão Preto
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 16/06/2020


    16.06.2020 12h08m
    Recomendar

    Sobe - Prefeitura de Feira por implantar teleatendimento para consultas com psicólogos.


    Desce - Governador Wilson Witzel (PSC) por ter a autorização para abertura do seu impeachment publicada no Diário Oficial do Rio de Janeiro.


    Realocado


    O suplente Robeci da Vassoura, agora faz parte do Governo Municipal. O prefeito Colbert Martins (MDB) o nomeou para o cargo de Coordenador de Projetos Especiais Nível I, do Gabinete do Prefeito, símbolo DA-1. Com o retorno de Pablo Roberto ao mandato, a disputa na Justiça entre Robeci da Vassoura e o policial Josafá Ramos, ambos suplentes de vereador, perdeu o objeto.


    Fogos


    A Procuradoria-Geral da República instaurou uma investigação preliminar para apurar os fogos de artifício soltados em direção ao STF (Supremo Tribunal Federal) simulando um bombardeio, no sábado (13).


    Voto de silêncio


    O silêncio prolongado do presidente Jair Bolsonaro em relação ao ato de manifestantes que, na noite de sábado (13), dispararam fogos de artifício em direção ao Supremo Tribunal Federal (STF), tem incomodado até mesmo ministros do próprio governo. A avaliação de auxiliares próximos é de que o próprio presidente deveria ter se posicionado publicamente.


    FHC


    O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso utilizou as redes sociais no último domingo (14), para defender o Supremo Tribunal Federal (STF), logo após manifestantes bolsonaristas dispararem fogos de artifícios em direção ao prédio do STF. O ataque levou a prisão da ativista Sara Winter além de outras pessoas.


    Juntos


    O presidente Jair Bolsonaro informou, que conversou, por telefone, com o presidente da Rússia, Vladimir Putin. De acordo com Bolsonaro, ambos concordaram em “aprofundar ainda mais a cooperação entre nossos países, inclusive no combate à covid-19”.


    Multado


    O ministro Abraham Weintraub, da Educação, foi multado por não usar máscaras em uma manifestação em Brasília, no último domingo (14). O auxiliar de Jair Bolsonaro deverá pagar R$ 2 mil ao governo do Distrito Federal por descumprir o Decreto nº 40.648/2020.


    Rejeitou


    O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), rejeitou um telefonema do ministro da Educação, Abraham Weintraub, depois de ter devolvido a medida provisória (MP) que dava ao ministro o poder de escolher reitores durante a pandemia.


    Ameaçou


    Após ser cobrado por apoiadores no “cercadinho” em frente ao Palácio do Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ameaçou suspender os encontros diários. Desde que assumiu o mandato, ele conversa com bolsonaristas no local.



  • 13/06/2020


    16.06.2020 12h05m
    Recomendar

    Sobe - Catedral católica de Feira de Santana por homenagear fiéis com um imenso tapete de retratos de famílias.


    Desce - Tomba, Jardim Cruzeiro e Brasília por liderarem casos de convid-19 em Feira.


    Respiradores


    O governador Rui Costa, reclamou da mudança de foro na investigação que apura possíveis irregularidades na compra de respiradores que serviriam para o tratamento de pacientes com Covid-19. Na última semana, uma apuração iniciada pela Polícia Civil da Bahia prendeu empresários que teriam dificultado a devolução dos R$ 48 milhões ao Consórcio do Nordeste, que tem Rui como presidente.


    Pesquisa


    Um pesquisa divulgada pelo DataPoder360, ontem (12), revelou que quase metade dos brasileiros preferem que Jair Bolsonaro deixe a presidência. Outros 43% avaliam que o presidente deve continuar no cargo e 9% não souberam responder. A pesquisa foi realizada de 8 a 10 de junho de 2020 pelo DataPoder360. Foram 2.500 entrevistas em 518 municípios, nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.


    Estabilidade


    O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, destacou ontem (12), a estabilidade na taxa de letalidade do coronavírus no estado. Em sua explicação durante entrevista à TV Bahia, o gestor da pasta apontou a queda na transmissão da doença e apontou que o número de mortos por dia está em um “platô”. Ontem, o estado ultrapassou a marca de mil mortes.


    Treta


    O ex-presidente Lula, polemizou nas redes sociais na tarde de quinta-feira (11), ao provocar o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e o procurador da República e coordenador da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol. “Eu tô provocando o Moro e o Dallagnol pra debater comigo, ao vivo. Se a Globo quiser fazer, eu topo. Porque é preciso desmascarar esses canalhas e mostrar o que eles fizeram ao país”. Em resposta, o ex-ministro foi taxativo: “Não debato com condenados por corrupção, presos ou soltos. Algumas pessoas só merecem ser ignoradas”.


    Festas


    O presidente Jair Bolsonaro anunciou nas redes sociais que vetou oito artigos do projeto de lei aprovado no Congresso que cria um regime jurídico emergencial durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19). Entre os trechos vetados está o que impedia a concessão de liminar (decisão judicial provisória) em ações de despejo e o que dava aos síndicos o poder de restringir o uso de áreas comuns e proibir festas. O presidente disse que a dinâmica de funcionamento em condomínios deve-se a assembleia entre os moradores.


    Dinheiro vivo


    O senador Flávio e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) pagaram R$ 31 mil com dinheiro vivo para cobrir prejuízos que tiveram em investimentos feitos na Bolsa por meio de uma corretora de valores. O uso de dinheiro vivo foi relatado pelos dois filhos do presidente Jair Bolsonaro à Justiça de São Paulo em processos que moveram contra o Citigroup, banco que comprou a Intra, corretora que originalmente negociou com os dois irmãos.


    Visita


    O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) foi o primeiro filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a visitar o novo diretor-geral da Polícia Federal, Rolando de Souza. A visita ocorre em meio às investigações sobre possível tentativa do presidente em interferir na corporação para proteger sua família e amigos próximos.



  • 12/06/2020


    12.06.2020 12h22m
    Recomendar

    Sobe - Fiocruz, pelo esforço constante de criar no Brasil vacina contra a COVID-19.


    Desce - Governo federal por permitir ministro Weintraub indicar, sem participação da comunidade acadêmica, os reitores de universidades federais.


    Golpe Militar


    Levantamento exclusivo realizado pelo instituto Orbis para o site Diário do Poder e esta coluna revela que a maioria absoluta dos brasileiros (67,7%) é contra uma eventual intervenção militar sobre os poderes. Já 21,7% defende um golpe militar no Brasil. Outros 10,6% não souberam avaliar.


    TCU


    Em parecer prévio, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Bruno Dantas defendeu a aprovação, com ressalvas, das contas da Presidência da República do ano de 2019. Os demais ministros do TCU seguiram o voto do relator, em sessão realizada por videoconferência na quarta-feira, e também apresentaram sugestões de ajustes no texto e recomendações.


    DEM


    O prefeito de Salvador, ACM Neto, que preside o DEM nacionalmente informou que o seu partido não faz parte do Centrão. Disse também não acreditar em uma aliança sólida entre Jair Bolsonaro e o grupo, que tem os partidos PP, PSD, PL, Solidariedade e Republicanos, mas acha salutar o presidente conversar com o Congresso Nacional.


    Defendeu


    O vereador Henrique Carballal (PDT) defendeu a atuação do governador Rui Costa (PT) no combate ao novo coronavírus. O pedetista entende serem injustas críticas à atuação na compra dos ventiladores mecânicos (respiradores) e que não chegaram, transação que está sendo investigada pela Operação Ragnarok.


    Rejeitou


    O Senado Federal realizou uma consulta pública para avaliar o termômetro entre os parlamentares sobre a medida provisória apresentada por Jair Bolsonaro (sem partido), que visa permitir que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, escolha reitores de universidades sem eleições durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O levantamento apontou que a proposta sofria rejeição massiva entre os votantes: dos 64.459, 57.078 disseram não apoiar a medida, o que representa uma rejeição de 88,5%.


    Vacina


    O governador João Doria (PSDB) anunciou na quinta-feira (11), a produção e testes de uma vacina contra o coronavírus pelo Instituto Butantan, em parceria com laboratório chinês. Ele estima que, após os testes, a vacina poderá estar disponível até junho de 2021.


    Ping-Pong


    De acordo com o site Bahia na Política, o vereador Pablo Roberto (DEM), que acaba de pedir exoneração pela segunda vez em 3 meses, pode voltar mais uma vez à pasta. A informação que chegou ao site, é que seu retorno aconteceria na próxima semana e o policial Josafá Ramos voltaria a ocupar a vaga na Câmara Municipal. Se isso acontecer, Pablo Roberto assumiria a pasta pela terceira vez no governo Colbert Martins (MDB).


    Justiniano


    Outro vereador que mal voltou à Câmara, e já saiu, foi Justiniano França (DEM). O recém chegado da secretaria de serviços públicos pediu uma licença de 120 dias do Legislativo para tratar de assuntos particulares. De imediato o seu suplente, Carlito do Peixe (DEM) reassumiu o lugar. Justiniano França informa que o afastamento é sem remuneração paga pela Câmara Municipal.



  • 11/06/2020


    11.06.2020 12h10m
    Recomendar

    Sobe - Governo Bolsonaro por conceder mais 2 meses de auxílio emergencial e liberar nova linha de crédito para pequenas e médias empresas.


    Desce - OMS por cometer erros e sustentar discursos dúbios em torno da pandemia.


    Estabilizou


    O governador Rui Costa (PT) afirmou na quarta-feira (10), que a taxa de mortes por coronavírus na Bahia mantém-se estabilizada há cerca de duas semanas, com cerca de 30 óbitos por dia. Ele admite, entretanto, que o índice de contágio da doença, atualmente em torno de 5%, precisa declinar.

     

    Transparência


    O deputado federal baiano João Roma (Republicanos) defendeu uma ampla transparência do Ministério da Saúde nos dados relacionados à pandemia do novo coronavírus. Para o parlamentar, qualquer ação que reduza a lisura dos números pode ser prejudicial para a tomada de decisões dos três níveis de governo - federal, estadual e municipal.


    Obstrução


    A jornalista Andrea Neves, irmã do deputado federal Aécio Neves (PSDB), foi indiciada pela Polícia Federal, ontem (10), por obstrução de Justiça. Segundo a corporação, investigadores encontraram documentos sigilosos da Justiça na casa dela. Entre eles, um interrogatório do empresário Joesley Batista, dono da J&F.


    Salvação de Moro


    O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, afirma que o ex-ministro da Justiça e ex-juiz Sérgio Moro poderá advogar, com a inclusão de seu nome nos quadros da entidade. Segundo a colunista Mônica Bergamo, os advogados são resistentes com a possiblidade, e pretendem impugnar a inscrição de Moro na OAB.


    Marielle


    Uma operação realizada ontem (10), no Rio de Janeiro, busca prender o bombeiro Maxwell Simões Correa, acusado de atrapalhar as investigações sobre a execução da vereadora Marielle Franco e de seu motorista, Anderson Gomes, em março de 2018.


    Micro e pequenas


    O Ministério da Economia anunciou ontem (10), no Palácio do Planalto, o Fundo Garantidor de Operações (FGO) para a linha de crédito destinada às micro e pequenas empresas. Alinha de crédito será concedida no âmbito do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).


    Assinatura


    Foi publicada na edição desta quarta-feira (10) do Diário Oficial da União, a exoneração da atriz Regina Duarte do cargo de secretaria especial de Cultura. Assinam a exoneração, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.


    Redução


    O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse estar disposto a discutir a redução de salários dos parlamentares. É preciso, no entanto, que os três poderes contribuam.



  • 10/06/2020


    10.06.2020 12h07m
    Recomendar

    Sobe - Ministério da Cidadania por parceria com Correios para atender à população mais vulnerável.


    Desce - Secretaria de Saúde do Estado por veementemente colocar Feira em estado de alerta, à frente de outras cidades do estado que apresentam números maiores de contágio e mortes por COVID-19.


    Críticas


    O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, afirmou na terça-feira (9), que a região extremo sul do Estado e a cidade de Feira de Santana, segundo maior município baiano, são as que mais preocupam o governo no combate à pandemia do coronavírus.


    Críticas II


    Sobre Feira, o secretário diz acreditar que a cidade aumentou o número de casos de coronavírus pela reabertura parcial do comércio determinada pelo prefeito Colbert Martins (MDB), que aconteceu no mês de maio. “Acredito que Feira de Santana está sofrendo as consequências de ter aberto o comércio. Às vezes o poder público fica pressionado pelos lojistas e reabre as lojas. Mas, agora, acho que o prefeito está convicto que não foi a melhor decisão”.


    Primeira parcela


    Os estados e municípios receberam na terça-feira (9), a primeira parcela do auxílio emergencial que, até setembro, irá repassar R$ 60 bilhões para compensar perdas de arrecadação e gastos extras com saúde por causa da pandemia do coronavírus. A primeira parcela, no total, é de R$ 15 bilhões.


    TJ-Ba


    Em nota divulgada no começo da tarde de terça-feira (9), a direção do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia divulgou que a antecipação a partir deste mês do abono de férias e 13º visa diminuir o impacto financeiro na folha de dezembro. Desta forma, explica o TJ, o Poder Judiciário contribui “para uma melhor gestão do próprio Poder Executivo, responsável pelo repasse constitucional para o Poder Judiciário”.


    Ex-amigos


    Depois de ameaçar derrubar o governo de Jair Bolsonaro (sem partido), no último sábado (6), Olavo de Carvalho, ideólogo do presidente, voltou a utilizar as redes sociais para incentivar a formação de milícias bolsonaristas para “uma grande reforma nacional”. Em seguida, Olavo também chamou Bolsonaro de “omisso e preguiçoso”.

     

    Transparência


    O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, criticou ontem (9), durante uma reunião ministerial, o comportamento da Organização Mundial de Saúde (OMS) em meio à pandemia do coronavírus. Segundo o chanceler, a entidade não está sendo transparente sobre fatores da doença e indicou que esse é um “problema sistêmico”.


    Eleições


    Líderes partidários do Congresso Nacional vão se reunir na próxima semana com um grupo de médicos para tratar do adiamento das eleições municipais previstas para outubro. Os especialistas têm aconselhado o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e defendido a mudança da data do pleito em função da pandemia de covid-19.


    Assintomáticos


    O presidente da República, Jair Bolsonaro, indicou na terça-feira (9), a expectativa por uma “reabertura mais rápida” após a Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgar que a disseminação do coronavírus por assintomáticos é “muito rara”.



  • 09/06/2020


    09.06.2020 13h15m
    Recomendar

    Sobe - Primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern por realizar um combate eficaz e responsável ao coronavírus, assim, erradicando totalmente o vírus. 

     

    Desce - Presidente Jair Bolsonaro por restringir o acesso a dados sobre a pandemia de Covid-19.

     

    PSD-Ba

     

    Apesar do PSD continuar nomeando militantes no governo do presidente Jair Bolsonaro, o senador Otto Alencar, que preside o partido na Bahia, diz que não apoia o Governo Federal.

     

    Gastos

     

    As prefeituras dos 417 municípios baianos têm até o dia 8 de junho (próxima segunda-feira) para encaminhar ao Tribunal de Contas dos Municípios respostas ao questionário sobre os gastos com pessoal, bens e serviços que estão sendo realizados relacionados ao controle da pandemia da Covid-19.

     

    Consórcio do Nordeste

     

    A comissão parlamentar que irá acompanhar as ações do Consórcio do Nordeste se reuniu pela primeira vez oficialmente ontem (8). O colegiado interestadual formado por deputados estaduais dos nove estados nordestinos foi anunciado na última semana e terá o líder da oposição ao governador Rui Costa (PT), deputado Sandro Régis (DEM), como representante da Bahia.

     

    Crime

     

    O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), disse ser um "crime" a decisão do governo Jair Bolsonaro (sem partido) de restringir o acesso a dados sobre a pandemia do novo coronavírus. Para o gestor soteropolitano, trata-se de uma medida inaceitável que precisa ser revista pelo Ministério da Saúde.

     

    Medicamentos

     

    Em movimento paralelo ao Ministério da Saúde, devido a falta de suporte mais efetivo por parte do governo federal, os gestores estaduais têm se organizado para comprar medicamentos com a Opas (Organização Panamericana de Saúde).

     

    Unidos

     

    Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de Covid-19, os veículos, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e UOL decidiram formar uma parceria e trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal.

     

    Apoiadores

     

    Os atos pró-democracia do último domingo (7), são considerados por Jair Bolsonaro um "grande problema". Pelo menos 20 capitais tiveram manifestações pacíficas contra o fascismo e o governo no final de semana. A declaração foi feita a apoiadores, na segunda (8), em frente ao Palácio da Alvorada.

     

    Prejudicou

     

    Por causa da pandemia do novo coronavírus, o trabalho dos parlamentares passaram a ser feitos a distância, o que tem dificultado a apresentação de PECs (propostas de emenda à Constituição) na Câmara.



  • 06/06/2020


    08.06.2020 15h49m
    Recomendar

    Sobe - Operação ‘Viva a Vida’ que fortalece o combate ao coronavírus em Feira, fiscalizando lockdown em bairros da cidade.


    Desce - Os 50% dos contaminados por COVID-19 que mesmo em monitoramento, descumprem quarentena no estado.


    Exemplo


    A parceria firmada entre a prefeitura de Salvador e o governo do estado, cujos mandatários possuem lados políticos diferentes (DEM E PT), é um exemplo ao restante do Brasil, segundo elogiou o prefeito ACM Neto. Segundo o prefeito da capital baiana, a parceria não é “mais que obrigação” entre os políticos e deveria ser obrigação aos demais chefes de estado do país. “Tem governador e prefeito, de lados opostos, trabalhando juntos, acaba destoando, graças à Deus, positivamente, no momento tão complicado da política nacional”, pontua Neto.


    Sem praias


    O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), disse que não estava sabendo do pedido feito pelo presidente Jair Bolsonaro à Advocacia-Geral da União para liberar o uso de praias no país. Neto não mediu palavras e lançou: “Vai acontecer com as praias a mesma coisa quando ele incluiu salões de beleza como atividade essencial, ou seja, nada”. Sensato.


    Protestou


    O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, protestou em suas redes sociais após o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, citar as cidades de Ilhéus e Itabuna com “transmissão descontrolada” do novo coronavírus. “Veja só que curioso. Quando ministro, Mandetta não conhecia e não ajudou a Bahia. Agora que está de fora vem dar opinião sobre o que também ainda não conhece”, escreveu Vilas-Boas em seu Twitter.


    Cultura


    Em sessão virtual na quinta, os senadores aprovaram projeto de lei que destina R$ 3 bilhões para o pagamento de renda mensal a trabalhadores da cultura, manutenção de espaços artísticos e para ações que ajudem o setor durante a pandemia.


    Cassação


    Alvo de oito pedidos de cassação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a chapa de Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão precisa se preocupar com apenas quatro, segundo a revista Crusoé. Qualquer processo de cassação, no entanto, só avançaria no TSE em 2021, quando a saída de Bolsonaro e Mourão resultaria em eleições indiretas. Neste caso, deputados federais e senadores escolheriam o presidente interino.


    PT


    O PT afirmou que apoiará as manifestações de rua em favor da democracia e contra o governo Bolsonaro, a decisão, no entanto, abre uma dissidência com partidos de oposição que recomendam que as pessoas não participem dos atos.


    Intervenção


    O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que vai usar forças de segurança federais contra manifestantes que “extrapolem os limites da lei” em atos contra o seu governo marcados para o próximo domingo (7).


    Trump


    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, citou na sexta-feira, o Brasil como exemplo de país com dificuldades para lidar com a pandemia de coronavírus, ao defender a estratégia adotada por seu governo contra a doença e dizer que agora os EUA devem mudar o foco para se concentrar em proteger grupos de risco e permitir uma maior reabertura da economia.



  • 05/06/2020


    05.06.2020 12h31m
    Recomendar

    Sobe - Câmara Federal por aprovar projeto que estabelece medidas emergenciais para a proteção de mulheres em situação de violência durante a pandemia.


    Desce - Pessoas que têm atitudes racistas e discriminatórias de qualquer ordem.


    Geilson


    O radialista e ex-deputado Carlos Geilson, pediu exoneração da Ouvidoria Geral do Estado da Bahia, além de se dedicar ao seu programa matinal na rádio TransBrasil, o ex-deputado terá tempo disponível para as visitas próprias do período e se articular junto aos pré-candidatos a vereador dos dois partidos que o apoiam: Podemos e PTC. Nas últimas pesquisas divulgadas em dezembro, e mesmo nas anteriores, ele despontava com uma candidatura competitiva.


    De olho


    Pablo Roberto (DEM) pediu na noite da última quarta-feira (3), exoneração da secretaria de Desenvolvimento Social, voltando a Câmara de Vereadores de Feira de Santana. Pablo volta a Casa de olho na composição da chapa majoritária como vice. Interlocutores dele vazaram que antes de tomar a medida, comunicou seu interesse e a concessão de seu nome para a vaga, primeiro a Zé Ronaldo (DEM), e depois a Colbert (MDB). Agora é só esperar a força da oração.


    Justo, justíssimo


    Reconhecido como o prefeito de Zé Ronaldo para compor a chapa com Colbert para vice-prefeito, o vereador Justiniano França (DEM) juntamente com Pablo, tomaram posse ontem (5), pela manhã, na Câmara de Vereadores, de onde estavam licenciados. Justiniano vai ter tempo agora de se articular para consolidar a possibilidade, ele é muito querido pelos colegas vereadores, e já tem costume de subir ao monte.


    Indignada


    A nomeação de Marcelo Lopes da Ponte para a presidência do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), causou incômodo na deputada federal Dayane Pimentel, que deu uma declaração polêmica em seu Twitter. “Se você aceitar isso, você não é de direita, muito menos conservador. Você é cúmplice dessa palhaçada e não adianta reclamar depois”, reclamou Dayane.


    Lulinha


    Mais um caso de coronavírus na Câmara de Vereadores de Feira de Santana foi confirmado. Depois do presidente Zé Carneiro (MDB), o vereador Lulinha (DEM) afirmou que também foi contaminado com o vírus.


    Assumiu


    Com o retorno de Justiniano França à Câmara, o advogado Osvaldo Coelho Torres Neto assume a Secretaria de Serviços Públicos. Osvaldo Torres Neto, que é subprocurador da Prefeitura Municipal e foi presidente da Subseção da OAB no Município, é pessoa ligada ao ex-prefeito Zé Ronaldo.


    Depoimento


    O ministro da Educação, Abraham Weintraub, entregou depoimento por escrito à Polícia Federal ontem (4). O depoimento estava agendado para às 15h, no edifício sede da PF, em Brasília, no caso em que é investigado por suposto racismo. Essa foi a segunda tentativa da PF de ouvir o titular do MEC em uma semana, só que por motivos diferentes.


    Complô


    O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anda desconfiado sobre um possível complô que estaria se articulando para derrubá-lo do governo. Ele afirma estar certo de que o grupo é formado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Alexandre Moraes e pelo governador de São Paulo, João Doria.



  • 04/06/2020


    04.06.2020 12h35m
    Recomendar

    Sobe - Prefeitura de Feira ao anistiar juros e multas em débitos fiscais durante o período da pandemia.

     

    Desce - A maioria da população de Feira que teima em ir para as ruas ocasionando risco de contágio pela COVID-19.

     

    Linha de frente

     

    Após a crítica do vereador Roberto Tourinho (PSB) de que a secretária de Saúde do município, Denise Mascarenhas estava "sumida", o líder do governo, Marcos Lima (DEM) tentou minimizar a situação, afirmando que essa função tem sido assumida pelo prefeito Colbert Martins (MDB), que além de ser o chefe do Poder Executivo é médico, e que a secretária Denise Mascarenhas tem atuado mais nos bastidores.

     

    Municípios

     

    O presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, afirmou ontem (3) que o socorro emergencial da União aos municípios, não chegou às prefeituras baianas. O gestor fez um panorama do combate ao coronavírus nos municípios baianos e expôs a situação de crise financeira acarretada pela pandemia. Ribeiro, destacou também o protagonismo dos prefeitos na contenção da Covid-19, além de relatar a grande preocupação de como será o pleito eleitoral deste ano.

     

    Criticou

     

    O governador Rui Costa (PT) voltou a criticar a falta de apoio do governo federal no combate à pandemia do coronavírus. O petista citou o exemplo dos países asiáticos na luta contra a Covid-19.

     

    Antifas

     

    O presidente Jair Bolsonaro chamou integrantes da Antifas de "marginais" e "terroristas". Bolsonaro deu a declaração na noite de terça-feira (3) a apoiadores e jornalistas, depois de ser perguntado, ao chegar ao Palácio da Alvorada, sobre as manifestações nos Estados Unidos.

     

    Witzel

     

    Após receber nesta quarta-feira (3) um pedido de um apoiador sobre uma medida no Rio de Janeiro, o presidente Jair Bolsonaro disse que não vai conversar com o governador do estado, Wilson Witzel. Em seguida, insinuou que Witzel será "brevemente" preso.

     

    Veto

     

    O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou, com vetos, uma lei liberaria R$ 8,6 bilhões para os estados, Distrito Federal e municípios comprarem equipamentos e materiais de combate ao novo coronavírus.

     

    Imune

     

    Bolsonaro, admitiu que "Agora, eu, apesar de estar no grupo de risco, eu sou o comandante da nação, tenho que estar no meio do povo. E ando no meio do povo. Eu já peguei 20 vezes este vírus, talvez, ou o vírus não quer papo comigo", afirmou.

     

    Havan

     

    A Caixa Econômica Federal aprovou o auxílio emergencial de R$ 600 para o dono da rede varejista Havan, Luciano Hang. Em 2019, o faturamento da Havan foi superior a R$ 10 bilhões.  



  • 03/06/2020


    04.06.2020 12h33m
    Recomendar

    Sobe - ACM Neto por expulsar dos quadros do DEM a violenta ativista Sara Winter.

     

    Desce - Sara Winter, pela expulsão do Democratas depois de armar barraco, em frente ao STF.


    Imbassahy

     

    Desde o dia 29, que já se encontra na conta da prefeitura de Feira de Santana, uma Ordem Bancária (OB) do Convênio Nº 86956/2018 do MAPA, no valor de R$ 528.375,73. O objeto é a aquisição de uma Máquina Motoniveladora, fruto de uma emenda parlamentar do ex-deputado federal Antônio Imbassahy.


    Magno

     

    PSL já decidiu que o companheiro de chapa para compor com a pré-candidata a prefeita, Dayane Pimentel, é o advogado Magno Felzemburg, também do PSL. Magno se tornou um político bem próximo da deputada durante o processo eleitoral de 2018, e se mantém no grupo liderado por ela. O partido tem formado que também a chapa de pré-candidatos a vereador está completa, e a intenção é que eleja vereador em 2020.


    O vice

     

    Amanhã (4), termina o prazo para desincompatibilização de servidores públicos que pretendem disputar algum cargo nas eleições deste ano, candidatura a vice-prefeito, por exemplo. Nesse quesito, dois nomes são especulados para compor uma chapa do DEM, ou apoiado por ele, Justiniano França (DEM), e o neo-democrata, Pablo Roberto.


    Os outros

     

    Os dois estão na raia, mas outros pretendentes estão na "moita". Quem pode esquecer de Fernando de Fabinho, e Zé Chico? Pois é, acredito que estão guardados para serem utilizados no momento certo, conforme o interesse de Ronaldo.

     

    Sara

     

    A ativista Sara Winter, para minimizar a sua expulsão do DEM, veio com a conversa de que "como fui expulsa do DEM, se eu sou filiada ao Aliança?". Efetivamente, que ela é uma despreparada, no Aliança, ela apenas assinou uma ficha de apoio a fundação do partido. Estando em formação, o Aliança não pode filiar eleitores. Então, ela estava no DEM, e foi expulsa sim senhora!!

     

    Ano letivo

     

    Em pronunciamento através das redes sociais, ontem (2), o governador Rui Costa (PT) afirmou que não há possibilidade do ano letivo ser cancelado. O petista garante que os estudantes de toda a rede estadual retomarão em breve os estudos e que medidas para isso já estão sendo estudadas.

     

    Toffoli

     

    O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, publicou na terça-feira (2), uma resolução na condição de presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que estabelece um cronograma para a retomada dos trabalhos presenciais em todo o país a partir do dia 15 de junho.

     

    OAB

     

    A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou na terça-feira (2), um parecer para refutar a interpretação de que o artigo 142 da Constituição Federal permitiria uma "intervenção militar constitucional" para interferir na relação entre os poderes da República. 



  • 02/06/2020


    04.06.2020 12h30m
    Recomendar

    Sobe - Dezenas de instituições que se manifestaram contrários aos movimentos que atentam contra a constituição brasileira.

     

    Desce - O grupo “300” - que só tinha 32 manifestantes - ao ameaçar o STF, munidos de tochas, e que seguem exemplo do Ku Klux Klan.

     

    Câmara Municipal

     

    As sessões na Casa da Cidadania foram antecipadas com o intuito de encerrar as atividades na ao longo desta semana, já que houve um aumento significativo no número de casos de coronavírus em Feira. As sessões presenciais da Casa da Cidadania serão retomadas na próxima segunda-feira (8).

     

    Democracia

     

    Associações de magistrados e procuradores divulgaram nota em que manifestam preocupação com a situação política do país e afirmam que investidas contra o estado democrático de direito devem ser pronta e firmemente rechaçadas. Segundo as associações, episódios ocorridos nas últimas semanas “em nada contribuem para a gestão das atuais crises sanitária e econômica, bem como consubstanciam flagrante risco institucional”.

     

    Podemos

     

    O senador Alvaro Dias, líder do Podemos no Senado, defendeu que o partido continue independente mesmo com o assédio do Planalto a alguns de seus membros. De acordo com a Crusoé, integrantes da legenda acham que o Podemos deveria integrar a base oficial do governo de Jair Bolsonaro, inclusive aceitando cargos em órgãos federais.

     

    Fachin

     

    O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou nesta segunda-feira (1º) que “não deve haver saída da crise com saída da democracia”. Ele participou de uma palestra virtual, promovida por uma universidade de Brasília, sobre a pandemia de covid-19 e crise humanitária.

     

    Centrão

     

    Com a entrega de cargos importantes no governo, líderes dos principais partidos do Centrão garantem que o presidente Jair Bolsonaro vai ter blindagem política se ele precisar de apoio para sobreviver politicamente no Congresso em um eventual processo. No entanto, a situação é diferente em relação ao Supremo Tribunal Federal. De acordo com o blog da jornalista Andréia Sadi, os mesmo líderes garantem que ficarão com o Judiciário.

     

    Fundo Eleitoral

     

    O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu R$ 2 bilhões do fundo eleitoral, que é voltado para partidos financiarem as campanhas de candidatos a prefeitos e vereadores nas eleições municipais deste ano. Agora, o tribunal deve definir nos próximos 15 dias a parcela que cada partido terá direito.

     

    Weintraub

     

    A Comissão de Ética Pública da Presidência da República intimou o ministro da Educação, Abraham Weintraub, a prestar informações sobre as declarações registradas na reunião ministerial de 22 de abril. Segundo o presidente da comissão, Paulo Henrique Lucon, a iniciativa de pedir esclarecimentos foi da própria comissão.


    EUA

     

    Apesar do presidente Donald Trump anunciar que vai retirar os Estados Unidos da Organização Mundial da Saúde (OMS), a entidade afirmou que deseja manter a parceria. O diretor-geral Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que a contribuição dos EUA foi imensa, ao longo de décadas, e faz uma grande diferença no aprimoramento da saúde pública em todo o mundo. 



  • 01/06/2020


    02.06.2020 18h08m
    Recomendar

    Sobe - Dezenas de instituições que se manifestaram contrários aos movimentos que atentam contra a constituição brasileira.

     

    Desce - O grupo “300” - que só tinha 32 manifestantes - ao ameaçar o STF, munidos de tochas, e que seguem exemplo do  Ku Klux Klan.

     

    Câmara Municipal

     

    As sessões na Casa da Cidadania foram antecipadas com o intuito de encerrar as atividades na ao longo desta semana, já que houve um aumento significativo no número de casos de coronavírus em Feira. As sessões presenciais da Casa da Cidadania serão retomadas na próxima segunda-feira (8).

     

    Democracia

     

    Associações de magistrados e procuradores divulgaram nota em que manifestam preocupação com a situação política do país e afirmam que investidas contra o estado democrático de direito devem ser pronta e firmemente rechaçadas. Segundo as associações, episódios ocorridos nas últimas semanas “em nada contribuem para a gestão das atuais crises sanitária e econômica, bem como consubstanciam flagrante risco institucional”.

     

    Podemos

     

    O senador Alvaro Dias, líder do Podemos no Senado, defendeu que o partido continue independente mesmo com o assédio do Planalto a alguns de seus membros. De acordo com a Crusoé, integrantes da legenda acham que o Podemos deveria integrar a base oficial do governo de Jair Bolsonaro, inclusive aceitando cargos em órgãos federais.

     

    Fachin

     

    O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou nesta segunda-feira (1º) que “não deve haver saída da crise com saída da democracia”. Ele participou de uma palestra virtual, promovida por uma universidade de Brasília, sobre a pandemia de covid-19 e crise humanitária.

     

    Centrão

     

    Com a entrega de cargos importantes no governo, líderes dos principais partidos do Centrão garantem que o presidente Jair Bolsonaro vai ter blindagem política se ele precisar de apoio para sobreviver politicamente no Congresso em um eventual processo. No entanto, a situação é diferente em relação ao Supremo Tribunal Federal. De acordo com o blog da jornalista Andréia Sadi, os mesmo líderes garantem que ficarão com o Judiciário.

     

    Fundo Eleitoral

     

    O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu R$ 2 bilhões do fundo eleitoral, que é voltado para partidos financiarem as campanhas de candidatos a prefeitos e vereadores nas eleições municipais deste ano. Agora, o tribunal deve definir nos próximos 15 dias a parcela que cada partido terá direito.

     

    Weintraub

     

    A Comissão de Ética Pública da Presidência da República intimou o ministro da Educação, Abraham Weintraub, a prestar informações sobre as declarações registradas na reunião ministerial de 22 de abril. Segundo o presidente da comissão, Paulo Henrique Lucon, a iniciativa de pedir esclarecimentos foi da própria comissão.


    EUA

     

    Apesar do presidente Donald Trump anunciar que vai retirar os Estados Unidos da Organização Mundial da Saúde (OMS), a entidade afirmou que deseja manter a parceria. O diretor-geral Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que a contribuição dos EUA foi imensa, ao longo de décadas, e faz uma grande diferença no aprimoramento da saúde pública em todo o mundo.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia