Classivendas
Em cima da hora:
Fechamento de autoescola vira caso de polícia em Presidente Prudente
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 09/05/2017


    11.05.2017 11h15m
    Recomendar

    Sobe - Atuação das polícias com a SEMMAM que resultou na apreensão de drogas, paredões e armas no último sábado


    Desce - Donos de paredões que ameaçam a ordem pública e desrespeitam a lei do silêncio em Feira


    Ronny defende Rui


    Em seu pronunciamento, o vereador Lulinha disse que com os desdobramentos da operação Lava Jato, já começaram a descobrir o envolvimento do governador da Bahia, Rui Costa. Em defesa, o presidente da Casa, Ronny Miranda disse que estão tentando sujar a imagem de Rui, sem provas. “Existem dois homens públicos limpos na Bahia, que admiro muito, estes são Zé Ronaldo e o governador Rui Costa. Estão julgando sem fundamento, nada está comprovado, tenho total confiabilidade no que se trata de Rui Costa”, disse.


    Uber


    O vereador Cadimiel Pereira afirmou na sessão de ontem (08), não ter nada contra o Uber, mas que a empresa precisa respeitar a cidade, o prefeito e os vereadores. “É uma imposição sorrateira. Ninguém sabe quem são os empresários, quem são estes motoristas, as pessoas correm riscos. O prefeito já declarou que é clandestino, a SMT não tem conhecimento, não houve nenhum contato pedindo para operar na cidade. Peço que a Secretaria aja com rigor, para que as outras categorias legalizadas sejam respeitadas”, disse.


    Uber II


    Já Marcos Lima, em aparte, disse que a chegada do serviço é um avanço, uma realidade e que não acredita que vão conseguir proibir o aplicativo na cidade. “Tem serviço de qualidade e valor acessível, acho difícil que seja revertido em Feira, assim como não conseguiram em diversas outras cidades”, falou. De volta com a fala, Cadimiel questionou a falta de um escritório físico e pediu que a empresa procure a SMT e se apresente.


    Amigos sim, política a parte


    Lulinha desmentiu alguns boatos que circularam pelas redes sociais, de que ele apoiaria o deputado Carlos Geilson nas próximas eleições.“Não tenho nenhum compromisso político com Geilson, que por sinal é meu amigo, padrinho de casamento da minha mulher, mas ao contrário do que estão dizendo, não vou apoiá-lo. Serei candidato a estadual, e meu compromisso com federal é com o deputado José Nunes”, concluiu.


    Show no estádio


    Mais uma vez, o vereador Zé Filé questionou a prefeitura sobre o valor que o município receberá para permitir a realização do show do cantor Roberto Carlos, no estádio Joia da Princesa. “Se até quarta não derem uma resposta, vou entrar com uma ação no Ministério Público para que este show seja cancelado. Se não querem falar, é porque estão escondendo algo”, ameaçou.


    Show no estádio II


    Zé Carneiro disse que Zé Filé “acha que é o que não é”, afirmando que o edil é arrogante e que perdeu toda a humildade. “Quem é ele para chegar na tribuna e dizer que vai cancelar o show de Roberto Carlos? Não vejo necessidade para isso”, disse.


    Sobre a falta de merenda


    O líder do governo afirmou que as diretoras dos colégios citados por Filé, em denúncias de falta de merenda, feitas na tribuna, estão preparando uma nota pública para “desmascarar” o vereador. “O vereador tem que tomar cuidado com as denúncias que faz. A Secretaria de Educação já esclareceu que não houve falta de merenda. As fotos estão aqui, as geladeiras estão repletas de alimentos. Apresente provas, pois é perda de tempo dar resposta a denúncias sem fundamento”, concluiu. 



  • 06/05/2017


    08.05.2017 11h53m
    Recomendar

    Sobe - Edson Fachin que parecendo não confiar nos colegas do STF, não manda mais julgamento para a segunda turma, preferindo indicar o assunto para o plenário.


    Desce - Todos aqueles que perderam tempo ao ouvir o ministro Gilmar Mendes fazer palestra ontem em Salvador.


    Bozó


    Vereador Ron da Feira denunciou esta semana, que as câmeras de segurança, no entorno da sua residência flagraram quando o suplente de vereador Oliveira Jhones colocava um despacho na porta da sua residência. O vereador teve até um rápido desmaio na Câmara. Medo, puro medo! É que o vereador detalhou que no bozó tinha além de cachaça, velas, farofa, fumo de corda, uma moeda de cinco centavos, uma galinha preta, além de sua foto.


    Bozó II


    O fato virou notícia na cidade e nas redes sociais, na reunião de quinta-feira com a presença do presidente do TRE e o do seu próprio partido o assunto viralizou nas conversas entre os presentes. Eu que estava presente, convidei o radialista evangélico Paulo José para visitarmos o vereador e fazermos uma oração, para livrá-lo do mau, os dois gostaram da ideia. Um curioso que estava ao lado sugeriu: “Leva dona Maria da Flor, macumbeira da Matinha, para desatar o nó”.


    Tá rebocado


    O novo site de Feira de Santana, que leva o nome acima, na quarta-feira, depois de pronunciamentos de apoios a candidatos a deputados, o site previu que tudo isso seria já um ensaio também para 2020 e dado ao apoio que tem recebido os deputados Carlos Geilson e Targino Machado, o texto remete a especulação de que os dois serão candidatos a prefeitos de Feira naquele ano.


    Bahia na Política


    Já no site que leva o nome acima, Carlos Geilson informou ao Jornalista Jair Onofre que a disputa de uma eleição a prefeito em 2018, que não é uma obsessão sua, mas que isso é possível sendo ele como nome escolhido do grupo que participa. Já Targino Machado informou a alguns radialistas que pode sim ser candidato a prefeito da Princesa do Sertão.


    Exonerado após ataque


    Cinco dias após o ataque a uma aldeia indígena da etnia gamela no Maranhão, o presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Antônio Fernandes Toninho Costa, foi exonerado do cargo na sexta-feira (5). A demissão foi divulgada no Diário Oficial da União (DOU), mas ainda não houve nomeação para o posto. Costa assumiu a Funai em janeiro deste ano - a presidência estava vaga desde junho de 2016, tendo sido ocupada de forma interina neste período.


    Adeus à política


    O presidente Michel Temer (PMDB) afirmou que não pretende continuar na vida política após terminar o mandato, em 2018. E também reforçou que não pretende concorrer a um novo mandato presidencial. “Aposentar-me nunca, jamais, mas eu não tenho intenção de continuar a atividade política, já cumpri meu papel”, afirmou em entrevista à RedeTV! Gravada na última terça-feira (2), e exibida na noite da quinta (4). Temer voltou a dizer que espera aprovar as reformas até o fim do mandato.


    Indeciso


    Nas bolsas de apostas sobre o cenário eleitoral de 2018, o ex-governador da Bahia, ex-ministro dos governos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff e atual secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jaques Wagner (PT), sempre aparece como candidato certo a uma vaga no Senado ou na Câmara dos Deputados. Entretanto, segundo ele, o próprio futuro para o ano que vem é incerto. Em entrevista ao Bahia Notícias, o petista disse, em outras palavras, que pode ser tudo, como também pode ser nada.



  • 05/05/2017


    08.05.2017 11h03m
    Recomendar

    Sobe - Parceria entre a Justiça Eleitoral e a Prefeitura Municipal por maior celeridade no recadastramento biométrico.


    Desce - Mototaxitas de Feira de Santana que cobram corrida dentro do anel de contorno acima de R$ 4,50.


    Próxima semana


    Constam da ordem do dia da sessão ordinária da próxima segunda-feira (8), seis projetos de leis. Dois deles serão votados em segunda discussão. O projeto de lei de nº 51/2017, de autoria do vereador Luiz da Feira (PPL), dispõe sobre a realização anual de atividades direcionadas ao enfrentamento do HIV/AIDS durante o mês de dezembro. Já o de autoria da vereadora Gerusa Sampaio (DEM) é de nº 53/2017 e dispõe sobre a obrigatoriedade de apresentação de vídeo educativo contendo conhecimentos básicos sobre a Lei Maria da Penha para alunos do ensino fundamental da Rede Municipal.


    Próxima semana I


    Os projetos que serão votados em primeira discussão são: o nº 23/2017, que dispõe sobre as normas para desembarque de pessoas do sexo feminino no período noturno no transporte coletivo urbano, de autoria do vereador Zé Filé (PROS); o de nº 26/2017, que institui no âmbito do Município a Semana Sem Multas de Trânsito - em setembro e é de autoria do vereador Edvaldo Lima (PP); o de nº 29/2017, que dispõe sobre a divulgação de fotos e/ou informações de crianças e adolescentes desaparecidos em telões ou placar eletrônico em estádio de futebol, de autoria do vereador Ron (PTC), e por fim, o de nº 37/2017, que dispõe sobre a impressão e braile das contas de telefone, energia e água para os usuários com deficiência, de autoria do vereador Roberto Tourinho (PV).


    Gilmar Mendes em Salvador


    O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, vem a Salvador nesta sexta-feira (5), inaugurar o posto de recadastramento biométrico no Subúrbio. A cerimônia contará ainda com a presença do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), José Edivaldo Rocha Rotondano, e do prefeito ACM Neto. O posto inaugurado ficará na Prefeitura-Bairro Subúrbio/Ilhas e é parte da estratégia adotada pela Justiça Eleitoral Baiana para alcançar a meta de biometrizar todo o eleitorado da capital até 31 de janeiro de 2018.


    Temer pode ser investigado


    O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, reafirmou ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), que Michel Temer não deve ser investigado, enquanto presidente da República, por crimes ocorridos antes da vigência do mandato. Ele, porém, salientou que, após Temer deixar o cargo, existe a possibilidade de “início da atividade de persecução penal do Estado em relação a ele”. “O presidente da República, desde a posse no cargo, tem imunidade processual temporária em relação aos crimes ocorridos antes da vigência do mandato”, afirmou Janot, em manifestação na qual respondeu a pedido feito pelo PSOL a Fachin para que seja revista a decisão de arquivar as citações que delatores fizeram em relação a Temer.


    Palocci segue negociando


    A soltura de José Dirceu e Eike Batista, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), não deve influenciar no prosseguimento das negociações de Antônio Palocci para fazer delação premiada. Segundo advogados criminalistas próximos ao ex-ministro, ele deve continuar as tratativas mesmo em liberdade. A libertação imediata não seria o foco, mas sim a redução radical da pena, de forma a não cumprir muitos anos de reclusão. Ainda de acordo com a coluna, o advogado de Palocci, José Roberto Batochio, está entregando em mãos o pedido de habeas corpus aos ministros da 2ª Turma do STF, que foi responsável pela soltura de Dirceu. O pedido, apresentado no último dia 26, está parado no gabinete de Edson Fachin, relator da Lava Jato.


    Servidores vão paralisar


    Ainda sem solucionar o imbróglio com o governo estadual, a Federação dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia (Fetrab) vai se reunir em plenária na próxima semana com as demais entidades do funcionalismo público. Nesta primeira quinzena de maio, o sindicato vai decidir quando fará uma paralisação de 48 horas. Mas a presidente do sindicato, Marinalva Nunes, já adianta que a data será ainda este mês. A pauta continua a mesma: reajuste salarial, que os servidores do Estado não recebem há dois anos. Como justificativa, o governo explicou que está impedido de fazer investimentos nesse sentido porque já atingiu o limite prudencial previsto pela Lei de Responsabilidade de Fiscal (LRF). 



  • 04/05/2017


    04.05.2017 09h18m
    Recomendar

    Sobe - Encontro de Guardas Municipais em Feira por discutir melhorias para a categoria.

     

    Desce - Desentendimento entre políticos de mesma sigla em Feira de Santana.

     

    Café com imprensa

     

    Dentre os assuntos abordados no primeiro Encontro com o Presidente do mês de maio estiveram, TV com canal aberto, concurso da Câmara e futuro político do presidente do Legislativo feirense, vereador Reinaldo Miranda, Ronny (PHS). O Encontro aconteceu na manhã desta quarta-feira (03), na sala de reuniões do prédio anexo à Câmara e contou com presença expressiva da imprensa que cobre diariamente os trabalhos da Casa da Cidadania.

     

    Biometria

     

    O prefeito José Ronaldo de Carvalho fará a assinatura hoje (04), às 10h, na Secretaria de Saúde com a presença do presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) Edivaldo Rocha Rotondano. "O prefeito entende que há uma dificuldade grande do povo feirense em fazer o cadastramento biométrico pela pequena quantidade de funcionários do TRE. Parabéns ao prefeito pela sensibilidade porque o povo de Feira de Santana é obrigado a fazer esse cadastramento e caso não o faça não terá direito ao voto em 2018. Acredito que as filas gigantes irão diminuir", afirmou o líder do governo, José Carneiro.

     

    Contrário à reforma

     

    Em seu discurso ontem (03), o vereador Isaías de Diogo (PSC) informou que, no último dia 26, 19 deputados federais baianos votaram favoráveis ao projeto de lei que trata da Reforma Trabalhista, que, segundo ele, vai tirar direitos dos trabalhadores. Na oportunidade, o edil parabenizou o deputado federal Irmão Lázaro (PSC) por este ter votado contrário à referida proposição. "Hoje deve estar votando, em Brasília, a Reforma da Previdência. Eu mandei fazer uma pesquisa que deputados federais, que já estão aposentados, vão votar, com certeza, contra o trabalhador. Imagine! Eu vou citar o nome de dois aqui, que são bem conhecidos nossos e que pegam votos de Feira de Santana: Benito Gama, que recebe aposentadoria do Congresso, ele é do PTB. Nós temos ainda José Carlos Aleluia, aposentado também", disse.

     

    Guarda Municipal

     

    O vereador Edvaldo Lima, na sessão de ontem (03), destacou a homenagem feita ao ex-comandante da Guarda Municipal Marcos Vinícius, assassinado em 2014 no Parque da Lagoa, em Feira de Santana. "Homem guerreiro, irmão, pai de família foi morto covardemente enquanto exercia suas funções. Apresentei a esta Casa uma indicação que propõe o nome de Marcos Vinícius em logradouro público, sala ou colégio como forma de homenagem para que não esqueçamos dele", informou. O edil ainda informou que também solicitou, através da indicação, que a Guarda Municipal passe a atuar nos transbordos da cidade. "Estes locais estão sendo alvo frequente da ação de bandidos. Acredito que com a atuação da Guarda estes locais ficarão mais seguros e os usuários mais tranquilos", concluiu.

     

    Direitos dos animais

     

    Roberto Tourinho (PV) informou que está dando entrada numa solicitação para realização de uma audiência pública, no dia 01 de junho de 2017, onde será tratada a defesa dos direitos dos animais. Segundo o edil, convites serão enviados às autoridades com o intuito de solucionar problemas, principalmente os relacionados à comercialização de animais. "Será uma solicitação da Comissão de Obras, Urbanismo, Infraestrutura e Meio Ambiente da Câmara, visto que foi um pedido do vereador Cadmiel Pereira, pois escuta muitas reclamações de animais que são mau tratados". Ainda segundo o edil, enquanto esteve à frente da Secretaria Municipal de Meio Ambiente realizou várias ações de fiscalização contra a venda de animais pequenos no Centro de Abastecimento e feiras livres.

     

    Radar sob passarela


    Um radar que fica sob a passarela Conceição Lobo, na Avenida Transnordestina, na Cidade Nova, foi o motivo da reclamação do vereador Gilmar Amorim na sessão de ontem (03). De acordo com o vereador, a velocidade máxima do radar colocado pelo Dnit é de 40 Km/h. Gilmar admitiu que após a colocação do aparelho diminuiu o número de acidentes, mas não fez com que os mesmos acabassem. O radar foi colocado por causa de pedestres que não utilizam a passarela e passam por baixo da mesma. Gilmar acredita que o local não é adequado para se ter um radar e sugeriu outros para a transferência.

     

    Segurança pública

     

    O vereador Cadmiel Pereira (PSC) afirmou que Feira de Santana carece de investimentos na segurança pública por parte do Governo do Estado. O edil ainda disse que ficou bastante assustado ao ver na manchete do Jornal Folha do Estado a informação de que 42 homicídios foram registrados no mês de abril deste ano, além dos altos números de agressão contra a mulher, dano ao patrimônio público, assaltos e outros crimes. "A violência vem se tornando uma epidemia e estamos nos sentindo incapazes de agir porque não temos do Governo do Estado o que nos é garantindo na Constituição Federal, tal seja, segurança pública, saúde, educação e moradia. Estamos precisando de segurança. Falta investimento do Estado neste setor, falta aparelhamento estatal", concluiu.

     

    Lei Maria da Penha


    A vereadora Gerusa Sampaio (DEM) é a autora do projeto que dispõe sobre a obrigatoriedade de apresentação de vídeo educativo, contendo conhecimentos básicos sobre a Lei Maria da Penha para alunos das escolas públicas municipais de ensino fundamental. O projeto foi aprovado por unanimidade e em primeira discussão na manhã de ontem (03), na Câmara Municipal de Feira de Santana. O vídeo compreenderá, mais precisamente, o conteúdo referente às noções básicas sobre a Lei 11.340/2006. Ele deverá ser transmitido pelo menos uma vez por ano, devendo obrigatoriamente ser divulgado na semana comemorativa ao dia 25 de novembro, Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher. 



  • 03/05/2017


    04.05.2017 09h08m
    Recomendar

    Sobe - A criatividade das companhias de teatro de Feira de Santana, por levar o cotidiano da cidade aos palcos.

     

    Desce - O número de homícidios que voltou a crescer na cidade.

     

    Mais um pra Geilson

     

    Faltando mais de um ano para as próximas eleições, boa parte dos vereadores de Feira de Santana já definiram os seus apoios para o pleito. Na sessão de ontem (02), foi a vez do edil Fabiano da Van declarar quem apoiará em 2018 e o escolhido foi Carlos Geilson, que é pré-candidato a deputado estadual. Fabiano afirmou que pensou bem e levou em consideração a ótima reputação e credibilidade do deputado.

     

    Sem comemorações

     

    O vereador Edvaldo Lima discursou sobre a greve geral, que aconteceu na última sexta (28), em todo o país. Segundo o edil, alguns governantes estão "destruindo os direitos trabalhistas". Edvaldo mostrou-se contente em ver o povo lutando por seus direitos, porém afirmou que o trabalhador não teve motivos para comemorar no seu dia, e que por um bom tempo ainda continuará a "ser escravizado".

     

    Cidade arborizada

     

    "O governo de Feira de Santana preocupa-se bastante com a arborização da cidade", foi o que afirmou o vereador Marcos Lima, porém o edil levantou um ponto que precisa ser melhorado. Marcos chamou a atenção para a falta de árvores frutíferas no município, e citou exemplos de avenidas novas como a Nóide Cerqueira e a Ayrton Senna, que receberam centenas de mudas de árvores. O vereador afirmou que encaminhou um projeto, para que 20% das árvores que forem plantadas em Feira, sejam frutíferas.

     

    Solidariedade e pedido

     

    Zé Curuca lamentou o assalto sofrido pelo secretário de Desenvolvimento Urbano, Zé Pinheiro, que teve o seu veículo levado por assaltantes, no último final de semana. "Graças a Deus não fizeram nada com ele. O importante é a vida, dentro de pouco tempo acharam o veículo. Todos aqui somos solidários a ele", disse. Logo em seguida, Curuca pediu ao secretário que mandasse uma máquina fazer o patrolamento.

     

    Falta cultura

     

    O vereador Cadimiel Pereira afirmou que Feira de Santana vive um momento de pobreza em relação ao fomento à Cultura por parte do governo do estado. Para o edil, apenas os dias de micareta não são suficientes e nem proporcionam cultura como se espera. "Só micareta não é cultura. Tem que ter artes, ações, ideias, danças, batuques, presença do povo... E o estado não colabora com o município. Cultura não é só festa", disse. Cadimiel ainda cobrou festivais de dança, literatura e gastronomia. "Queremos estar no orçamento do estado, venham conversar, venham dar atenção, ver aonde se faz cultura, tenham o mínimo de preocupação", concluiu.

     

    Greve Geral deu certo

     

    No seu discurso, o vereador Alberto Nery comemorou a participação da população nos manifestos da greve geral, que aconteceu no dia 28. "Eu quero falar sobre a greve geral ocorrida na última sexta-feira. Dizer que este Governo golpista, que aí está, teve a audácia de usar os meios de comunicação para alardear que a greve geral foi um fracasso. Isso é o Governo não reconhecer os reclames das ruas, as manifestações da classe trabalhadora contra as reformas que estão sendo impostas ao trabalhador brasileiro. Nós conclamamos o povo de Feira de Santana, os trabalhadores deste município que comparecessem às ruas e eles compareceram maciçamente dando uma resposta a este Governo", disse o petista. 

     

    Bueiro causa problemas

     

    O vereador Gilmar Amorim (PSDC) é o autor do requerimento de nº 109 que solicita da Embasa o reparo em um bueiro aberto, na Av. Riachuelo, bairro Baraúnas. O requerimento foi aprovado na manhã de ontem (02), na Câmara Municipal de Feira de Santana. Segundo a proposta, o bueiro vem causando vários acidentes e transtornos para aquela comunidade.


    Segurança Pública

     

    No uso da tribuna da Casa da Cidadania, na manhã de ontem (02), o vereador Marcos Lima (PRP) falou sobre as audiências públicas realizadas nos distritos de Humildes e Matinha para discutirem a segurança pública em todos os distritos da cidade, destacando a importância das mesmas. "Só no mês de abril foram mais de 40 assassinatos. Aumentou o número de mortes e esse aumento vem sendo constante", observou. O edil ainda destacou que o problema da segurança pública é de todos, mas é dever do Governo do Estado. "Todos nós temos que ter participação na segurança pública", completou. 



  • 02/05/2017


    02.05.2017 09h59m
    Recomendar

    Sobe - A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer que permite o folião internauta a participar da escolha das majestades da Micareta


    Desce - Governo Temer que registra umas das piores rejeições da história brasileira


    Dois pesos


    Uma pergunta que não quer calar, porque Aécio Neves segundo entendimento do Ministro Gilmar Mendes só pode ser ouvido depois que seus advogados tomarem conhecimento da delação que envolve o nome dele? Realmente é de se levantar suspeitas sob a forma do tratamento dado por representantes da justiça para cidadãos diferentes.


    Injeção


    Com a reunião em Vitória da Conquista, para tratar de recursos para a Bahia na área de educação, ACM Neto e outras lideranças do DEM e PSDB na Bahia, aí incluindo o prefeito de Feira José Ronaldo retomam a disposição para fazer campanha em 2018. Com o início da delação de diretores da Odebrecht acordada no fim do ano passado, ACM Neto refluiu na campanha que já estava fazendo para governador, agora julgando que o impacto do caixa dois foi insignificante com base no que se esperava, tomou novo fôlego e é candidato fortíssimo.


    Vitória da Conquista


    O prefeito de Feira, José Ronaldo, claramente disposto a disputar uma vaga ao senado, tem viajado nos últimos 45 dias com frequência considerável, vai à Salvador toda semana para reuniões políticas e tem visitado o interior, Candeias, Ilhéus e Vitória da Conquista lhe deram boa visibilidade e passa a ser um nome forte para uma das duas vagas do senado.


    Candidatura


    O vereador Luiz Augusto de Jesus, Lulinha, continua inarredável na intenção de disputar a eleição para deputado estadual. Dois deputados de mandato da sua cidade, já mandaram interlocutores na tentativa de cooptar Lulinha do DEM, que tem a mesma resposta: "Sou candidato a deputado estadual, e pronto", Lulinha para federal apoia o deputado José Nunes (PSD).


    Briga de foice


    Ainda com respeito mútuo, os deputados Carlos Geilson (PSDB) e Targino Machado (PPS) começaram o trabalho de buscar apoio entre lideranças políticas de Feira de Santana, vez ou outra um invade a área do outro, até o momento não precisou receberem "cartão amarelo", mas a expectativa é que daqui até o fim do ano o "vermelho" seja levantado. Para se ter uma ideia, Geilson conseguiu apoio de José Carneiro que antes apoiava Targino que no contra-ataque chamou Carlito do Peixe que apoiava Geilson. Morderam os lábios, mas nem balbuciaram.


    Hoje


    A Câmara volta as suas atividades com pauta fraca, nenhum projeto importante estará em discussão e por isso esperasse uma sessão morna, quase fria. Esperasse que os embates transcorram ainda em razão da paralisação da última sexta (28). Aos que queiram reclamar da paralisação, que pra mim foi um absurdo, sob o ponto de vista de parar para emendar um feriadão em um país em crise, devem lembrar que aqueles que faziam oposição ao governo Dilma utilizaram o mesmo expediente com paralisações constantes e também com atos de vandalismo, como foram maiores deram um prejuízo muito maior ao setor público e a iniciativa privada. No fim, dos dois lados só vai sobrar proselitismo. 



  • 29/04/2017


    02.05.2017 09h56m
    Recomendar

    Sobe - Manifestação em Feira de Santana por ser uma das maiores da história na cidade.


    Desce - Michel Temer por ter alto índice de rejeição popular.

     

    Homenageado


    A mais alta honraria da Assembleia Legislativa da Bahia, a Comenda 2 de Julho, foi concedida ao secretário de Meio Ambiente de Feira de Santana e ex-deputado federal, Sérgio Barradas Carneiro, na tarde da quinta-feira (27/4), em razão do seu trabalho desenvolvido ao longo de sua trajetória política. A honraria é concedida a pessoas que contribuíram para o desenvolvimento político e administrativo do Estado e do país. Após a sessão, Sérgio lançou o livro "A Bahia na Vanguarda do Direito das Famílias". A homenagem foi uma proposta do deputado estadual Carlos Geilson (PSDB), que é conterrâneo de Sérgio, ambos nascidos em Feira de Santana.

     

    Proibidos de viajar


    Assim como fez nesta semana, quando a Câmara aprovou a reforma trabalhista, o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vai proibir viagens oficiais de deputados no período em que há previsão de votação da reforma da Previdência, de acordo com informações da coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo. Ainda segundo a publicação, a manobra é para evitar que possíveis deputados infiéis se "escondam" em outros países. Aliados com viagens marcadas estão sendo orientados a remarcar compromissos.

     

    Desemprego cresce


    A taxa de desocupação no país continua em alta e o país tem agora 14,2 milhões de desempregados no trimestre encerrado em março, número 14,9% superior ao trimestre imediatamente anterior (outubro, novembro e dezembro de 2016) - o equivalente a 1,8 milhão de pessoas a mais desocupadas. Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgada hoje, no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com os resultados do primeiro trimestre. No trimestre encerrado em fevereiro, o Brasil tinha 13 milhões de desempregados.

     

    Quer deixar relatoria


    Relator da reforma da Previdência, o deputado federal Arthur Maia (PPS) teria ameaçado deixar a relatoria do projeto diante de dificuldades enfrentadas. Segundo a coluna Radar, da revista Veja, o parlamentar teria dito a pessoas próximas que entregou a Michel Temer (PMDB) um rosário de queixas sobre seus pares no Congresso e sobre a própria condução do Palácio do Planalto.

     

    Levou propina em 1987


    O executivo João Pacífico, um dos delatores da Odebrecht, apontou propina ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo) sobre um contrato de 1987 para obras do Transporte Moderno de Salvador (TMS). Segundo o delator, foram pagos R$ 3,6 milhões entre 2007 e 2010, período em que Geddel (PMDB) foi ministro da Integração Nacional de Lula. Pacífico relatou que, em 1987, a Construtora Norberto Odebrecht firmou com a Superintendência de Urbanização da Capital (Surcap), atual Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop), autarquia vinculada à prefeitura de Salvador, contrato para o TMS.

     

    Acordo fracassou


    Após anunciar um acordo para oferecer transporte via taxis e Uber grátis para evitar que os servidores públicos de São Paulo faltassem ao trabalho ontem (28) - dia marcado para a greve geral contra as reformas trabalhista e da Previdência -, o prefeito João Doria teve seus planos fracassados. Segundo informações da Folha de S. Paulo, as empresas que firmaram o acordo com o gestor municipal na quarta (26), recuaram. Ainda de acordo com a publicação, a assessoria de imprensa da prefeitura disse que "não foi possível obter a gratuidade", mas que, a pedido de Doria, as empresas se propuseram a oferecer desconto nas corridas para todos os usuários e não só os seguidores. Apesar disto, os assessores não informaram se Doria mantém a promessa de cortar o ponto dos trabalhadores que faltarem ao serviço. 



  • 28/04/2017


    02.05.2017 09h54m
    Recomendar

    Sobe - A democracia brasileira por permitir a livre manifestação


    Desce - Falta de comando na Uefs ao deixar o lixo tomar conta do campus


    Lula presidente


    O ex-presidente Lula confirmou sua candidatura em 2018, na noite da quarta (26), em entrevista exclusiva ao jornalista Kennedy Alencar, do SBT. 'Eu agora quero ser candidato. As pessoas sabem que eu sei, sabem que eu já fiz e sabem que eu posso consertar esse país', afirmou. Lula também falou sobre a expectativa para seu depoimento ao juiz Sérgio Moro, marcado para o dia 10 de maio. Durante a semana, Moro afirmou que pode rever a decisão de exigir a presença do ex-presidente nas audiências das 87 testemunhas do processo em que ele é réu. 'Se for necessário, eu mudo para Curitiba e fico lá o tempo necessário para esperar o julgamento", disse Lula.


    Neto enfrenta manifestação


    O prefeito ACM Neto (DEM) esteve, na quinta (27), na cidade de Vitória da Conquista, principal cidade do sudoeste baiano, para um encontro do Ministério da Educação, através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão comandado por Sílvio Pinheiro, seu ex-secretário. No entanto, a primeira tentativa de exposição no interior não saiu como o esperado. Virtual candidato ao governo da Bahia em 2018, o democrata foi cercado, ainda dentro da van, por manifestantes contrários às reformas propostas pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB), de quem Neto é aliado.


    Reforma da previdência


    A votação do parecer da Reforma da Previdência na comissão especial que discute o assunto na Câmara foi adiada para a próxima quarta-feira, dia 3 de maio. Inicialmente, a votação estava prevista para o dia 2 de maio, mas a última reunião da comissão para debater o texto que ocorreria ontem (27), foi transferida para o dia 2. A previsão de leitura do relatório no plenário da Câmara fica mantida para o dia 8 de maio, de acordo com o presidente da comissão especial, deputado Carlos Marun (PMDB-MS).


    Pane no avião


    Na noite da quarta (26), o avião que transportava o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, para Curitiba, teve um problema técnico e precisou retornar ao Rio de Janeiro. Cabral e a mulher dele, Adriana Ancelmo, têm depoimento marcado amanhã com o juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal do Paraná, no processo sobre desvios no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). O ex-governador estava em um avião da Polícia Federal, que ainda não informou qual o problema verificado na aeronave.


    FHC sim, Temer, não!


    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez na quarta (26), um aceno público em direção à abertura de diálogo com Fernando Henrique Cardoso (PSDB), seu antecessor no Palácio do Planalto. "Eu fiquei muito agradecido quando ele foi me visitar no hospital, foi visitar a dona Marisa, e acho que há um espaço para conversar sobre reforma política e também discutir sobre economia, não tem problema", afirmou em entrevista ao SBT. Lula refutou, no entanto, a possibilidade de aproximação com o presidente Michel Temer (PMDB). Disse que, "sinceramente", não tenho interesse em conversar com ele.


    Cortará o ponto


    No dia em que serão realizados protestos contra as reformas governistas, o presidente Michel Temer cortará o ponto de servidores públicos que faltarem ao trabalho para aderir à greve geral marcada para hoje. Para adotar a medida, a atual administração tem se baseado em decisão de outubro do STF (Supremo Tribunal Federal), a qual estabeleceu que o poder público deve cortar os salários de servidores em paralisação.


    Greve


    Os trabalhadores dos Correios entraram em greve por tempo indeterminado na quarta (26) a partir das 22h. As ameaças de privatização e demissões, o fechamento de agências e o "desmonte fiscal" da empresa, com diminuição do lucro devido a repasses ao governo e patrocínios, são os principais motivos para a mobilização, segundo a Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares). As informações são da Agência Brasil. A estatal afirma que teve prejuízos de R$ 2,1 bilhões em 2015 e R$ 2 bilhões no ano passado. 



  • 27/04/2017


    27.04.2017 09h21m
    Recomendar

    Sobe - O esforço das polícias na investigação que terminou na triste constatação de que a garotinha de 7 anos foi, de fato, assassinada

     

    Desce - O STF por autorizar universidades públicas a cobrarem por pós-graduação

     

    Primeiro projeto

     

    Emocionado, o vereador João Bililiu comemorou o seu primeiro projeto na Casa da Cidadania, que institui a semana de conscientização e prevenção da violência contra a mulher. Bililiu afirmou estar muito preocupado com os crescentes dados de violência e que visitou alguns órgãos e instituições que fazem trabalhos em defesa à mulher, inclusive a DEAM, onde fez alguns levantamentos. "Sei que não vou acabar com este câncer, esta mazela da sociedade machista, mas vamos lutar para tentar reverter ao máximo esta situação", disse.

     

    Paredões

     

    Sobre o projeto de lei apresentado pelo vereador Roberto Tourinho, que proíbe os paredões de som em Feira de Santana, o edil Isaías de Diogo afirmou que irá apresentar uma emenda, para que os proprietários dos sons possam utilizá-los no Parque de Exposição da cidade. "Não faz sentido essa proibição, já que querem proibir os sons altos, vão ter que proibir também os trios elétricos na micareta", finalizou.

     

    Greve Geral

     

    O vereador Alberto Nery lamentou a tramitação do projeto da reforma trabalhista, que segundo ele, propõe o aumento da carga horária de trabalho. "Conclamo a classe trabalhadora para reivindicar na próxima sexta junto conosco, num evento que vai acontecer no país inteiro, e Feira de Santana não vai ficar de fora", disse.

     

    Ponto cortado

     

    Nery ainda afirmou que recebeu uma ligação da presidente da APLB Feira de Santana, Marlede Oliveira na manhã de ontem (26), onde foi avisado por ela que os dias em que os professores ficaram em greve foram cortados dos vencimentos, o que não deveria ser feito conforme acordo firmado com a prefeitura.

     

    Ponto cortado I

     

    O líder do governo, José Carneiro disse que o acordo do governo municipal com os professores foi cumprido. "Os primeiros 10 dias de greve, assim como foi acordado, não foram descontados, porém a greve não chegou ao fim e os dias excedentes, cinco, foram cortados. Com certeza se estas aulas forem repostas, o valor será devolvido", garantiu.

     

    Duplicação e passeios

     

    O vereador Edvaldo Lima (PP) informou que deu entrada em indicações que solicitam do Governo do Município a duplicação da Avenida Artêmia Pires, localizada no bairro Sim, e a construção de passeios nas Ruas Senador Quintino e Araújo Pinho. O edil acredita que, com a duplicação da referida avenida, a situação do trânsito melhorará, pois, segundo ele, é grande o fluxo de veículos, principalmente nos horários de pico, por conta dos inúmeros conjuntos habitacionais, que foram e vem sendo construídos.

     

    Energia para Jaíba

     

    Mais um pedido de rede de extensão de baixa energia é realizado pelo vereador Lulinha (DEM) à Coelba. Desta vez através de requerimento que foi votado e aprovado por unanimidade, na manhã de ontem (26), na Câmara Municipal de Feira de Santana. O pedido é feito para a comunidade de Lagoa de Santa Rita ,que fica na Rua Ozenita, no Papagaio, distrito de Jaíba. Segundo o requerimento, a promoção de benefícios para a comunidade local acarretará em melhorias para a iluminação da região.

     

    Esgotamento no Viveiros

     

    A vereadora Gerusa Sampaio (DEM) é autoria de dois requerimentos que foram aprovados por unanimidade, na manhã de ontem (26), na Câmara Municipal de Feira de Santana. Os dois requerimentos, de números 106 e 107, solicitam da Embasa a implantação de rede de esgotamento sanitário. O primeiro para a Rua Pedestre 32, no bairro Viveiros. O segundo para a Rua Pedestre 56, no mesmo bairro. "Vale ressaltar que em decorrência da ausência de esgotamento sanitário vem sendo diagnosticado no Sistema Único de Saúde (SUS) surgimento de verminoses, bem como insuficiência respiratória em moradores da comunidade", justificou.



  • 26/04/2017


    27.04.2017 09h11m
    Recomendar

    Sobe - A Uefs, que através de programa de aprendizagem, oferece cursos de linguas estrageiras a portadores de Sindrome de Down.


    Desce - Operadoras de telefonia celular que mesmo sendo punidas continuam prestando serviços insatisatórios.


    Regionalização


    Em seu discurso na manhã de ontem, o vereador Marcos Lima defendeu e parabenizou o seu partido PRP, por não estar envolvido nos escândalos do lava jato e confirmou que a sigla passará por uma regionalização na Bahia, decisão que foi tomada depois de uma reunião com Alexandre Marques, presidente no estado. "O PRP não faz parte da corrupção Investigada pela lava jato, a expansão que o partido vem adquirindo, a possibilidade da fragmentação do PRP por regiões na Bahia e caso isso ocorra possivelmente assumirei uma parte significativa, entre outros pontos que tivemos a oportunidade de discutir", disse.


    Altas taxas


    O vereador João Bililiu reclamou na tribuna, na sessão de ontem (25), dos valores das multas que são aplicadas nas blitz de moto e carro em Feira de Santana. Segundo o edil, a polícia apenas apreende os veículos, porém não revista os condutores como deveria, deixando assim escapar possíveis criminosos. Bililiu ainda afirmou que tentará marcar uma audiência com o Coronel Adelmário Xavier para tratar o assunto.


    Altas taxas II


    Já Zé Filé também reclamou das altas taxas, desta vez das cobradas pelos guinchos. O vereador destacou que os preços são altos por parte das esferas estadual e municipal e disse que recentemente precisou do serviço e pagou cerca de R$ 120,00 para guinchar o seu veículo da Getúlio até a Santa Mônica. O líder do governo, Zé Carneiro saiu em defesa do município e disse que o estado cobra muito mais caro pelo serviço. Ainda em aparte, Edvaldo lima afirmou que foi criada uma indústria da multa nos três poderes e lamentou. "Não estou defendendo o governo do estado, eu sou o povo, e o povo está sendo roubado", finalizou Filé.


    Educação é prioridade


    O vereador Cadmiel Pereira (PSC) ocupou a tribuna para destacar os investimentos do Governo Municipal na área da educação. "Temos visto que os investimentos em áreas estratégicas de políticas públicas é que mais traz o bom resultado para uma sociedade", disse, afirmando que no município de Feira de Santana, o prefeito José Ronaldo de Carvalho (DEM) tem investido em educação muito mais do que a lei exige. Cadmiel destacou a inauguração da Escola Municipal Antônio Antunes dos Santos, ocorrida ontem, no povoado de Terra Dura, e salientou que educação é prioridade para qualquer sociedade.


    Deputado cobra viaduto


    O deputado Zé Neto (PT) afirmou através de suas redes sociais que irá à Brasília, para cobrar mais uma vez o início das obras do viaduto que ligará o bairro Viveiros ao Feira X. "Vamos continuar cobrando tanto da ANTT quanto da ViaBahia. Já fizemos audiências públicas, já trouxemos aqui o presidente nacional da ANTT, Luiz Fernando Castilho, que esteve pessoalmente no Viveiros comigo e com representantes da comunidade, e agora vamos tentar ao máximo uma solução que possa viabilizar imediatamente o começo das obras. Já estou marcando novamente uma ida à ANTT, em Brasília, para fazer essas reclamações e continuar cobrando da ViaBahia", concluiu.


    Paredões


    O vereador Roberto Tourinho falou sobre o seu projeto de lei que pretende proibir os chamados "paredões" de som em Feira de Santana. Tourinho agradeceu a toda a imprensa pela grande repercussão e afirmou que também recebeu o apoio das companhias de polícia de Feira. "No projeto a proibição se estende para postos de combustível, de lavagem, espaços privados de livre acesso, locais de eventos e outros. Para que o paredão possa acontecer, o interessado deve encaminhar um requerimento à Secretaria de Meio Ambiente, que por sua vez deve fazer uma perícia e dar a garantia de que o local é adequado para realização da atividade", explicou.


    Biometria


    O líder do governo, Zé Carneiro falou sobre o processo de cadastramento da biometria dos eleitores de Feira de Santana para as próximas eleições. Segundo Carneiro, a grande procura pelo serviço tem causado grandes filas no cartório eleitoral. "No próximo dia 5, às 10H, acontecerá uma reunião do prefeito José Ronaldo com o desembargador do TER para assinar um termo de parceria, que vai atender a esta grande demanda", confirmou. 



  • 25/04/2017


    27.04.2017 09h08m
    Recomendar

    Sobe - A união dos trabalhadores que fizeram o governo Temer rever pontos da reforma da previdência


    Desce - O jogo baleia azul por espalhar terror, medo e morte entre jovens e adolescentes brasileiros


    Bairro isolado


    Um grupo de moradores do bairro Viveiros esteve presente na sessão de ontem (24), para cobrar melhorias para a comunidade, e já em seu discurso, o vereador Isaias de Diogo cobrou mais uma vez a construção do viaduto que ligará o Viveiros ao Feira X. "Então, Viabahia, nós queremos dizer aqui: o pessoal do Viveiros e o pessoal do Feira X não são pessoas esquecidas não, são pessoas que pagam os seus impostos e querem só uma coisa: o seu direito de ir e vir", desabafou.


    Bairro isolado II


    A construção do túnel entre o Viveiros e o Feira X também foi o tema debatido pelo líder do governo na Câmara Municipal, na manhã de ontem (24). O edil sugeriu que os problemas que apareceram só serão resolvidos com a união de forças. Carneiro ainda creditou os avanços da construção do equipamento no Viveiros aos deputados Carlos Geilson e Zé Neto. "E essa luta começou com facções partidárias, com pessoas ligadas ao deputado Carlos Geilson defendendo uma tese e pessoas ligadas ao deputado Zé Neto também defendendo uma tese. Com o decorrer do tempo, os dois se uniram, veio o amadurecimento, a discussão avançou, os caminhos a serem percorridos foram diminuindo a cada dia e projetos e discussões foram ampliados", disse.


    Viagem de Geilson


    O vereador Zé Filé, em resposta à notícia publicada pelo jornal Folha do Estado, de que o deputado Carlos Geilson esteve em Brasília, para cobrar a execução da obra no bairro Viveiros, afirmou que "é fácil fazer uma viagem e chegar aqui contando vantagem, mas difícil é falar a realidade. O povo não está atrás de palavra bonita não", disse. Filé ainda sugeriu que os próprios vereadores fossem até a Brasília cobrar os direitos do povo, com dinheiro do próprio bolso. Edvaldo Lima em aparte afirmou que é um dever da Casa arcar com as despesas de viagens do tipo para vereadores e que não seria justo pagar com recursos próprios. Em defesa de Geilson, Tom disse que "o deputado foi para Brasília trabalhar pelo povo e não brincar, vários deputados passaram pela Câmara e nada fizeram", completou.


    Desemprego


    Durante pronunciamento, na sessão ordinária desta segunda-feira (24), na Câmara de Vereadores de Feira de Santana, o vereador Edvaldo Lima (PP) tratou do grande número de desempregados no país e culpou o Governo Federal pela situação."Quantas pessoas perderam seus empregos? O Governo Federal insiste em dizer que o país se encontra equilibrado, mas não é isso que os números das pesquisas mostram. Em Feira de Santana, só este mês foram mais de 1200 pessoas desempregadas", afirmou.


    Perigo dos paredões


    O vereador Roberto Tourinho, em seu discurso, alertou sobre os perigos das festas que utilizam "paredões" como atrativos, e citou crimes resultantes desta prática. Tourinho lembrou que quando estava à frente da SEMAMM, a apreensão de paredões era sempre alvo das fiscalizações. "Paredão era troféu e as multas variavam entre R$ 500 e R$ 5 mil. Saíamos na madrugada para fazer as apreensões, pois tínhamos consciência de que muitos atos de violência eram praticados nestes eventos".


    SMT


    O vereador Marcos Lima parabenizou o superintende Municipal de Trânsito (SMT) Maurício Carvalho por ter realizado algumas mudanças na secretaria e já comemorou os futuros resultados. "A SMT nos traz uma boa notícia quando permite a retirada de veículos apreendidos no mesmo dia, após o pagamento das taxas devidas. Antes, essa retirada só acontecia depois de 24 horas. Parabenizo o superintendente pela mudança, isso é forma de gestão", finalizou.


    Defendeu deputado


    O discurso do vereador Isaias de Diogo na manhã de ontem (20), foi em defesa do deputado Irmão Lázaro (PSC). Segundo Isaias, existe uma lista circulando pela internet, afirmando que o deputado seria contrário ao trabalhador. "Quero dizer a todos que ele não votou favorável a estas PECs e ainda tenho em mãos listas que busquei na internet e confirmam meu discurso. Reafirmo que o deputado Lázaro não é contra o trabalhador. Ele tem responsabilidade e respeito ao trabalhador brasileiro, reconhecendo que eles são dignos de terem aposentadoria, bem como todos os direitos", finalizou. 



  • 22/04/2017


    24.04.2017 16h15m
    Recomendar

    Sobe - O nível da delação premiada da Lava-jato, que proporciona a oportunidade de limpar o Brasil.


    Desce - O presidente Temer por continuar protegendo Eliseu Padilha e Moreira Franco.


    Justificativa


    Quando fizeram questionamentos pela não contratação do "pop star" Igor Kannário, o protegido de ACM Neto, o secretário de cultura Edson Borges justificou: "É que em Feira existe uma lei anti-baixaria". Robyssão passou no teste! Lá Fúria está de stand by.


    Prestígio


    O ex-vereador Fábio Lucena, por indicação do secretário de desenvolvimento urbano da Bahia Fernando Torres assume a chefia de gabinete do órgão comandado por Torres depois que o anterior fio exonerado por insurreição. Outro nome de Feira de Santana com destaque na secretaria foi a nomeação do jornalista Fabrício Almeida no cargo de assessor especial da secretaria. As nomeações dão a dimensão exata da força e do prestígio de Fernando Torres.


    Problema


    O vereador Lulinha está às voltas com um problema sério no bairro da Conceição que se refere a uma área de terra na localidade. Lulinha alega que comprou o terreno de Boca, a real proprietária alega que nunca esteve com ele para tratar de vendas, Lulinha se defende dizendo que comprou de um vizinho. A proprietária diz que nunca houve oferta de venda por ela. O caso já está na polícia com queixa de ambas as partes. Isso vai render!


    Festa


    A grade de atrações da micareta foi informada na última quinta (20), pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho para a imprensa e os foliões de Feira de Santana. O evento que terá início oficialmente em 18 de maio, espera agora o início da montagem do circuito da festa, responsabilidade da prefeitura e dos responsáveis pelos camarotes, quase todas as secretarias do município estarão envolvidas.


    Palocci ensaia delação


    Ainda em sua audiência, na quinta-feira (20), com o Juiz Sérgio Moro, no Paraná, o ex-ministro Antônio Palocci conseguiu dar uma enquadrada que acendeu o sinal de alerta de petista e aliados. Palocci sinalizou uma possível delação premiada. O político afirmou que possui informações que daria "mais de um ano de trabalho" a Moro. O assunto só tende a esquentar.


    Menos vagas de emprego


    O país perdeu 63.624 vagas de emprego formal em março, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados dia (20), pelo Ministério do Trabalho. No mesmo mês do ano passado, a retração foi de 118 mil postos de trabalho. Em fevereiro, o resultado havia sido positivo, com a criação de 35.612 vagas formais, o que levou o presidente Michel Temer a comemorar a retomada da criação de empregos depois de 22 meses seguidos de queda.


    Nomeado para o TSE


    O presidente Michel Temer nomeou na quinta-feira (20), o jurista Tarcísio Vieira de Carvalho para ocupar a cadeira de ministro titular no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A nomeação de Tarcísio Vieira foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira. Ele vai ocupar a vaga deixada por Luciana Lóssio, cujo segundo biênio como titular da Corte se encerra no dia 5 de maio. O nome de Vieira constava de uma lista tríplice feita pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e enviada a Temer. A lista também incluia os advogados Sérgio Silveira Banhos e Carlos Bastide Horbach.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia