Bahia Aqui é Trabalho 1019
Em cima da hora:
Motociclista fica ferido após bater de frente com ônibus em Ribeirão Preto
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 29/08/2019


    27.09.2019 12h46m
    Recomendar

    Sobe - Feira de Santana por continuar sendo a 34ª maior cidade do Brasil e por ser maior que todo o estado de Roraima.


    Desce - Imprudência de motociclistas por ser responsável por cerca de 200 mil mortes de pessoas em acidentes com motos nos últimos 10 anos.


    Rui em Feira


    Amanhã (30), o governador da Bahia, Rui Costa (PT), estará na cidade de Feira de Santana para participar da solenidade de entrega de 115 viaturas da Polícia Militar para Feira e das cidades da microrregião. Além disso, o governador irá entregar a pista de Atletismo do 1º Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação (1º Beic).


    Supressão


    A Câmara Municipal de Feira de Santana suprimiu o horário do pequeno e grande expediente da sessão ordinária de ontem (28), e antecipou as votações da Ordem do Dia. Desta forma, os vereadores foram liberados para participar da reunião que estava marcada para ocorrer às 11h, no Ministério Público, com o objetivo de ouvir as demandas apresentadas pelos vendedores ambulantes quanto ao Centro Comercial Popular. A proposta de suspensão foi feita pelo presidente do Legislativo, José Carneiro Rocha (PSDB), e aceita pela maioria, com exceção do vereador Zé Filé (PROS).


    Decisão


    Com convites do Avante, partido do deputado federal Pastor Sargento Isidório, e do PSB, presidido no estado pela também deputada federal Lídice da Mata, o ouvidor geral da Bahia, Carlos Geilson, disse que tomará uma decisão sobre sua filiação partidária no mês de setembro. Ao site bahia.ba, Geilson afirmou que está pensando nas possibilidades, mas que terá o PSB como aliado, caso decida disputar a prefeitura de Feira de Santana nas eleições de 2020.


    PL


    Na sessão legislativa de ontem (28), foi provado, em primeira discussão e por unanimidade dos presentes, o Projeto de Lei de nº 083/2019, de autoria do vereador Isaías de Diogo (PDT), que institui no munícipio de Feira de Santana o Dia Municipal do Técnicos em Análises Clínicas, a ser comemorado anualmente no dia 06 de setembro. A Câmara Municipal de Feira de Santana providenciará sessão solene para realização de homenagens ao Dia Municipal dos Técnicas em Análises Clínicas.


    Honraria


    A Câmara Municipal de Feira de Santana aprovou, em discussão única e por unanimidade dos presentes, o Projeto de Decreto Legislativo de nº 028/2019, de autoria da vereadora Gerusa Sampaio (DEM), que concede o Título de Cidadão Feirense ao Senhor Maurício José Azevedo de Freitas, que é natural de Salvador, estado da Bahia. O Título de Cidadão Feirense é concedido a pessoas que tenham prestado relevantes e notórios serviços ao município e ao seu povo. De acordo com a proposição, a Mesa Diretiva da Câmara Municipal providenciará a confecção do referido Título, que será entregue em sessão solene, convocada especialmente para este fim.


    Título ao presidente


    Foi aprovado pela Câmara Municipal um Projeto de Decreto Legislativo de autoria do vereador Edvaldo Lima (PP) que concede título de cidadão feirense ao presidente da República, Jair Messias Bolsonaro.


    Moção de parabéns


    Gerusa Sampaio (DEM) usou seu tempo na tribuna da Casa da Cidadania, na manhã da última terça-feira, 27, para apresentar uma Moção de Parabéns ao jovem João Henrique de Almeida Silva, que representará Feira de Santana no 15° Congresso de Gestão, Projetos e Liderança que acontecerá nos dias 24 e 25 de setembro, em Porto Alegre/RS. A democrata refletiu sobre a importância de políticas públicas que promovam a educação em todo o país.


    Proposta


    O vereador Zé Filé (PROS) apresentou sua proposta para a solução das altas mensalidades que serão cobradas no Shopping Popular. De acordo com o parlamentar, as 1500 lojas vendidas poderiam custear a mensalidade dos camelôs, deixando-os responsáveis apenas pelo pagamento da taxa mínima de limpeza do local.



  • 28/08/2019


    27.09.2019 12h37m
    Recomendar

    Sobe - Os profissionais da psicologia pela relevância dos trabalhos prestados em prol da saúde mental.


    Desce - Chefes de estado que não chegam a um acordo sobre a Amazônia legal.


    Cobra e lagartixa


    Não é de hoje nem de ontem, que os vereadores Marcos Lima (Patriota) e Roberto Tourinho (PV) vem trocando farpas na Câmara Municipal de Feira de Santana. Os arranhões vem se acentuando nos últimos dias. Na sessão de ontem (27), por exemplo, Marcos Lima não poupou adjetivos pejorativos para tratar o colega: “Uma lacraia, uma cobra, uma serpente, um escorpião”, disparou o líder do Governo. Tourinho por sua vez não deixou barato e retrucou: “Quero dizer a Vossa Excelência que não me sentiria nem um pingo menosprezado em ser representado pela cobra e pela serpente. Ficaria triste se fosse representado pela lagartixa, que apenas balança a cabeça”.


    Audiência remarcada


    A Audiência Pública que discutirá a construção e entrega do empreendimento Shopping Cidade das Compras foi remarcada para o dia 17 de setembro, às 14h30, no plenário da Casa da Cidadania. A cerimônia aconteceria no dia 30 de agosto, mas foi desmarcada por conta de conflitos na agenda do empresário Elias Tergilene, presidente do Grupo UAI, responsável pelo empreendimento, que estará na China, na data marcada, como explicou o líder governista, vereador Marcos Lima (PATRI).


    Evasão escolar


    A realidade de muitas escolas da rede estadual em Feira de Santana e de tantas outras cidades baianas será pauta de uma audiência pública. O evento será realizado pela Comissão de Educação da Assembleia Legislativa (ALBA) proposta pelo deputado estadual Hilton Coelho (PSOL), tendo como tema “Evasão Escolar na Bahia, Raízes e Superação”. O evento acontecerá na quarta-feira, 28, às 10h, na ALBA, Centro Administrativo da Bahia. A evasão é uma realidade, sobretudo no turno noturno. Chegou a hora do Governo repensar as políticas públicas para este segmento e, urgentemente, desenvolver estratégias de combate a este grave problema que afeta a vida de centenas de feirenses e milhares de baianos.


    Qualidade do ar


    O vereador Cadmiel Pereira (PSC) fez uma indicação para que a Prefeitura Municipal de Feira de Santana realize uma pesquisa, por meio da coleta de ar em oito pontos da cidade para aferir se estamos respirando um ar de qualidade. Na defesa da indicação ele diz que a cidade vive em um momento de modernidade através da tecnologia, e hoje, já tem no mercado equipamentos para isso. E por que não atribuir isso a Feira? Indagou o vereador que também é geógrafo.


    Bolsonaro, cidadão feirense


    O vereador Edvaldo Lima (PP) propôs que a Câmara Municipal de Feira de Santana conceda o título de cidadão feirense ao presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). A concessão seria analisada na sessão de segunda-feira (26), mas acabou sendo transferida para a de ontem (27), devido ao barulho provocado pelo protesto dos comerciantes nas galerias da Casa. Para o vereador Bolsonaro tem feito um excelente trabalho, trazendo moralidade e valorização da tradicional família brasileira. Os reflexos já são percebidos em todo o país e em Feira de Santana não é diferente.


    Recolhida de tablet na ALBA


    Os tablets instalados no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) serão recolhidos, anunciou no começo da sessão de terça-feira (27), o presidente da Casa, Nelson Leal (PP). Também deverá ser desinstalado um painel de LED, conforme o deputado. O líder da oposição na Assembleia, Targino Machado (DEM), parabenizou Leal pela iniciativa. “Fui eu que puxei a ponta desse novelo. Muito obrigado, Excelência”, afirmou o parlamentar. Em junho, Targino criticou o custo mensal dos equipamentos e sugeriu que o contrato fosse reavaliado.


    Negou


    Após o próprio Palácio do Planalto informar que o governo brasileiro iria rejeitar a ajuda de US$ 20 milhões oferecida pelo G7, o presidente Jair Bolsonaro voltou atrás e negou que tenha definido o assunto, em entrevista à imprensa ontem (27). Agora, ele condiciona a aceitação do auxílio financeiro com a retirada de declarações do presidente da França, Emmanuel Macron, contra o mandatário brasileiro.



  • 27/08/2019


    27.09.2019 12h27m
    Recomendar

    Sobe - Expofeira 2019 por mais uma vez evidenciar a competição do Team Penning.


    Desce - Pessoas que fazem uso de automedicação por colocarem sua saúde em risco iminente.


    Bolsonaro sobre Moro


    O presidente Jair Bolsonaro falou sobre sua relação o ministro Sérgio Moro no último final de semana, quando um um internauta lhe pediu para cuidar do ex-juiz. O presidente afirmou que Moro não esteve com ele em nenhum momento da campanha.


    Defesa da Amazônia


    O governador Rui Costa (PT) usou suas redes sociais ontem (26), para defender a Amazônia. O petista afirmou que quer “sempre” se afastar do “discurso vazio do contra”. Ele disse que quer ser a favor e defender o amor, a família, a Bahia, o Nordeste e o Brasil.


    Acobertou


    O procurador Diogo Castor de Mattos confessou ao corregedor-geral do Ministério Público Federal (MPF), Oswaldo Barbosa, que pagou por um outdoor para promover a Operação Lava Jato. A informação foi divulgada pelo portal The Intercept Brasil com base em mensagens obtidas por uma fonte anônima envolvendo o caso conhecido como “Vaza Jato”. A peça de publicidade foi instalada em março ao lado do aeroporto de Curitiba e tinha caráter ilegal.


    Baiano em campanha


    O diretor de cinema baiano Diego Lisboa comanda a parte audiovisual da campanha presidencial de Evo Morales, na Bolívia. Lisboa ganhou notoriedade no mercado após produções bem sucedidas com políticos de esquerda. Na Venezuela, já fez a pré-campanha de Hugo Chávez e aqui já dirigiu as campanhas de Jaques Wagner, Nelson Pelegrino, Flávio Dino, Marcelo Freixo e, por último, Lula/Haddad. A eleição boliviana terá seu primeiro turno em 20 de outubro. Se houver segundo turno, ele será feito em 15 de dezembro.


    Crítica


    O senador Fabiano Contarato (Rede-ES), presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado, fez críticas à postura do governo federal diante da questão ambiental brasileira e dos incêndios e desmatamentos na Amazônia. Em entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole, ontem (26), Contarato afirmou que as medidas e declarações do presidente Jair Bolsonaro incentivam o desmatamento e a prática de crimes ambientais. Para ele, o chefe do Executivo nacional “quer legislar por decreto”, o que faz com que o país esteja “vivendo uma ditadura em plena democracia”.

     

    Comentário


    O presidente Jair Bolsonaro endossou, no último sábado (24), um comentário no Facebook que ofendia a primeira-dama da França, Brigitte Macron. Ao comentar um post do mandatário brasileiro, o seguidor Rodrigo Andreaça escreveu “É inveja presidente do macron, pode crê” (sic), postando também uma imagem que compara a beleza da primeira-dama brasileira, Michelle Bolsonaro, 27 anos mais jovem do que o presidente, com a da esposa de Macron, 25 anos mais velha que o chefe de Estado francês.


    Críticas a Dallagnol


    O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) publicou no último domingo (25), tweets que sugerem que o procurador da República Deltan Dallagnol estaria relacionado a organizações não-governamentais (ONGs) e a grupos de esquerda. O filho do presidente compartilhou vídeo em que o escritor Olavo de Carvalho declara que o combate à corrupção é usado para “restaurar a fama e o prestígio moralizante da esquerda”.


    PEC em pauta


    Alinhado a Jair Bolsonaro, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, Felipe Francischini (PSL-PR), pautou para ontem (26), a PEC que libera a exploração da agricultura e da pecuária em terras indígenas. A informação é da coluna do Estadão. Segundo a puplicação, apesar da resistência de ambientalistas, o texto tem sido pautado desde 2016, mas retirado por falta de acordo. Conforme o jornal paulista, Francischini endossa o discurso bolsonarista de que é preciso ocupar a região para garantir a soberania sobre a Amazônia.



  • 24/08/2019


    25.09.2019 15h24m
    Recomendar

    Sobe - Governo Municipal por projeto, que vai construir duas casas de parto, em Feira.


    Desce - Deputados que aparecem em lista dos mais faltosos na Assembleia Legislativa da Bahia.


    Entrega de relatório


    O relator da reforma da Previdência no Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), apresentará seu relatório na próxima semana. Jereissati acompanhou as audiências públicas de ontem (23), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e afirmou que as discussões se estenderam, o que motivou a decisão de passar o fim de semana trabalhando no relatório.


    Pesquisa


    Os resultados do governo Jair Bolsonaro estão aquém do esperado para 42% da população brasileira, de acordo com pesquisa encomendado pela VEJA e pelo Instituto FSB Pesquisa. Deste contingente, 27% consideraram o desempenho “muito pior” do que o esperado e 15% disseram que é um “pouco pior” do que o esperavam. O índice de pessoas que enxergam a performance do governo igual à que já esperavam é de 28%. Entre os entrevistados satisfeitos com a gestão, 16% afirmaram que os resultados são “um pouco melhores” do que o esperado. Outros 11% afirmaram que eles são “muito melhores” do que o esperado.


    Pronunciamento


    Em meio aos ataques sofridos por atores do cenário nacional e internacional devido aos incêndios na Amazônia, o presidente Jair Bolsonaro estuda a possibilidade de convocar uma cadeia nacional de rádio e televisão para se pronunciar sobre o problema. A informação é da coluna de Mônica Bergamo, na Folha. As críticas a respeito das queimadas vêm sendo feitas por políticos, governadores, empresários do agronegócio e também por nações estrangeiras. Países como França e Irlanda ameaçaram votar contra o tratado de livre comércio entre a União Europeia e o Mercosul, afirmando que Bolsonaro não assume compromissos em defesa do meio ambiente.


    Rui sobre Amazônia


    O governador Rui Costa (PT) afirmou ontem (23), lamentar a repercussão negativa do Brasil mundo afora em razão da destruição da Amazônia e da postura do presidente Jair Bolsonaro (PSL) de relativizar o crescente desmatamento na região.


    Cautela


    O vereador Silvio Humberto (PSB) analisa com cautela sua possível pré-candidatura a prefeito de Salvador nas eleições de 2020. Internamente, ele teria que enfrentar a vontade da presidente estadual do partido, a deputada federal Lídice da Mata, que também pode ser candidata, e até uma pré-candidatura do presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani.


    Ameaça


    A cúpula da Polícia Federal ameaça entregar os postos de comando caso Jair Bolsonaro (PSL) decida exonerar o diretor-geral do órgão, Maurício Valeixo, conforme o presidente tem cogitada. Bolsonaro afirmou cabe a ele, e não ao ministro Sérgio Moro (Justiça), a prerrogativa de indicar um novo ocupante para o posto. A PF está vinculada à pasta de Moro. Em um evento interno em Salvador, o presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Edvandir Paiva, rechaçou a declaração do presidente.


    Afirmação


    Aliados do ministro da Justiça, Sérgio Moro, no Senado e na Câmara, afirmam que o presidente Jair Bolsonaro tenta “emagrecer, fragilizar” o ex-juiz, que neste momento não teria outra alternativa a não ser resistir e esperar a poeira baixar. As informações são da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo. Ainda de acordo com a publicação, as ações do presidente incomodaram aliados do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo.


    Vaza Jato


    O procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da Operação Lava Jato, arrecadou com palestras remuneradas, a partir de 2017, ao menos R$ 580 mil, apontam diálogos e documentos obtidos pelo The Intercept Brasil e analisados em conjunto com a Folha. Segundo reportagem dos dois veículos publicada ontem (23), a atividade passou por mudanças contratuais para deixar de ter a filantropia como principal destino dos valores. Dallagnol começou a focar o meio empresarial, afirmam a Folha e o Intercept.



  • 23/08/2019


    25.09.2019 15h11m
    Recomendar

    Sobe - ANTT por obrigar ViaBahia reduzir valor do pedágio por negligenciar cláusula contratual.


    Desce - ViaBahia por não cumprir contrato e prejudicar usuários das BRs 324 e 116 Sul.


    Pedido


    O senador Fabiano Contarato (Rede-ES), presidente da Comissão de Meio Ambiente, decidiu pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) o impeachment do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. O parlamentar argumenta que o ministro cometeu crime de responsabilidade nas suas decisões à frente da pasta e cometeu atos incompatíveis com a função “ao perseguir agentes públicos”. A informação é da coluna Painel, da Folha.


    Mais mensagens


    A força-tarefa de Curitiba preferiu buscar acordos do que investigar acusações contra as instituições financeiras, de acordo com mensagens analisadas pelo “The Intercept” e El País, divulgadas ontem (22). Segundo a reportagem, Pozzobon se referiu às movimentações financeiras do empresário e lobista Adir Assad, condenado por lavagem de dinheiro, após ser acusado de envolvimento em escândalos de corrupção, incluindo o da Petrobras.


    Possível economia


    Um estudo da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) mostra que municípios vão poder economizar até 70% do que pagam hoje para suas Previdências, caso a reforma os inclua. A pesquisa foi obtida pelo Estadão. Estados e municípios, até o momento, estão de fora do alcance do texto da nova Previdência, já que o Congresso argumentou que não deveria assumir o ônus político no lugar de governadores, sobretudo do Nordeste, que criticavam a proposta publicamente.


    Vaias


    Após o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, ter cancelado a participação na Semana do Clima, em Salvador, na manhã de ontem (22), o representante enviado por ele, secretário do ministério, Roberto Castelo Branco, foi alvo de vaias. Salles também havia sido vaiado por manifestantes no mesmo dia. De acordo com relatos de internautas que estavam no evento, foram quase uma hora de vaias contínuas ao secretário.


    Fusão


    As direções partidárias de PSDB, DEM e PSD iniciam uma discussão para fusão partidária das três siglas em uma única legenda, na intenção de disputar as eleições presidenciais de 2022, de acordo com o UOL. João Doria é considerado o candidato natural do PSDB à presidência da República. Ele já tem procurado se afastar da figura do presidente Jair Bolsonaro e fez inúmeras críticas à condução do governo Bolsonaro. As conversas sobre a possível fusão começaram nos últimos meses e ainda são vistas como incipientes. Ainda não foi discutido qual seria o nome do novo partido, por exemplo. Os participantes do movimento para união das siglas avaliam que a fusão não seria concretizada a tempo das eleições municipais do ano que vem.


    Incrédulo


    Senador pelo PSD e presidente do partido na Bahia, Otto Alencar não acredita na fusão da legenda com PSDB e DEM, que foi ventilada ontem (22), na imprensa. Ainda segundo Otto, que também lidera o partido no Senado, a discussão é preliminar, mas ele não vê possibilidade.


    Afirmação de Maia


    O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou ontem (22), que as privatizações anunciadas pelo governo federal - e que terão de passar pelo aval do Congresso Nacional - sofrerão resistência política. Por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), é proibida a privatização de estatais sem aprovação do Congresso. Pela mesma decisão, o aval do Legislativo só é dispensado na venda de subsidiárias pelo governo federal.


    PL


    O prefeito ACM Neto (DEM) anunciou que o Executivo municipal encaminhará um projeto de lei (PL) que proíbe a utilização de sacolas plásticas e a comercialização de canudos em supermercados de Salvador. O PL será enviado à Câmara Municipal na próxima semana, informou o prefeito.



  • 22/08/2019


    25.09.2019 15h05m
    Recomendar

    Sobe - A rede Globo que em reportagem da última segunda-feira (19), apresentou dois discursos iguais de Lula e Bolsonaro sobre a Amazônia, um atraso, uma imoralidade!


    Desce - O presidente Bolsonaro e o ex-Lula que não estão nem aí para o grave problema ambiental que pode levar ao extermínio da humanidade.


    Dia do Maçom


    A Câmara Municipal de Feira de Santana comemorou na noite da última terça-feira (20), o Dia do Maçom, em sessão solene realizada no plenário da Casa. Foram homenageados com uma medalha alusiva ao Dia do Maçom, os senhores Pedro Carlos Amorim, da Loja Maçônica Sabedoria, Luz e União; Gercino Alves da Silva, da Loja Maçônica Luz e Fraternidade; Valney Santos da Silva, da Loja Maçônica 16 de Junho e Halailton Soares Santana, Venerável da Loja Maçônica Luz do Sertão. Também foi concedida uma placa de agradecimento a palestra proferida ao senhor Paulo Tarso Mascarenhas Pedreira.


    Moção de repúdio


    Na manhã da última terça-feira (20), aprovou, em votação única e por maioria dos presentes, a Moção de Repúdio de nº 936/2019, de autoria do vereador Edvaldo Lima (PP), contra o reitor da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Ari Miguel Ott, “em virtude de declarações desrespeitosas deste senhor, num vídeo viralizado nas redes sociais, sobre uso de drogas nas universidades”. De acordo com Edvaldo Lima, o reitor supracitado teria dito que era bobagem se preocupar com o fato de que, nos campi universitários de todo o país e do mundo, estudantes acendam “baseados” de forma generalizada.


    Aprovação


    Na manhã de ontem (21), a Câmara Municipal aprovou, em segunda discussão e por maioria dos presentes, com o voto contrário do vereador Zé Filé (PROS), o Projeto de Lei Ordinária de nº 074/19, de autoria do Poder Executivo, que retifica dispositivos das Leis 3.895/18, 3.915/18 e 3.940/19, que autorizam a contratação de operações de créditos junto ao Banco do Brasil S/A (BB) e à Caixa Econômica Federal (CEF).


    Conscientização


    A Câmara também aprovou, em segunda discussão e por unanimidade dos presentes, o Projeto de Lei de nº 079/19, de autoria do vereador Cadmiel Pereira (PSC), que institui o Dia Municipal de Conscientização sobre a Doença Celíaca. De acordo com o artigo 1º da matéria, fica instituído o Dia Municipal de Conscientização sobre a Doença Celíaca no município de Feira de Santana, que será comemorado, anualmente no dia 20 de maio.


    Instalações obrigatórias


    Também foi aprovado, em primeira discussão e por unanimidade dos presentes, o Projeto de Lei de nº 064/2019, de autoria do vereador Isaías de Diogo, que dispõe sobre a obrigatoriedade de instalação de sistema de monitoramento por câmeras de vídeos nas áreas internas e externas dos estacionamentos privados do município de Feira de Santana. Os estabelecimentos terão o prazo de 12 meses se a capacidade máxima for de até 50 vagas e de 90 dias se a capacidade máxima ultrapassar 50 vagas, a contar da publicação desta Lei, para instalar o sistema de monitoramento.


    Solicitação


    Foi aprovado, em votação única e por unanimidade dos presentes, o Requerimento de nº 155/19, de autoria do vereador Edvaldo Lima (PP), que solicita o agendamento de sessão solene para o dia 23 de setembro do ano corrente, às 19h30, no plenário da Casa da Cidadania, com o objetivo de comemorar o Dia do Contador.


    Preso na Lava Jato


    O ex-executivo da Odebrecht Maurício Ferro, genro do empreiteiro Emílio Odebrecht, foi preso na 63ª fase da Operação Lava Jato, denominada Carbonara Chimica, na manhã de ontem (21), de acordo com o G1. Além dele, também é alvo de mandado de prisão temporária o advogado Nilton Serson, cuja prisão ainda não foi confirmada. Os mandados de prisão são cumpridos em São Paulo, juntamente com oito mandados de busca e apreensão. Outros dois mandados de busca e apreensão são cumpridos na Bahia.


    Indicação mantida


    A indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro para a embaixada brasileira nos Estados Unidos está mantida, declarou ontem (21), o presidente Jair Bolsonaro. De acordo com o presidente, a indicação poderá ser formalizada depois do 7 de Setembro.



  • 21/08/2019


    25.09.2019 15h00m
    Recomendar

    Sobe - Centro de Convivência Dona Zazinha por ser um dos melhores abrigos para idosos do Brasil.


    Desce - Postos de combustíveis que foram notificados pelo Procon Estadual por apresentarem desrespeito aos consumidores.


    Críticas ao município


    O vereador oposcionista, Zé Filé (PROS), criticou o governo municipal, na manhã de ontem (20), na Câmara Municipal de Feira de Santana. Segundo ele, o município não tem máquinas trabalhando nas estradas dos distritos e nos buracos da cidade.


    Rebateu


    Carlito do Peixe (DEM) repercutiu o discurso do colega Zé Filé (PROS). Segundo ele, a função da oposição é criticar. O edil disse que Feira e região passaram por um período de seca e as pessoas lutavam para ter palma para alimentar os animais. Nessa época, segundo Carlito, as estradas estavam “uma beleza”. Ele completa dizendo que se a máquina tivesse sido passada, a chuva de domingo teria “arrancado tudo”.


    Mais respostas


    Isaías de Diogo (PDT) também rebateu as críticas que o colega Zé Filé (PROS) fez ao Município, desta vez, em relação ao bairro Feira X. O edil disse que esteve na feirinha do bairro com o prefeito e os problemas foram vistos de perto. Isaías afirmou que Colbert já está avaliando o que fará.

     

    Nomeação


    O advogado Bruno Almeida Alves, ex-secretário de Administração da Prefeitura de Alagoinhas, no final do segundo mandato do ex-prefeito Paulo Cezar, foi nomeado como diretor administrativo-financeiro do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). A portaria que formaliza a nomeação de Alves foi publicada no Diário Oficial de ontem (20).


    Crítica de Frota


    O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) criticou o que chamou de “ditadura bolsonariana”, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite da última segunda (19). Frota, que apoiou o presidente Jair Bolsonaro durante a disputa eleitoral, foi expulso do PSL, partido do chefe do Executivo nacional, na semana passada. Ele afirmou que no governo não existe abertura ao diálogo e nem espaço para quem pensa diferente.


    Afirmação do presidente


    O presidente Jair Bolsonaro afirmou ontem (20), que as indicações para a Unidade de Inteligência Financeira (UIF), novo nome dado para o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), serão responsabilidade de Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central. No mesmo dia, Bolsonaro assinou uma medida provisória que muda o nome do órgão de Coaf para UIF, além de transferi-lo do Ministério da Economia para o BC.


    Pode desistir


    O presidente Jair Bolsonaro já admite a possibilidade de desistir da nomeação do filho Eduardo Bolsonaro para o cargo na Embaixada dos Estados Unidos. De acordo com o Estadão, ele declarou que não quer submeter Eduardo “ao fracasso” ao levar o nome dele ao Senado.


    Brechas


    A medida provisória que transforma o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) em Unidade de Inteligência Financeira e a vincula administrativamente ao Banco Central, publicada no Diário Oficial da União de ontem (20), abre brechas para indicações políticas. A mudança vai na contramão do discurso do presidente Jair Bolsonaro, que alegou que a transferência tinha como objetivo tirar o órgão do “jogo político” e permitir que apenas servidores do BC ocupassem os cargos da nova instituição.



  • 20/08/2019


    25.09.2019 14h52m
    Recomendar

    Sobe - Seleção de Feira de Santana por ser líder do Grupo 9 no Campeonato Intermunicipal 2019.


    Desce - Fomentadores de fake news que espalham destruição com este ato insano.


    Utilidade pública


    Na sessão legislativa de ontem (19), foi aprovado, em segunda discussão e por unanimidade dos presentes, o Projeto de Lei de nº 076/2019, de autoria da vereadora Gerusa Sampaio (DEM), que considera de utilidade pública a Associação de Apoio aos Pacientes do SUS (AASUS), com sede no município de Feira de Santana. Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação revogadas as disposições em contrário.


    Aprovação


    A Câmara também aprovou, em segunda discussão e por unanimidade dos presentes, também de autoria da vereadora Gerusa Sampaio (DEM), o Projeto de Lei de nº 077/2019, que considera de utilidade pública a Associação Espírita Lar da Esperança, com sede no município de Feira de Santana.


    Solicitação


    A Câmara Municipal aprovou, em votação única e por unanimidade dos presentes, o Requerimento de nº 150/2019, de autoria do vereador Zé Curuca (DEM), que solicita do comandante do Comando de Policiamento Regional Leste, coronel Luziel Andrade de Oliveira, rondas especiais, no sentido de priorizar a segurança no bairro Santa Mônica II, devido um aumento preocupante, nos últimos meses, no número de assaltos e vandalismo naquela localidade, segundo o autor.


    Afirmação de Bebianno


    O ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, avaliou, em entrevista publicada ontem (19), no Estadão, que a expulsão do deputado Alexandre Frota do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, revela um “viés muito autoritário” por parte do chefe do Executivo nacional.


    Possível mudança


    O Ministério da Educação (MEC) estuda mudar a forma de distribuição dos recursos do orçamento para as 63 universidades federais. De acordo com o Estadão, a ideia da pasta é dar mais dinheiro para quem tiver melhor desempenho em indicadores como governança, inovação e empregabilidade, entre outros.


    Estudo


    Um estudo recém-publicado do departamento de ciência da computação da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, indica que os grupos de WhatsApp de direita no Brasil são mais numerosos, mais distribuídos geograficamente e compartilham muito mais conteúdo multimídia e vídeos do YouTube do que os grupos de esquerda. Segundo a Folha de S. Paulo, a pesquisa acompanhou 232 grupos públicos, que podem ser acessados por meio de links ou convites abertos, sendo 175 de direita e 57 de esquerda. De 1º de setembro a 1º de novembro de 2018, foram coletados 2,8 milhões de mensagens de mais 45 mil usuários. Nos grupos de direita, 46,55% dos usuários encaminhavam conteúdo multimídia, enquanto nos de esquerda eram apenas 30,09%.


    Favoritismo


    O presidente Jair Bolsonaro (PSL) está próximo de anunciar o novo procurador-geral da República (PGR) que ficará no lugar da atual chefe do Ministério Público Federal (MPF), Raquel Dodge. De acordo com a revista Veja, interlocutores apontam o nome do subprocurador-geral da República Antônio Carlos Martins Soares como favorito ao cargo. Desconhecido fora do MPF, ele é do Rio de Janeiro e tem o apoio do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente, e do advogado dele, o criminalista Frederick Wassef.


    Site hackeado


    O site do PSDB foi hackeado na noite do último domingo (18), por um invasor que se identifica como “rflh4xo3”. O hacker apagou todo o conteúdo da página inicial e o substituiu por uma foto dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff. Logo abaixo da imagem, o invasor também escreveu uma frase: “o tempo passa, os dias ficam mais chatos e algumas pessoas mais ignorantes”. O partido tirou o site do ar e afirmou, por meio do Twitter, que o invasor é um “militante da extrema esquerda desocupado”.



  • 17/08/2019


    25.09.2019 14h44m
    Recomendar

    Sobe - Projeto Feira Itinerante por dinamizar a economia informal em Feira de Santana.


    Desce - Criminosos que utilizam a nomeclatura de pastor para cometerem atrocidades.


    Possível expulsão


    O PSDB já admite a possibilidade de abrir um processo de expulsão contra o deputado federal Aécio Neves. Isso porque o prazo dado pela direção nacional da legenda para que o ex-senador pedisse licença terminou ontem (16). De acordo com Andréia Sadi, do G1, a tendência agora é que “muito provavelmente” seja aberto o processo de expulsão do tucano.


    Afirmação de Lula


    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que os Estados Unidos “mandam mais no [Sergio] Moro que a mulher dele”. A declaração foi dada durante uma entrevista ao jornalista Bob Fernandes. É a primeira entrevista que Lula concede após o Supremo Tribunal Federal (STF) negar sua transferência para a penitenciária de Tremembé, em São Paulo.


    Conselho recebido


    O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), foi aconselhado a liquidar a análise da indicação de Eduardo Bolsonaro à embaixada em Washington na próxima semana, quando ela deve chegar à Casa. Contudo, de acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, existe um grupo que quer esperar sinais do Planalto sobre o abuso de autoridade.


    Frota no PSDB


    Expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota é o mais novo integrante do PSDB. Segundo a coluna de Mônica Bergamo, no jornal Folha de S. Paulo, ele se reuniu com dirigentes do partido até as 23 horas da última quinta (15) e decidiu entrar na legenda.

     

    Manifestação contrária


    A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manifestou ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a anulação da prisão preventiva do ex-ministro Geddel Vieira Lima. Dodge contestou a alegação da defesa do ex-ministro, que pede a revogação da prisão e alega que a mesma foi fundamentada por conveniência da instrução criminal. Segundo ela, a prisão do réu se dá para que a ordem pública seja preservada.


    Articulação


    O procurador do Ministério Público Federal (MPF) Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato, tentou usar o prestígio obtido como chefe da operação em Curitiba para tentar emplacar nos bastidores o procurador regional da República Vladimir Aras como o novo comandante da Procuradoria-Geral da República (PGR). Ele é aliado de Dallagnol no MPF e contou com apoio do procurador através de articulação com ministros do governo Jair Bolsonaro (PSL), senadores e ao menos três ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). A informação está em mensagens divulgadas pelo portal UOL, em colaboração com o site The Intercept Brasil.


    Afirmação de Frota


    O deputado Alexandre Frota declarou, em entrevista à Folha publicada ontem (16), que a cadeira de presidente ficou grande para Jair Bolsonaro, que seria “um idiota ingrato que nada sabe”. Ele se mostrou arrependido de ter ajudado a eleger o mandatário.


    Desautorização


    O presidente Jair Bolsonaro desautorizou um posicionamento oficial da Polícia Federal e frisou que quem manda no órgão é ele mesmo. A declaração foi dada na manhã de ontem (16), em resposta à informação divulgada na última quinta (15), de que o superintendente da corporação em Pernambuco, Carlos Henrique Oliveira Sousa, substituiria o chefe da PF no Rio, Ricardo Saadi. Segundo ele, a corporação fluminense será assumida pelo chefe da PF no Amazonas, Alexandre Silva Saraiva.



  • 16/08/2019


    25.09.2019 14h17m
    Recomendar

    Sobe - Projetos sociais que oferecem cursinhos gratuitos preparatórios para o ENEM a pessoas de baixa renda.


    Desce - Presidente Bolsonaro que prometeu diminuir a violência no Brasil, mas só aplicou 6,5% do orçamento para segurança.


    Mudança


    O presidente Jair Bolsonaro (PSL) pegou a Polícia Federal de surpresa e anunciou que vai trocar o comando da superintendência da corporação no Rio de Janeiro. A mudança já estava sendo discutida na cúpula da PF, mas os agentes foram surpreendidos com a decisão do chefe do Executivo nacional. A informação foi confirmada pelo próprio Bolsonaro, na manhã de ontem (15). De acordo com informações da Folha de S. Paulo, a substituição vinha sendo planejada para as próximas semanas.


    Segue no partido


    A expulsão da deputada Tabata Amaral (SP) do PDT é tida como cada vez menos provável, embora a parlamentar tenha contrariado orientações do partido em ocasiões como a votação da reforma da Previdência. Segundo a revista Época, ela foi suspensa das atividades partidárias e retirada da vice-liderança da sigla na Câmara, mas não chegou a ser suspensa das comissões especiais de educação de que participa, como tinha sido cogitado anteriormente.


    Orientações do MEC


    O Ministério da Educação divulgou ontem (15), uma cartilha com orientações para a implementação da Política Nacional de Alfabetização (PNA), por parte de prefeitos e governadores. O documento foi apresentado durante evento em Brasília. As novas orientações foram publicadas em 11 de abril, na cerimônia de 100 dias do governo Bolsonaro, e constavam na lista de 35 prioridades para o período. Mas, passados quatro meses, elas ainda não foram implementadas em nenhum colégio, já que não havia instruções mais detalhadas para que os secretários municipais e estaduais de educação pudessem elaborar novas propostas de alfabetização para os colégios.


    Saindo da defesa


    Os advogados do coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, o procurador Deltan Dallagnol, deixaram a defesa dos processos que ele responde no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), após as mensagens vazadas do Telegram publicadas pelo site The Intercept Brasil. Os defensores Eduardo Mendonça e Felipe de Melo Fonte afirmam que a decisão partiu de comum acordo com o procurador, que terá ajuda do ex-ministro do STF Francisco Rezek na defesa - ele afirma que atuará no caso gratuitamente.


    Querem resposta


    Deputados da bancada da oposição da Assembleia Legislativa (Alba) cobraram respostas para problemas apresentados pelo Planserv durante reunião ontem (14), com representantes do próprio plano e da empresa responsável pela gestão do serviço, a Qualirede. De acordo com o Bahia Notícias, os parlamentares levaram as queixas de usuários do plano de saúde e de médicos. A coordenadora geral do Planserv, Socorro Brito, e o diretor geral da Qualirede, André Machado, deram explicações para a situação atual do serviço.


    Negociações fracas


    O prefeito ACM Neto disse à coluna Radar, da Veja Online, que as conversas com o deputado federal Alexandre Frota para se filiar ao DEM esfriaram nos últimos dias. Informações que circulam na imprensa nacional indicam que Frota está praticamente fechado para ir para o PSDB, a convite de João Doria, governador de São Paulo.


    Possível candidata


    A deputada estadual Olívia Santana (PCdoB) brincou com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Nelson Leal (PP), e disse ao colega, em seu perfil no Instagram, que pode se candidatar à presidência da Casa.


    Negou indisposição


    Secretário de Desenvolvimento Rural do governo baiano, o deputado licenciado Josias Gomes negou qualquer indisposição com o senador Jaques Wagner por causa da eleição do PT baiano, que acontecerá em outubro. Ao site bahia.ba, Josias falou quedesconhece a informação sobre a briga e pontuou que as pessoas deveriam se preocupar mais com questões de paz do que dar relevância a achar briga onde não tem.



  • 15/08/2019


    25.09.2019 14h10m
    Recomendar

    Sobe - Governo municipal pela nova política de valorização do idoso.


    Desce - Agressores de idosos, sobretudo familiares que fazem uso da violência financeira.


    Dois prefeitos


    No uso da tribuna, na sessão ordinária de ontem (14), na Casa da Cidadania, o vereador Zé Filé (PROS) repercutiu o assunto tratado anteriormente quando o líder governista Marcos Lima (Patriota) afirmou que Salvador tem dois prefeitos. Para Zé, “essa moda” se iniciou em Feira, que, de 2009 pra cá temos dois prefeitos: um que manda e um que obedece, segundo ele.


    Pediu soluções


    Carlito do Peixe (DEM) teceu críticas aos discursos oposicionistas e pediu que soluções sejam apresentadas ao invés de apenas pronunciamentos críticos e reforçou a ideia de que todos devem lutar pelo crescimento e desenvolvimento da cidade.


    Satisfação


    O presidente da Federação das Indústrias do Estado de S. Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, se mostrou satisfeito com o desempenho do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) em jantar com empresários na última segunda (12), para tratar de sua indicação como embaixador brasileiro em Washington. Segundo a coluna Painel S.A., da Folha, Skaf referiu-se ao deputado como um “rapaz novo, preparado e dinâmico”.


    Promessa


    Presente na inauguração da escola que leva seu nome em Parnaíba (PI), o presidente Jair Bolsonaro voltou a falar sobre tirar a ameaça comunista do país e prometeu “varrer a turma vermelha do país” na próxima eleição. A declaração foi dada na manhã de ontem (14). No evento, Bolsonaro estava ao lado do prefeito Francisco de Moraes Souza, o Mão Santa (MDB). As informações são do UOL.


    Defesa


    O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu na última terça (13), amenizar o projeto do presidente Jair Bolsonaro sobre a regulamentação da posse e do porte de armas. Para o parlamentar, o ideal é um texto que respeite o pensamento médio da sociedade brasileira sobre o tema.


    Frota no PSDB


    Integrantes do PSDB estariam articulando os últimos detalhes para acertar a transferência do deputado federal Alexandre Frota, recém-expulso do PSL. De acordo com a coluna Painel, da Folha, no partido do presidente Jair Bolsonaro, o discurso é de que Frota recebeu promessas de espaços no governo de São Paulo, comandado por João Doria. O presidente da sigla, Luciano Bivar, fez questão de buscar votos a favor da expulsão do deputado, que se tornou crítico ferrenho do presidente Bolsonaro.


    Devolução


    Ex-prefeito de Porto Seguro e deputado estadual, Jânio Natal foi condenado pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) a devolver mais de R$ 2,5 milhões por contratos irregulares com o escritório de advocacia Carneiro S/C. O relator do parecer, conselheiro Francisco Netto, determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual, para que seja apurada a prática de ato que caracteriza crime tipificado como improbidade administrativa pelo gestor.


    Pré-candidato


    O vereador de Salvador Silvio Humberto (PSB) disse, em entrevista à Rádio Metrópole ontem (14), que tem intenção de se candidatar à prefeitura de Salvador no próximo ano. Ele também fez críticas ao projeto de isenção do ISS aprovado pela Câmara Municipal na semana passada. A aprovação da matéria foi responsável por garantir a circulação de ônibus com ar-condicionado na cidade.



  • 14/08/2019


    25.09.2019 14h03m
    Recomendar

    Sobe - Os orientadores de trânsito nas faixas de pedestre no Centro de Feira de Santana.


    Desce - A desarmonia entre vereadores da base do governo na Câmara Municipal.


    Homenagem


    A Casa da Cidadania de Feira de Santana comemorou em sessão solene, na noite da última segunda-feira (12), o Dia do Advogado, data celebrada no dia 11 de agosto. A solenidade foi proposta pelo vereador Luiz Augusto de Jesus (DEM), que se comprometeu em homenagear e ressaltar a importância desses profissionais para a defesa dos direitos dos cidadãos.


    Modificação


    A Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã de ontem (13), aprovou, em primeira discussão e por unanimidade dos presentes, o Projeto de Lei de nº 075/2019, de autoria do vereador Marcos Lima (Patriota), que dispõe sobre denominação de logradouro público. Os edis Edvaldo Lima (PP) e Eremita Mota (PSDB) se abstiveram da votação. De acordo com o artigo 1° da proposição, fica denominada a III Travessa Alto do Santana, a Travessa localizada entre a Rua Miguel Pinto de Santana e a Travessa Cristianópolis, no bairro Gabriela.


    Solicitação


    A Câmara também aprovou, em votação única e por unanimidade dos presentes, o Requerimento de nº 145/2019, de autoria do vereador Cadmiel Pereira (PSC), que solicita do gerente regional da Embasa, Euvaldo dos Santos Neto, informações acerca dos critérios técnicos estabelecidos para a troca de novos hidrômetros em residências no município de Feira de Santana.


    Sessão solene


    Também em votação única e por unanimidade dos presentes, foi aprovado o Requerimento de nº 146/2019, de autoria do vereador Roberto Tourinho (PV), que solicita convocação de sessão solene, no dia 20 de agosto, às 19h30, no plenário da Casa da Cidadania, em homenagem ao Dia do Maçom, com palestra do senhor Paulo Tarso Mascarenhas Pedreira e entrega de medalhas alusivas aos homenageados.


    Frota expulso


    O PSL decidiu expulsar o deputado Alexandre Frota (SP), após críticas ao governo do presidente Jair Bolsonaro, integrante do partido, a quem apoiou durante campanha eleitoral do ano passado. A informação é da coluna Painel, da Folha de S. Paulo. A decisão foi tomada ontem (13), em reunião da sigla, por unanimidade. O presidente nacional da legenda, Luciano Bivar, era o principal apoiador da expulsão. Ele se engajou em angariar votos a favor da medida.


    De saída


    O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, não ficará mais subordinado à Secretaria de Comunicação, sob gestão de Fábio Wajngarten. A informação foi divulgada pela Coluna do Estadão na manhã de ontem (13). A separação, segundo interlocutores, teria sido de comum acordo. Ex-chefe do Centro de Comunicação Social do Exército, Rêgo Barros e sua equipe devem continuar na Secretaria de Governo, que também abriga a Secom, mas devem migrar para outra secretaria, como a executiva ou mesmo chefia de gabinete.


    Internado novamente


    Quatro dias após ter recebido alta, o vice-governador da Bahia, João Leão (PP), voltou a ser internado ontem (13), no Hospital Aliança. De acordo com comunicado da assessoria de comunicação de Leão, ele passará por uma reavaliação do quadro clínico. Ele será submetido a um novo check-up geral e exames médicos. Também titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), o vice-governador passa bem e o estado de saúde é considerado estável.


    Prorrogação


    A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, determinou a prorrogação da Operação Lava Jato por mais um ano. Essa é a quinta vez que os trabalhos da força-tarefa no Paraná são prolongados desde a criação, em 2014. A decisão ocorre um dia antes da reunião do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) que vai analisar dois processos referentes à atuação do atual coordenador da ação, Deltan Dallagnol. A discussão envolve 146 itens.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia