Facebook
Em cima da hora:
População detém suspeito de roubar menor no Centro de São Carlos, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 18/10/2018


    27.10.2018 10h53m
    Recomendar

    Sobe - Exposição fotográfica “Elas venceram o câncer” por estimular o protagonismo e a superação de mulheres que venceram a doença.


    Desce - AOCP por apresentar irregularidades em edital de concurso da Prefeitura e ser alvo de inquérito no Ministério Público.


    Parabéns


    Ao discursar na sessão ordinária de ontem (17), na Câmara Municipal de Feira de Santana, a vereadora Gerusa Sampaio (DEM) repercutiu matéria publicada no jornal Folha do Estado, intitulada “Cerca de 200 crianças se livram do trabalho infantil em Feira”. Na oportunidade, a democrata parabenizou a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso) por desenvolver atividades recreativas no Centro de Formação Profissional Juiz Walter Ribeiro Júnior.


    DNA


    O vereador Gilmar Amorim (PSDC) repudiou os transtornos enfrentados por famílias que não conseguem sepultar os corpos de seus entes que permanecem do Departamento de Polícia Técnica no aguardo da realização do exame de DNA para identificação. Ele pediu ao vereador Alberto Nery (PT) que intercedesse para que providências fossem adotadas para resolver esse problema de famílias que estão aguardando a realização do DNA para identificar os corpos de seus entes queridos, que foram encontrados em estado de decomposição. Segundo Amorim, há casos que já duram cerca de 3 anos sem resposta.


    Foi o único


    Durante pronunciamento na Câmara, Edvaldo Lima (PP) afirmou que, ao contrário do que foi publicado no jornal impresso Noite e Dia, o vereador Cadmiel Pereira (PSC) não apoiou a campanha de Ronaldo Carleto à Câmara Federal. O edil assegurou que ele foi o único vereador do Legislativo feirense a apoiar Carleto.


    Repercussão


    Gerusa Sampaio (DEM) repercutiu a matéria publicada no jornal Folha do Estado, intitulada “Cerca de 200 crianças se livram do trabalho infantil em Feira”. Na oportunidade, a democrata parabenizou a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso) por desenvolver atividades recreativas no Centro de Formação Profissional Juiz Walter Ribeiro Júnior.


    Parabenizou


    A segunda edição da exposição fotográfica “Elas venceram o câncer”, em cartaz no Shopping Boulevard de Feira de Santana, foi destaque do pronunciamento do vereador Roberto Tourinho (PV). O edil parabenizou o Grupo Baiano de Oncologia (GBO) pela organização da mostra que exibe fotografias de mulheres que venceram a luta contra o câncer de mama.


    Irritado


    O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) estaria contrariado com as diversas manifestações para que ele faça um gesto público em favor do candidato petista à Presidência da República Fernando Haddad, “em nome da democracia”, segundo afirmaram à coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo, alguns aliados tucanos.


    Cargo ameaçado


    A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, cujo primeiro mandato vence em setembro de 2019, poderá balançar no cargo caso o candidato do PSL à Presidência da República Jair Bolsonaro vença as eleições. Segundo a coluna da jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, o capitão da reserva, que foi denunciado por ela em abril por racismo, poderá reconduzi-la, ou não, à chefia do órgão. Juristas aliados ao político garantem que isso sequer foi cogitado por ele. A possibilidade de alteração do comando preocupa membros do Ministério Público Federal e já é assunto até entre ministros de tribunais superiores.


    Apoio anunciado


    Um grupo de 11 deputados federais do Podemos declarou apoio ao candidato Jair Bolsonaro (PSL), na última terça-feira (16). Oficialmente, o partido, que concorreu com Alvaro Dias no primeiro turno, declarou-se neutro no segundo turno da eleição presidencial, mas os filiados estão liberados para apoiar um dos presidenciáveis.


    Pronunciamento


    Após ter o partido criticado pelo senador eleito Cid Gomes (PDT-CE), o candidato do PT à presidência, Fernando Haddad (PT), disse, em entrevista à Rádio Jornal Meio Norte, que acredita que o político vai apoiá-lo explicitamente até o dia 28. Ao ser questionado sobre o apoio de Ciro Gomes, que concorreu ao Palácio do Planalto pelo PDT, afirmou acreditar que “estes dois grandes brasileiros assumam a responsabilidade com o País”. Haddad ainda citou várias vezes que o Ceará, reduto dos Ferreira Gomes, é um exemplo de política pública nas áreas de educação. “Tem cidades do Sul e do Sudeste copiando exemplos do Ceará”, disse.



  • 17/10/2018


    27.10.2018 10h40m
    Recomendar

    Sobe - As ações do Centro de Formação Profissional Juiz Walter Ribeiro Júnior por afastar cerca de 200 crianças do trabalho infantil.


    Desce - Pessoas que não cuidam das suas propriedades e, por isso, estas acabam sendo ambiente propício para proliferação de barbeiros, principal transmissor da doença de chagas.


    Zé Ronaldo


    O vereador Gilmar Amorim (PSDC) rebateu as críticas do vereador Zé Filé (PROS) e garantiu que não existem indícios que desabonem o caráter do ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho. O edil, na oportunidade, afirmou que o crédito de R$ 110 milhões disponível para o município é reflexo da credibilidade conquistada pela gestão do ex-prefeito junto às instituições financeiras.


    Geilson e Angelo


    Ao parabenizar o deputado Carlos Geilson pelo rompimento com ogrupo político do ex-prefeito José Ronaldo de Carvalho, o vereador Alberto Nery (PT) revelou o desejo de ver colegas do seu grupo, como o deputado Angelo Almeida, que não obteve êxito na campanha à reeleição, reconhecidos pelo Governo do Estado.

     

    Patrimônio imaterial


    Foi aprovado, na Casa da Cidadania, em primeira discussão e por unanimidade dos presentes, o Projeto de Lei de nº 156/18, que declara a poesia, a capoeira, o repente, os contos populares, a literatura de cordel, o forró, a chula, o aboio e a toada como Patrimônio Imaterial do Município de Feira de Santana.


    PDDU


    Depois de receber o substitutivo do Poder Executivo, a Comissão Especial da Câmara Municipal de Feira de Santana se reuniu na manhã de ontem (16), para dar andamento aos trabalhos referentes àsLeis do PDDU, Uso e Ocupação do Solo, Meio Ambiente e Código de Obras. A reunião contou com as presenças dos vereadores Antônio Carlos Passos Ataíde (DEM), Cadmiel Pereira (PSC), Gerusa Sampaio (DEM) e Edvaldo Lima (PP).


    TSE proibiu


    O ministro Sergio Banhos, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), proibiu, na última segunda-feira (15), a veiculação televisiva de uma propaganda eleitoral da campanha do presidenciável Fernando Haddad (PT), na qual é dito que o adversário Jair Bolsonaro (PSL) votou contra a Lei Brasileira de Inclusão. No entendimento do magistrado, trata-se de “fake news”, já que a defesa de Bolsonaro alegou que a lei foi aprovada por unanimidade na Câmara dos Deputados.


    Crítica


    O governador reeleito, Rui Costa (PT), afirmou que a onda conservadora vivida no Brasil é um “movimento pontual” e avaliou a votação do PSL, do presidenciável Jair Bolsonaro, no primeiro turno das eleições.


    Comemorou


    No uso da tribuna, na sessão ordinária de ontem (16), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Isaías de Diogo (PSC) informou que o acesso do bairro Viveiros será construído em breve. O edil agradeceu ao prefeito Colbert Martins e aos moradores do bairro. Em aparte, o vereador Edvaldo Lima (PP) também comemorou a construção do acesso.


    Solicitação


    O vereador Cadmiel Pereira (PSC) pediu a realização de campanha publicitária para a assistência social de Feira de Santana. O vereador disse, ainda, que “as dúvidas ainda percorrem na sociedade e a comunicação deve acontecer”.


    Apoio


    Zé Filé (PROS) criticou a postura do presidenciável Jair Bolsonaro e afirmou que votará no candidato Fernando Haddad, para presidente no 2º turno. O edil disse que, se fosse governador, prefeito ou presidente sua proposta seria políticas públicas para conter a violência.


    Apoio I


    Já o vereador João Bililiu (PPS), em seu pronunciamento na Tribuna da Câmara Municipal, afirmou que votará no presidenciável Jair Bolsonaro e criticou o candidato, ao mesmo cargo, do PT.



  • 16/10/2018


    27.10.2018 10h27m
    Recomendar

    Sobe - Feira de Santana por ter uma lei que prioriza o atendimento a crianças autistas nas repartições públicas e privadas da cidade.


    Desce - Pessoas que abandonam veículos pelas ruas de Feira e estes acabam sendo criadouros de mosquito da dengue além de servir também de escoderijo de marginais.


    Para o Nordeste


    O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, gravou vídeos direcionados ao Nordeste. Segundo a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, ele falou sobre o pagamento do 13º salário para o Bolsa Família e propostas para o semiárido. As peças serão incluídas nas propagandas do candidato na TV.


    Pronunciamento


    O candidato à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), disse no último domingo (14), em São Paulo, que a liberdade religiosa no país tem que ser garantida e que sua preocupação é manter o Estado brasileiro aberto a todas as crenças. As declarações foram feitas pelo candidato ao ser confrontado sobre suas recentes afirmações sobre Edir Macedo, líder da igreja Universal, após encontro com representantes de entidades ligadas a pessoas com deficiência, em um hotel da capital paulista.


    Indicação de nomes


    Uma pasta que agregaria os atuais ministérios da Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário, idealizada pelo candidato à Presidência do PSL, Jair Bolsonaro, já é alvo de uma corrida por indicação de nomes por parte de entidades do setor. Segundo a coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo, o presidente da União Democrática Ruralista (UDR), Luiz Antônio Nabhan, até então preferido para ocupar o posto, passou a ter concorrentes, após a Frente Parlamentar da Agropecuária e a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) resolverem entrar no páreo. Integrantes da bancada ruralista que apoiam o capitão da reserva e deputado federal já o informaram que o nome de Nabahn divide o grupo.


    Bancada feminina


    A Câmara dos Deputados terá, na legislatura que se inicia dia 1º de fevereiro, a maior bancada feminina das últimas três legislaturas, mas o Brasil ainda continuará abaixo da média da América Latina em número de mulheres no Legislativo. Uma das características do grupo de deputadas eleitas é o parentesco com políticos tradicionais: 10,4% das 77 eleitas. Na bancada feminina, o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) identificou oito integrantes de famílias de políticos.


    Começou ontem


    Os eleitores já podem emitir pela internet, no site do Tribunal Superior Eleitoral, a certidão de quitação eleitoral. O documento comprova que o eleitor está em dia com a Justiça Eleitoral, e é exigido na hora de tirar o passaporte ou para assumir cargos públicos. A certidão também pode ser obtida pessoalmente, em qualquer cartório eleitoral. Para isso, é necessário apresentar o canhoto entregue no dia da votação do primeiro turno. Caso o eleitor prefira, ele ainda pode baixar o aplicativo E-titulo no celular ou no tablet e emitir o documento.


    Articulação


    A ex-candidata à Presidência da República, Marina Silva, articula para fundir o seu partido, a Rede, com outras legendas. Segundo a Coluna do Estadão, Marina já conversou com o presidente do PPS, Roberto Freire, sobre a possibilidade de fusão entre as duas siglas. Além disso, de acordo com a coluna Radar, da revista Veja, a ex-senadora discutiu a hipótese também com Eduardo Jorge, do PV, na última semana da campanha presidencial. A Rede não vai receber fundo partidário a partir do próximo ano.


    Possibilidade


    Guru econômico da chapa de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República, o economista Paulo Guedes afirma que há a possibilidade de integrantes da atual equipe econômica do presidente Michel Temer (MDB) fazerem parte do governo em 2019, no caso de uma vitória. No entanto, não haverá um convite a quem não sinalizar que queira continuar na gestão. “Alguns são muito bons. Mas terão de manifestar clara intenção de continuar. Porque nós temos também um time excelente”, disse Guedes, em entrevista a Andreia Sadi, colunista do portal G1. Durante a campanha presidencial, o economista manteve conversas com integrantes do Ministério da Fazenda e do Banco Central. O objetivo foi discutir propostas de uma eventual transição, como a reforma da Previdência.



  • 13/10/2018


    27.10.2018 10h12m
    Recomendar

    Sobe - Os candidatos à presidência da república por fazerem apelo contra violência em campanha.


    Desce - O descuido da população com a proliferação do mosquito da dengue em Feira de Santana.


    Quem vai?


    A tentativa frustrada de Eunício Oliveira (MDB-CE) para se reeleger deu gás à discussão sobre quem será seu sucessor na presidência do Senado a partir do ano que vem. O nome de Renan Calheiros (MDB-AL) sempre é ventilado, mas sua relação com o PT nas eleições deste ano pode dificultar o caminho caso Jair Bolsonaro (PSL) vença as eleições. A líder da bancada do MDB na Casa, Simone Tebet (MS), coleciona apoios dentro de seu partido. Há também Esperidião Amin (PP-SC), ligado a Bolsonaro. Amin voltará ao Senado em 2019, após 20 anos.


    De quem é a culpa?


    O senador Romero Jucá (MDB-RR) responsabilizou a crise humanitária que atingiu Roraima, devido ao fluxo migratório de venezuelanos na região, e a Operação Lava Jato por sua derrota nas urnas, no último domingo, 7. Por uma diferença de apenas 426 votos, Jucá não conseguiu um novo mandato de senador, ficando em terceiro lugar, atrás de Chico Rodrigues (DEM) e Mecias de Jesus (PRB), que foram eleitos.


    Fora


    Derrotada nas urnas, Ciro Gomes (PDT) embarca para o exterior nesta quinta-feira, 11, para viajar com a família, e deve ficar fora do País por até duas semanas. Os planos frustram as investidas do PT, que faz acenos ao candidato derrotado no intuito de trazê-lo para dentro da campanha petista no segundo turno das eleições 2018. Ao contrário do que esperava a campanha de Fernando Haddad (PT), Ciro não vai chefiar a equipe do programa econômico do petista.


    Primeiro trimestre


    Em entrevista para rádios baianas, o candidato à Presidência Fernando Haddad (PT) prometeu, se eleito, encaminhar no primeiro mês de governo reformas tributária e bancária e disse que a meta é aprovar as medidas logo no primeiro semestre do ano que vem, em um eventual governo.


    Condenado


    O Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) condenou o ex-prefeito de Muritiba, Roque Luiz dos Santos (PDT), e o empresário Anderson Bela da Conceição Gomes à prisão. A sentença foi decretada pelo juiz Rafael da Cunha. O ex-prefeito foi condenado a 11 anos e oito meses e o empresário a oito anos e quatro meses de prisão em regime fechado, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.


    Apoio


    Filha mais velha do presidente Michel Temer (MDB), a advogada e professora Luciana Temer declarou apoio a Fernando Haddad (PT), no segundo turno presidencial. Ela foi secretária municipal de Assistência Social na gestão do petista, em São Paulo. Ela leciona na Faculdade de Direito da PUC-SP e na Uninove, além de ser diretora-presidente do Instituto Liberta, ONG de combate à exploração sexual infantil.


    Apoio I


    Ministra aposentada do Supremo Tribunal de Justiça - STJ - a baiana Eliana Calmon declarou apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno e irá se desligar da Rede. Ela que também é ex-corregedora-geral do Conselho Nacional de Justiça, Eliana defende como bandeiras o combate à corrupção no Poder Judiciário, fortalecendo os órgãos de fiscalização; além da defesa das mulheres, com equiparação salarial entre os gêneros.



  • 12/10/2018


    27.10.2018 10h02m
    Recomendar

    Sobe - O Prefeito Colbert Martins por dar início ao projeto de requalificação e mobilização do Centro.


    Desce - Autores da onda de violência que assusta a população brasileira por conta de discussões político-partidária.


    Afirmação


    O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun (MDB), afirmou que o brasileiro vai sentir “saudades” do governo do presidente Michel Temer (MDB), que encerra no final de dezembro. A declaração do ministro ocorreu após a hashtag #FicaTemer se tornar um dos assuntos mais comentados no Twitter.


    Articulação


    Alguns parlamentares já tentam articular a candidatura de Rodrigo Maia (DEM-RJ) para voltar ao comando da Câmara dos Deputados em 2019. De acordo com a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o grupo composto por deputados de esquerda quer evitar que, num eventual governo de Jair Bolsonaro (PSL-RJ), a Casa caia em mãos do grupo do capitão reformado. O objetivo é claro: juntar partidos como o PDT e o PC do B, além de setores do centrão e do PSDB. E tentar também a adesão do PT, caso a legenda saia derrotada da campanha.


    Investigação


    O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) abriu inquérito civil público para investigar a BS Studios, startup que desenvolveu jogo Bolsomito 2k18 em que o jogador ganha pontos ao matar minorias. O game está sendo comercializado pelo Steam, plataforma digital de distribuição de videogames. O MPDFT anunciou a investigação nesta quarta-feira (10). De acordo com o MPDFT, “o jogo possui clara intenção de prejudicar candidato à Presidência da República e com isso embaraçar as eleições 2018” e causa danos morais coletivos aos movimentos sociais, gays e feministas.


    Crítica


    O governador reeleito Rui Costa (PT) disse que teme um eventual governo de Jair Bolsonar(PSL). Para ele, o país ficaria “patinando por mais quatro anos”. Em entrevista ao UOL, o petista baiano criticou o capitão da reserva por publicar fotos e vídeos com gestos imitando armas.


    Se entregou


    De forma espontânea, o senador Acir Gurgacz (PDT-RO) se entregou na última quarta-feira (10), à Polícia Federal em Cascavel, no Paraná. No mês passado, o Supremo Tribunal Federal determinou a prisão do congressista, que foi condenado pela prática de crime contra o sistema financeiro nacional. A ordem, no entanto, não foi cumprida devido ao periodo eleitoral, que impede a prisão de eleitores e candidatos nos dias próximos a votações, exceto em flagrante.


    Pronunciamento


    O senador eleito, Jaques Wagner, disse que o PT pode abrir mão de uma candidatura ao governo da Bahia em 2022, quando vai ocorrer a sucessão do governador reeleito Rui Costa (PT). O ex-governador da Bahia ressaltou ainda que, “se depender” dele, o nome para o Palácio de Ondina será “mais novo” do que Rui Costa, que tem hoje 55 anos e vai terminar o mandato com 59.


    Pedido


    Reeleito deputado federal, Luiz Caetano (PT) pode não assumir o novo mandato. Por meio de recurso, o Ministério Público Eleitoral (MPF), através da Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE-BA), pediu a impugnação da candidatura do petista por inelegebilidade. O candidato foi condenado por improbidade administrativa por desviar recursos públicos, enquanto ainda era prefeito de Camaçari, e teve os seus direitos políticos suspensos por cinco anos, se tornando inelegível.


    Recomendação


    A Rede Sustentabilidade, partido da candidata derrotada à Presidência da República, Marina Silva, anunciou na madrugada de ontem (11), a recomendação aos filiados de não votar em Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno a ser disputado entre ele e Fernando Haddad (PT). Em nota, divulgada depois da reunião da Comissão Executiva Nacional, o partido critica o “projeto de poder” e a “corrupção sistemática” do PT, diz que não apoiará a candidatura Haddad e que será oposição ao futuro governo, seja qual for o vencedor da eleição.



  • 11/10/2018


    11.10.2018 08h31m
    Recomendar

    Sobe - A Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica) por ser um movimento cultural que eleva o nome do recôncavo baiano para o mundo inteiro.

     

    Desce - A Bahia por está em terceiro lugar no ranking de extrema pobreza, segundo levantamento feito pela consultoria Tendências, divulgado pelo Valor Econômico.

     

    Wagner sobre Bolsonaro

    Senador eleito com votação recorde, o ex-governador Jaques Wagner (PT) disparou artilharia pesada contra o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, que concorre ao Planalto contra Fernando Haddad (PT). Para o petista, Bolsonaro representa uma "ameaça" e pode "dividir o Brasil".

     

    Comemoração

    No uso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária de ontem (10), o edil Zé Filé (PROS) comemorou a destinação de emendas do senador Otto Alencar (PSD) para obras em Feira de Santana.

     

    Pronunciamento

    O vereador e líder governista Luiz Augusto de Jesus - Lulinha (DEM) - voltou a falar sobre os transtornos enfrentados pelos eleitores no domingo de votação. Na oportunidade, o edil também ressaltou a parceria com o deputado federal José Nunes.

     

    Lamentações

    O vereador Antônio Carlos Passos Ataíde - Carlito do Peixe (DEM) - lamentou a derrota do ex- prefeito José Ronaldo de Carvalho para o Governo do Estado, e do deputado estadual Carlos Geilson, que não conseguiu se reeleger nas eleições de 7 de outubro.

     

    Apoio

    Eremita Mota explanou sobre o Projeto de Lei 134/18, de autoria do vereador Luiz da Feira (PPL), que dispõe sobre a introdução de assistentes sociais e psicólogos no quadro de profissionais das escolas públicas municipais. A edil assegurou apoio para aprovação da referida matéria.

     

    Pedido

    Cadmiel Pereira (PSC) pediu atenção do Governo Municipal para a possibilidade da castração animal, tratou sobre o tráfico de drogas e parabenizou o Oriente Cineplace pela realização de uma sessão de cinema adaptada para as crianças autistas da cidade.

     

    PL aprovado

    A Câmara Municipal aprovou, em segunda discussão e por maioria dos presentes, o Projeto de Lei de nº 154/2018, de autoria do Poder Executivo, que autoriza a abertura de crédito adicional especial, na forma que indica, e dá outras providências. A proposição recebeu os votos contrários dos vereadores Alberto Nery (PT) e Zé Filé (PROS).

     

    PL aprovado I

    Em segunda discussão e por unanimidade dos presentes, foi aprovado na Câmara Municipal de Feira de Santana o Projeto de Lei de nº 106/2018, de autoria do vereador Alberto Nery (PT), que dispõe sobre a realização quadrimestral de análise das águas dos reservatórios das escolas e creches municipais e estaduais.



  • 10/10/2018


    10.10.2018 09h49m
    Recomendar

    Sobe - Shopping Boulevard por promover sessão azul voltada exclusivamente para crianças autistas de Feira de Santana.

     

    Desce - A presidência do TRE que, pela falta de planejamento, colocou uma única urna no mesmo espaço agregando três seções, atrasando a votação na Bahia.

     

    Sobre as eleições

    Em pronunciamento, na sessão ordinária de ontem (09), na Casa da Cidadania, o edil Roberto Tourinho (PV) chamou a atenção do TRE e TSE para que fosse revista a forma como as eleições foram conduzidas, pois segundo ele, as mudanças não foram favoráveis para o pleito.

     

    Pedido e agradecimentos

    Zé Curuca usou a tribuna para pedir mais segurança para o distrito de Humildes e o bairro Limoeiro e agradeceu os votos obtidos para os deputados José Nunes e Targino Machado no distrito.

     

    Cobrança

    Quando usou a Tribuna, Zé Filé (PROS) cobrou do Governo Municipal melhorias nas estruturas dos boxes recém-inaugurados na Feira Livre do conjunto Feira X. Em a parte, o presidente do Legislativo feirense, vereador José Carneiro Rocha (PSDB), pediu que o colega reconhecesse os feitos da Prefeitura. De volta com a palavra, Zé Filé se defendeu afirmando que está fazendo o seu papel de vereador.

     

    Cobrança I

    Durante pronunciamento na Câmara Municipal, o vereador Roberto Tourinho (PV) voltou a cobrar ao Governo Municipal providências no sentido de solucionar os transtornos enfrentados por moradores da zona rural do município em virtude da substituição dos ônibus por vans no sistema de transporte de passageiros.

     

    Comentário

    Em seu discurso, o vereador Marcos Lima (PRP) agradeceu os votos que recebeu em sua candidatura para deputado federal nas eleições deste ano, dizendo que participar de uma campanha maior o deixou experiente. O edil disse, ainda, que não está triste, pois estava preparado para qualquer resultado.

     

    Declaração de apoio

    O vereador João Bililiu (PPS), declarou apoio à candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República. Em aparte, o vereador Edvaldo Lima (PP), ao afirmar que já faz campanha para o candidato do PSL à Presidência da República há muito tempo, revelou confiança na vitória de Bolsonaro.

     

    Repercussão

    Falando na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Isaías de Diogo (PSC) agradeceu a população de Feira de Santana e cidades circunvizinhas pelo voto de confiança em sua candidatura a deputado estadual.

     

    Comemoração

    O vereador Edvaldo Lima (PP) parabenizou o Governo Municipal pelo início de obras de pavimentação das ruas Medeiros Neto e Vespaziano, no bairro Tomba.



  • 09/10/2018


    09.10.2018 08h43m
    Recomendar

    Sobe- Eleitores por promoverem alto índice de renovação na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal.

    Desce- O TER por ter prejudicado diversos eleitores com mudanças de seções.


     

    Eleitos em Salvador

     

    O pleito do último domingo (7) provocou mudanças na composição da Câmara de Vereadores de Salvador. Tudo porque três edis foram eleitos como deputados estaduais e um para deputado federal, e vão deixar a casa em janeiro de 2019. Marcos Mendes (Psol), ocupará o lugar de Hilton Coelho (Psol). Ele foi o terceiro colocado na disputa pelo governo do estado e era primeiro suplente. Já o presidente da Casa, Leo Prates (DEM), também eleito para estadual, deixará sua vaga para Vado Malassombrado (DEM), seu primeiro suplente. Com a eleição de Igor Kannário para deputado federal, o suplente Fábio Souza (PHS) assume a cadeira. O ex-presidente do Legislativo Soteropolitano, Paulo Câmara (PSDB), também vencedor na eleição para estadual, deixará sua vaga para Atanázio Júlio (PSDB).

     

    Apoio descartado

    Após a divulgação do resultado da eleição presidencial, que confirmou o segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), o candidato Ciro Gomes (PDT) declarou, domingo (7), que vai se reunir com a direção do partido antes de decidir um posicionamento para a nova etapa. No entanto, o postulante excluiu a possibilidade de apoiar Bolsonaro.

     

    Bolsonaro comemora

    O presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, comemorou o resultado do primeiro turno da eleição em uma transmissão ao vivo no Facebook. Ele vai disputar o segundo turno contra o candidato do PT, Fernando Haddad. Ao lado do economista Paulo Guedes, o capitão da reserva disse que vai unir o país, se for eleito, e não deixou de comentar o resultado no Nordeste, única região onde não apareceu como líder.

     

    Haddad também comemora

    O candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, (7) a ida ao segundo turno das eleições, no qual terá Jair Bolsonaro, do PSL, como adversário. Ao lado de aliados, Haddad fez um um pronunciamento após a confirmação do resultado e afirmou que é preciso ter "senso de responsabilidade" e "unir os democratas do Brasil".

     

    Ficaram de fora

     

    Sete medalhões da política baiana ficaram fora da lista de eleitos no pleito deste ano. Destes, quatro integraram o governo do presidente Michel Temer (MDB). São eles: Antonio Imbassahy (PSDB), que foi ministro, Benito Gama (PTB), que foi vice-líder do governo, José Carlos Aleluia (DEM), que foi relator da Eletrobras e Lúcio Vieira Lima (MDB), que o irmão Geddel Vieira Lima (MDB) chegou chefe da Secretaria de Governo.

     

    Renovação

    As eleições de 2018 trazem um novo panorama para o Senado Federal: dos 54 senadores que faziam parte do Legislativo desde 2010, 32 tentaram um novo mandato, mas apenas oito, ou 25% do total, conseguiram se reeleger. Cerca de 85% dos eleitos são novatos no cargo. Entre os que conseguiram se manter no Senado para o próximo mandato, estão Ciro Nogueira (PP-PI), Jader Barbalho (MDB-PA), Renan Calheiros (MDB-AL) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP). No entanto, outros nomes conhecidos da política nacional ficaram de fora da Câmara Alta, a exemplo de Cristovam Buarque (PPS-DF), Edison Lobão (MDB-MA), Eunício Oliveira (MDB-CE), Lindbergh Farias (PT-RJ), Magno Malta (PR-ES) e Romero Jucá (MDB-RR).

     

    Réu e eleito

    Com mais de 106 mil votos, Aécio Neves (PSDB) foi eleito deputado federal por Minas Gerais e garantiu uma cadeira na Câmara dos Deputados. Ocupando a 18º posição dos mais votados, Aécio é réu na Operação Lava Jato pelo o áudio em que é flagrado conversando com o empresário Joesley Batista e pedindo R$ 2 milhões, pagos em encontros gravados entre intermediários do senador e executivos da JBS na sede da empresa, em São Paulo. Ele chegou a cogitar a possibilidade de concorrer ao Senado neste ano, mas aceitou tentar ser eleito deputado.

     

    4º lugar

    Tida como uma das favoritas ao Senado Federal pelo estado de Minas Gerais durante toda a campanha, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) terminou a disputa em quarto lugar, com 15% dos votos. O resultado seguiu a tendência apontada pela pesquisa boca de urna do Ibope. As duas vagas para o Senado ficaram com Rodrigo Pacheco (DEM), que teve 20,6% dos votos, e Carlos Viana (PHS), com 20,3%. Houve ainda 9,04% de brancos, 18,6% de nulos e 22,2% de abstenções.
     



  • 06/10/2018


    08.10.2018 08h44m
    Recomendar

    Sobe - O futebol amador de Feira de Santana que dará um espetáculo nos próximos dias.

    Desce - Eleitores e candidatos que desrespeitam as regras eleitorais ao cometerem crime durante campanha.

     

    Denúncia

    A campanha de Fernando Haddad (PT) protocolou no Tribunal Superior Eleitoral denúncia contra Fake News, ou seja notícias falsas, contra o candidato petista. No texto, são citadas publicações nas redes sociais nas quais são apresentados boatos em relação ao ex-prefeito de São Paulo. Parte do conteúdo envolve a atuação de Haddad como ministro da Educação.

     

    Haddad em Feira

    O candidato a Presidente da República Fernando Haddad (PT) faz caminhada no sábado (6), em Feira de Santana, a partir das 9h. O candidato à reeleição, governador Rui Costa (PT), vice-governador João Leão, e os candidatos ao Senado Angelo Coronel e Jaques Wagner (PT) estarão ao lado do presidenciável. A última vez que o petista esteve em Salvador foi no dia 21 de agosto e logo depois foi às cidades de Vitória da Conquista e Juazeiro, interior do estado.

     

    Aplausos no debate

    Na última quinta-feira (4), aconteceu o último debate presidenciável na Rede Globo antes das eleições. Além da ausência de Jair Bolsonaro (PSL), que compareceu à entrevista na Record TV, alguns fatos chamaram a atenção e se tornaram os assuntos mais comentados nas redes sociais, como o discurso de Guilherme Boulos (PSOL) sobre a ditadura militar de 1964. O depoimento, feito após Fernando Haddad (PT) alertar para o risco contra a democracia, arrancou aplausos do público presente nos estúdios da Globo e viralizou na web. Rapidamente o vídeo do trecho foi amplamente compartilhado e muitos manifestaram simpatia por Boulos, que varia entre 1% e 3% nas pesquisas eleitorais.

     

    Reflexo

    O crescimento do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) nas pesquisas de intenção de votos levou as ações de fabricantes de armas dobrarem, segundo o jornal Estado de São Paulo. De acordo coma publicação, o valor dos papéis preferenciais da Forjas Taurus mais que dobrou e o de mercado saltou de R$ 139,3 milhões para R$ 332 milhões, apesar de a companhia acumular déficit e dívida em alta. No primeiro semestre de 2018, a empresa acumula prejuízo de R$ 92,6 milhões, perda mais de três vezes superior à verificada no mesmo período do ano passado. O preço do papel, que no primeiro dia de campanha era de R$ 2,34, chegou hoje aos R$ 4,98.

     

    Pronunciamento

    O jornalista da Folha de S. Paulo, Fábio Zanini, disse, em entrevista à Rádio Metrópole, que o eleitor brasileiro vai ter amanhã (7) um "plebiscito sobre a política tradicional". Para ele, há a possibilidade de a eleição ser definida no primeiro turno.

     

    Explicação

    O presidente do Tribunal Regional Eleitoral na Bahia, José Edivaldo Rotondano, explicou, em entrevista à Rádio Metrópole, o motivo de a Bahia liderar o número de títulos cancelados, com quase 600 mil pessoas. Segundo ele, mais de 35% foram anulados porque a maioria tem 60 anos e não é mais obrigada a comparecer às urnas. Outros 30%, de acordo com ele, tem o voto facultativo, já que tem entre 16 e 18 anos ou são analfabetos.

     

    Fala do cientista

    O cientista político Alberto Carlos Almeida entende que há uma divisão de classe "forte" no Brasil, entre os eleitores _ quem tem mais poder aquisitivo, ao lado de Jair Bolsonaro (PSL), contra os de menor renda, com Fernando Haddad (PT).



  • 05/10/2018


    05.10.2018 08h35m
    Recomendar

    Sobe - As equipes de Saúde da Família que atuam nas Unidades Básicas de Saúde, por realizarem 68 mil consultas de pré-natal, nos últimos dois anos.

     

    Desce - Eleitores de parte da esquerda e de parte da direita pela intolerância com os posicionamentos contrários.

     

    Entrevista na rádio

    O candidato a governador da Bahia, José Ronaldo (DEM), na manhã de ontem (4), concedeu entrevista por telefone à Rádio Jovem Pan de Feira de Santana. Na oportunidade, o ex-prefeito de Feira de Santana comentou sobre vários assuntos, como saúde, segurança pública, educação, possibilidade de ser eleito, pesquisas divulgadas e inclusive, explicou o seu polêmico pronunciamento no Debate da TV Bahia, quando declarou apoio ao candidato do PSL, Jair Bolsonaro.

     

    Crítica

    Presidente do PSDB na Bahia, o deputado federal João Gualberto criticou, em entrevista à Rádio Metrópole, a “traição” do candidato do DEM ao governo da Bahia, José Ronaldo, que abandonou o presidenciável tucano Geraldo Alckmin, para declarar apoio ao “voto útil” no presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

     

    Crítica I

    Candidato do PSOL ao Palácio de Ondina, Marcos Mendes criticou o apoio de Zé Ronaldo (DEM), ex-prefeito de Feira de Santana, ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). Para o psolista, a atitude do democrata de não seguir a posição do presidente nacional do partido, ACM Neto, não inspira “confiança”.

     

    Em São Paulo

    O carro do candidato ao governo de São Paulo, Major Costa e Silva (DC), foi alvo de tiros na noite da última quarta-feira (3), mas o postulante não foi atingido. A assessoria de comunicação do postulante informou que dois homens em uma moto se aproximaram e disparam contra o veículo. No momento, o candidato estava acompanhado do motorista e do capitão do Exército, Hamilton da Silva Munhoz. Eles passavam pela estrada da Cooperativa, no Jardim Santo Antônio, em Ribeirão Pires.

     

    Tudo ou nada

    O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), vai apostar as últimas fichas dos dias de campanha para falar diretamente com o público nordestino, região em que a transferência de votos do ex-presidente Lula para Fernando Haddad (PT) tem sido eficaz, conforme as pesquisas de opinião.

     

    Ironia

    A declaração do Democrata José Ronaldo em apoio ao presidenciável do PSL Jair Bolsonaro durante o debate da TV Bahia, na última terça-feira (2), arrancou risadas do postulante ao governo da Bahia João Henrique Carneiro (PRTB), que se diz o representante do capitão da reserva no estado.

     

    Confiança

    A candidata ao governo da Bahia pela Rede Sustentabilidade, Célia Sacramento, disse ao bahia.ba, na chegada ao debate da TV Aratu, ontem (4), que está confiante no resultado das urnas do próximo domingo (7), e considera que a eleição não está decidida ainda.

     

    Ilegal

    A juíza do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), Karla Adriana Barnuevo de Azevedo, determinou que o PT remova, em até 48 horas, as pichações com o símbolo e o número da legenda em vias públicas de Salvador. Apesar da ordem, com a anuência da magistrada, a Prefeitura de Salvador iniciou a remoção das pinturas. A prática é uma das hipóteses de propaganda ilegal, que pode levar à aplicação de multa no valor de R$ 2 mil a 8 mil.
     



  • 04/10/2018


    04.10.2018 08h57m
    Recomendar

    Sobe - O Governo Federal, por, até que enfim, assinar a autorização de obra de duplicação do Anel de Contorno Oeste até a cidade de Serrinha.
     

    Desce - Filhos e netos que atacam os idosos com violência sobretudo a financeira. 

     

    Debate

    No debate da última terça-feira à noite (2), na Rede Bahia, o candidato José Ronaldo (DEM) obteve o melhor desempenho dentre os candidatos. Na minha opinião, a segunda colocação ficou com João Santana (MDB), que, de todos eles, foi o mais pragmático e bem alicerçado em números. Rui Costa (PT), que é, disparado, o candidato com maior pontuação de votos, dividiu o terceiro lugar com Marcos Mendes (PSOL).

     

    Debate I

    Um fato importante no debate foi o pronunciamento de José Ronaldo, que declarou votar, no domingo (7), em Jair Bolsonaro (PSL), justificando voto útil. É bom lembrar que, desde o início da campanha, Zé Ronaldo nunca tocou no nome de Alckmin (e nem de Bolsonaro), mesmo ao dizer que ia copiar o programa exitoso para segurança desenvolvido pelo governo de São Paulo. O partido de Ronaldo, DEM, recebe o apoio do PSDB de Alckmin, aqui na Bahia e, em contrapartida, o DEM apoia, nacionalmente, o ex-governador paulista. Em suma, ninguém pediu votos para Alckmin, aí incluindo todos os partidos do Centrão, que mais parecem jogadores de Jogo do Bicho: só apostam para ganhar, esquecendo suas convicções políticas.

     

    Bolsonaro

    É possível que o líder das pesquisas tenha anotado em seu caderninho de lembranças aqueles que começaram a caminhada com ele, e vai checar depois os quase 200 deputados federais que já se declararam nos últimos dias seu apoio quando ele consolida sua posição de líder das pesquisas. Isso vale também para os candidatos a governador do Brasil todo, tanto os que perderão, quanto os que ganharão. Embora saibamos que para governar precisa de deputados, vamos ficar observando que, na possível eleição dele, Bolsonaro precisa desses deputados para governar. Vamos ver se ele vai cumprir a promessa de não agregar oportunistas, e de não empossar indicados desses deputados.

     

    Jutahy

    Ontem pela manhã, o candidato a senador, Jutahy Magalhães, foi o entrevistado do programa de Mário Kertz. Ao ser indagado sobre a declaração de voto do candidato a governador José Ronaldo em apoio de voto a Bolsonaro, respondeu: “Eu fiz compromisso e vou honrar, votando com o meu partido para o candidato a presidente, Geraldo Alckmin. Aqui na Bahia, o partido e eu fizemos compromisso para apoiar José Ronaldo a governador, e eu vou votar para José Ronaldo para governador, pois, tanto eu quanto meu partido, o PSDB, fizemos esse compromisso. E vamos honrar!”, e não disse mais nada.

     

    Isaías de Diogo

    O candidato a deputado estadual, Isaías de Diogo (PSC), declarou, na última terça-feira (2), o seu apoio ao Pastor Abílio (PHS) a deputado federal. Para senador, Isaías, ao que tudo indica, dará voto único a Irmão Lázaro (PSC), seu patrono.

     

    Eremita Mota

    Ao ocupar a Tribuna da Câmara, ontem, a candidata a suplente de senador de Jutahy Magalhães, Eremita Mota (PSDB), se disse decepcionada com o candidato a governador do seu grupo, o ex-prefeito de Feira, Zé Ronaldo (DEM). Eremita disse que não esperava que Ronaldo quebrasse o compromisso de apoiar e votar em Alckmin só por que Bolsonaro estava na frente, e por isso, declarou voto ao capitão. Só faltou Eremita bater continência.

     

    Edvaldo Lima

    Ontem, foi mais um dia de glória do vereador Edvaldo Lima (PP). Com as galerias lotadas por professores, o vereador, discursando no pequeno expediente, reafirmou o seu apoio a Bolsonaro. Primeiro político em Feira a se declarar, 5 meses atrás, ele exibiu uma camiseta de Bolsonaro e falou do seu prazer de ser seguido agora, também, por José Ronaldo, que ontem declarou o seu apoio ao que estão chamando por aí de “Mito”. Misericórdia!

     

    Viagem de Haddad

    O jato usado por Fernando Haddad para visitar Lula em Curitiba na última segunda-feira (1º), já serviu ao ex-presidente em outras ocasiões. A Polícia Federal identificou deslocamentos do petista entre 2011 e 2015 bancados pela Odebrecht. O Gulfstream G200 foi comprado no fim do ano passado por uma empresa de táxi aéreo, que hoje o aluga para a campanha do petista, segundo o Estadão. No total, Haddad já utilizou R$ 471 mil do fundo partidário com várias empresas de táxi aéreo. Procurada, a campanha disse: “Sem comentários”.
     



  • 03/10/20118


    03.10.2018 08h45m
    Recomendar

    Sobe - Pelotão de Emprego Tático Operacional da 66ª CIPM. por salvar vida de bebê, que estava com engasgamento e sem respirar.

     

    Desce - Mulheres que apesar do mar de informação descuidam da saúde e acabam morrendo vítimas do câncer de mama, por não procurarem tratamento preventivo em tempo hábil.

     

    Otimismo

    Nas vésperas da eleição, o candidato ao Senado pelo PSD, Angelo Coronel, se disse otimista quanto ao pleito e já considera seu companheiro de chapa, o ex-governador Jaques Wagner (PT), como eleito. Na oportunidade, o presidente da Assembleia ainda cutucou seu principal adversário nesta eleição, Irmão Lázaro (PSC).

     

    Apoio

    O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), aliado dos irmãos Lúcio e Geddel Vieira Lima afirmou que vai apoiar o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, caso ele dispute um eventual segundo turno contra Fernando Haddad (PT).

     

    Segundo Bolsonaro

    O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), afirmou ontem (2), em sua página no Twitter que a "questão ideológica é tão, ou mais grave, que a corrupção no Brasil" e é um mal a ser combatido. Ele voltou a defender o fim das indicações políticas. "O desaparelhamento do Estado, e o fim das indicações políticas, é o remédio que temos para salvar o Brasil", completou.

     

    Deferimento

    O deputado federal e ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano (PT), teve sua candidatura à reeleição deferida ontem (2) pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) deferida. Alguns dias atrás, o mesmo TRE-BA já havia decidido, por unanimidade, que Caetano poderia concorrer normalmente. Um dos pedidos de impugnação da candidatura de Caetano era do DEM; e o outro, de um servidor da prefeitura de Camaçari, que é dirigente da Juventude do DEM.

     

    Afirmação

    O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, disse que se considera a alternativa para evitar a polarização entre os presidenciáveis Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), líderes nas pesquisas. Na oportunidade, o ex-ministro chamou Bolsonaro de "extremista militar" e o PT de "organização que passou a abusar do poder", mas sem mencionar diretamente candidato do partido.

     

    Cobrança

    No uso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária de ontem (02), o vereador Isaías de Diogo (PSC) responsabilizou a Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A (Embasa) pela falta de água nos conjuntos residenciais do programa habitacional "Minha Casa Minha Vida", em especial o residencial Caraíbas. Segundo ele, os moradores já estão há oito dias sem fornecimento de água.

     

    Agradecimento

    O vereador do PPL, Luiz da Feira, agradeceu o carinho e apoio que tem recebido da população de Feira de Santana e de outras cidades do estado da Bahia. O edil destacou que tem participado de reuniões em diversas localidades circunvizinhas.

     

    Anúncio

    Faltando 5 dias para as eleições, o presidente do Legislativo feirense, José Carneiro Rocha (PSDB), anunciou os candidatos que irá apoiar. São eles: José Ronaldo, governador, Lázaro e Juthay Junior, para senadores, Geraldo Alckmin, para presidente, Otto Filho para deputado federal e Carlos Geilson para deputado estadual, os quais ele considera "homens de bem".
     



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia