Em cima da hora:
Baile Municipal de Bezerros vende ingressos para show de Araketu
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 25/08/2017


    25.08.2017 09h23m
    Recomendar

    Sobe - A povo baiano pela solidariedade com as vítimas da tragédia, na travessia Salvador/Mar Grande.


    Desce - A ASTRAMAB associação responsável pela embarcação por demora no resgate das vítimas, da tragédia, na Baía de Todos os Santos.


    Nova denúncia


    O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, decidiu que irá fazer uma segunda denúncia contra o presidente Michel Temer antes do fim de seu mandato em 17 de setembro. Janot e sua equipe já estão elaborando o texto básico da acusação, trabalho que deve ser concluído no fim de setembro. O caso está sendo mantido sob sigilo e até o momento não está claro ainda qual crime será imputado ao presidente, que nega ter cometido qualquer ato ilícito. A denúncia será feita a partir do inquérito aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar Temer por corrupção, obstrução de justiça e organização criminosa.


    Abrigo para Dória


    A possibilidade de o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), entrar no DEM para disputar a eleição presidencial de 2018 divide opiniões dentro do partido. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (RJ), já deu declarações minimizando a chance de abrigar o tucano. Já alas como a do ministro da Educação, Mendonça Filho, não tem oposição à ideia. “Como vamos receber o Doria no partido, como traidor do governador Geraldo Alckmin [padrinho político do prefeito que também tem pretensões presidenciais]?”, questiona, no entanto, uma terceira liderança, alinhado à rejeição ao prefeito.


    Entrando no vermelho


    A privatização de alguns aeroportos lucrativos à Infraero poderá custar gastos extras de pelo menos R$ 3 bilhões ao governo federal. A medida também poderá deixar a estatal no vermelho por mais de 15 anos, com déficit de aproximadamente R$ 400 milhões por ano. A avaliação foi feita pela própria Infraero, em ofício enviado pelo presidente Antônio Claret de Oliveira ao ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Lessa. O documento, datado de 17 de agosto, foi classificado como “reservado”.


    Economia bilionária


    Entre as ações que compõem um pacote de medidas para cortar gastos no Executivo, o governo federal pretende zerar os custos com aluguel de imóveis para órgãos públicos. Para resolver isso, a Secretaria de Patrimônio da União finaliza um estudo que vai guiar a redistribuição de repartições que hoje ocupam prédios de terceiros, segundo informações do blog Painel, da Folha de S. Paulo. A medida visa economizar R$ 1,6 bilhão por ano. De acordo com a publicação, a mudança é fruto de ações do senador Romero Jucá (PMDB-RR), que, embora não possua um cargo no Palácio do Planalto, atuou em defesa das propostas de privatizações, concessões e cortes de gastos.


    Campanha sem verba


    No dia após os deputados rechaçarem em plenário a proposta inicial de criação de um fundo bilionário para financiar campanhas eleitorais, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), demonstrou nesta quinta-feira (24), pessimismo em relação ao tema vingar. Insatisfeito com a situação, Rodrigo Maia adotou tom irônico ao dizer que os candidatos precisarão “comprar um bom celular e contratar um cinegrafista amador” para conseguir fazer campanha no ano que vem apenas com os recursos do fundo partidário, que dispõe de cerca de R$ 800 milhões para o funcionamento das legendas.


    Fica até dezembro


    Presidente licenciado do PSDB, senador Aécio Neves (MG), afirmou na quinta-feira (24), que o senador Tasso Jereissati (CE) ficará na presidência do partido, de forma interina, até dezembro, quando deve acontecer a convenção nacional que escolherá o novo presidente da sigla e o candidato tucano à Presidência da República, nas eleições de 2018. Aécio fez a declaração após se reunir com parlamentares do PSDB e presidentes dos diretórios estaduais, na sede nacional do partido, em Brasília.


    Quer fim de privilégios


    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse na quinta-feira (24), que a votação da Medida Provisória 777, que cria a Taxa de Longo Prazo (TLP), deve ser concluída até terça-feira (29), para que o Senado tenha ainda um prazo de uma semana e meia para votar em plenário a matéria. “A gente vai avançar com a MP 777 e, se não terminar hoje, termina na terça-feira”, disse. Maia defendeu a TLP e disse que o País precisa acabar com privilégios e “igrejinhas” dentro do governo. 



  • 24/08/2017


    24.08.2017 17h51m
    Recomendar

    Sobe - O HEC por ser contemplado com 80 novos leitos, sendo 10 UTIs, 30 semi-UTIs e 40 de maternidade.

     

    Desce - Ministro Gilmar Mendes, por ser tão diferente dos outros colegas.

     

    Mau cheiro em cemitério


    Gilmar Amorim chamou a atenção da Associação Feirense de Assistência Social (AFAS) com relação à fedentina e a grande quantidade de mosquitos no cemitério São Jorge, que é administrado pela referida entidade. O edil disse que participou de um sepultamento no cemitério e pode constatar, pela terceira vez, o mau cheiro e os mosquitos. "Só ficou o pessoal que trabalha no cemitério, porque foi insuportável o fedor que se encontrava no cemitério, foram insuportáveis os mosquitos, ninguém conseguiu ficar próximo, nem a família ficou próxima para acompanhar o sepultamento", queixou-se.

     

    Mau cheiro em cemitério I


    Em aparte, o vereador Isaías de Diogo parabenizou Gilmar pelo pronunciamento e confirmou que esse problema, realmente, está acontecendo no cemitério São Jorge. "Eu também já participei ali de alguns sepultamentos. A AFAS precisa ter mais responsabilidade na questão dos entes queridos que são depositados ali naquelas urnas. Vossa Excelência está corretíssimo quando diz que a fedentina, infelizmente, incomoda todos que frequentam ali quando vão deixar os seus entes queridos".

     

    Mau cheiro em cemitério II


    O vereador Roberto Tourinho, que é presidente da Comissão de Meio Ambiente, solicitou aos edis Gilmar Amorim e Alberto Nery, vice-presidente e membro, respectivamente, que juntos façam uma visita à direção da Associação Feirense de Assistência Social (AFAS), objetivando buscar informações sobre a denúncia de que há mau cheiro e grande quantidade de mosquitos no cemitério São Jorge, entre outras questões relacionadas à instituição.

     

    Organização do trânsito


    Pablo Roberto usou a tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana para destacar e externar sua alegria pela execução da lei de nº 3553, de sua autoria, que torna obrigatório que os empreendimentos geradores de tráfego designem serviço de apoio à circulação e fluidez do trânsito. De acordo com o edil, a referida lei está sendo aplicada no município pela Superintendência Municipal de Trânsito (SMT).

     

    Batista 

     

    Zé Batista, conhecida liderança de Feira de Santana, delcarou nas redes sociais seus candidatos para a eleição de 2018, embora deixou de citar uma das vagas do Senado. Ontem, ele reviu a lista, depois de conversar com amigos. Manteve a intenção de votar em ACM Neto (DEM) que até 30 dias passados estavam com "rusgas". Mas como se tratam como irmãos, dada a grande amizade de Batista com o velho ACM, resolveu aparar as arestas. Para o Senado continua com Zé Ronaldo (DEM), para deputado estadual ficará com Gerusa Sampaio (DEM), deputado federal continuará sua marcha com Zé Chico (DEM), que já é suplente de deputado, mas retirou o apoio e o voto que daria a Dórea (PSDB). Foi convencido que Dórea é uma bolha, que a qualquer momento vira nada. Agora, vai marchar com Alckmin. A outra vaga para o Senado diz que vai decidir no ano que vem. Diz não ter pressa.


    Cúmulo da insegurança


    Cadmiel Pereira (PSC) lamentou a violência sofrida pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e familiares de um paciente idoso durante prestação de socorro no bairro Brasília, em Feira de Santana, na última terça-feira (22). "Chegamos ao cúmulo da insegurança pública, em Feira de Santana. Onde vamos parar? Uma pessoa enferma em busca de atendimento encontra pela frente a violência. Isso é lastimável. Onde está o amor do ser humano que não respeita nem o momento de dor do seu próximo", disse.

     

    Agradecimento


    Zé Curuca agradeceu à Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) pela execução das obras de extensão de rede de água em algumas comunidades da zona rural do Município, em atendimento às reivindicações de sua autoria. "Quero fazer um agradecimento especial à Embasa, no nome dos senhores Raimundo Neto, Euvaldo dos Santos e Ana Maria pelo atendimento às nossas reivindicações", disse.  



  • 23/08/2017


    23.08.2017 15h06m
    Recomendar

    Sobe - A APAE por ampliar suas ações e ter uma proposta de inclusão social bem consolidada.


    Desce - A falta de segurança que deixa até equipe do SAMU vulnerável a ação de criminosos.


    Vai destinar verba


    O vereador João Bibiliu parabenizou o colega Roberto Tourinho por se posicionar a favor da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e garantiu que destinará parte da verba de subvenção à entidade. “Parabéns Tourinho por se posicionar em prol da APAE, que tem feito um bom trabalho em Feira de Santana. Na qualidade de vereador de primeiro mandato e de família pobre, sei da dificuldade de ter na família um membro com deficiência. Pode contar comigo para destinar parte da verba de subvenção a essa Associação”, garantiu Bililiu.


    Líder interino


    Carlito do Peixe (DEM) informou que assumiu interinamente a função de líder do Governo no Legislativo feirense, em virtude da eleição do edil José Carneiro para a Presidência da Casa. “Assim, meus colegas vereadores, eu vou precisar da colaboração dos senhores e senhoras, como líder na Casa, para a discussão e aprovação das matérias de interesse do Governo. Hoje, por exemplo, estão em pauta diversos projetos de colegas vereadores e, amanhã, nós temos uma pauta recheada de matérias de vereadores e do Executivo”, disse.


    Rebateu críticas


    Em seguida, o democrata rebateu as críticas da oposição em relação à pavimentação de vias públicas e reposição de lâmpadas queimadas. Segundo ele, algumas ruas estão com o piso danificado por conta do período chuvoso. “Estamos esperando a estiagem voltar ao normal, para que as máquinas da Prefeitura entrem em ação nas estradas”, disse Carlito, afirmando que, no último final de semana, localidades da zona urbana e rural já receberam serviços de pavimentação.


    Rebateu radialista


    Alberto Nery, sem revelar o nome, se pronunciou sobre uma crítica proferida por um radialista, que, segundo ele, classificou a oposição ao Governo do prefeito José Ronaldo como meia-boca, por ter votado em um vereador governista para presidir o Legislativo feirense. “Eu tive o cuidado de pesquisar o que quer dizer oposição meia-boca. ‘Diz-se de qualquer ação feita às pressas, sem nenhum cuidado, displicente, incompleta, malfeita’. Eu quero dizer ao ilustre radialista que a oposição não é meia-boca, nós somos a oposição que verdadeiramente representa o município de Feira de Santana”, afirmou.


    Altas taxas


    Bililiu ainda criticou o Departamento Estadual de Trânsito do Estado da Bahia (Detran-BA) pelas “taxas abusivas” que vem cobrando, sobretudo em Feira de Santana. “Além da situação das altas taxas cobradas quando um veículo entra naquele ‘pátio do absurdo’, um caso novo me chamou bastante atenção: como pode o Detran cobrar R$ 53,00 apenas para receber a informação de que um cidadão pretende transferir seu veículo que acabou de vender? Não basta a própria taxa de transferência e a antecipação do licenciamento?”, questionou.


    “Asfalto sonrisal”


    Zé Filé voltou a criticar o Governo Municipal, enfatizando a “má qualidade” do asfalto que está sendo aplicado para recuperação de vias públicas. O edil classificou como “asfalto sonrisal”, o material utilizado para a operação de revitalização asfáltica em Feira de Santana. Segundo Zé Filé, no último dia 18, foi feita uma operação tapa-buraco na Avenida Mimiro Pinto, no conjunto Viveiros. “Apesar de não ter chovido, o piso já cedeu”, reclamou. 



  • 22/08/2017


    23.08.2017 15h05m
    Recomendar

    Sobe - A Câmara de Feira pelo clima de tranquilidade na sessão que elegeu o novo presidente Zé Carneiro.


    Desce - Rodrigo Maia, presidente da Câmara, ao inventar um monstrengo eleitoral com o nome de Distritão Misto.


    Foi vetado


    Visivelmente irritado, o vereador Tom, que até então era presidente interino, afirmou o motivo de ter declinado e disse ter sido vetado pelo prefeito, que teria preferido nome de José Carneiro ao dele. “Não tem como chegar, é uma força maior. O prefeito não me atendeu de jeito nenhum, mas vou continuar lutando. Chega o momento em que temos que recuar para dar dez passos à frente. Queria ver uma presidência independente, a tristeza é como o processo foi feito, fui vetado e não tive oportunidade”, disse.


    Não fui mandado


    O vereador Zé Curuca afirmou que votou em Carneiro, mas o seu candidato seria Tom. Disse ainda que não foi influenciado por ninguém. “Não fui mandado, a decisão foi minha e escolhi o grupo de Tom, mas infelizmente só tínhamos dez, conseguimos puxar Tourinho, veio Eremita, mas Tom me ouviu e colocamos Tourinho, tentamos, mas não deu. Não recebi ligação de ninguém, já estava definido”, afirmou.


    Estranhou


    O vereador de oposição, Zé Filé, disse que foi estranho o prefeito José Ronaldo permitir que a própria base se articulasse e formasse chapas diferentes para a eleição de presidente da Câmara Municipal. “O prefeito comanda 19 vereadores e permite articulação entre eles mesmos, mas isso só serviu para nos fortalecer. Mostrou que o reinado está em baixa, vários vereadores ficaram magoados, ele deveria ter sido imparcial, mas feriu alguns parceiros e quem ganhou foi o povo”, disse.


    Não teve dificuldades


    O vereador Gilmar Amorim parabenizou a vitória de José Carneiro, ressaltando que este é um político competente e honesto e que, com certeza, fará uma “grande administração”. Gilmar disse que não tinha dificuldade em votar para presidente do Legislativo nos vereadores Marcos Lima, José Carneiro, Roberto Tourinho (PV) ou qualquer outro da base governista. “Agora, o homem tem que ter lado. Eu disse ao vereador Roberto Tourinho: está se formando uma chapa e se você for candidato e na hora você for negado, você pode ter certeza de que dois votos vão sair: o meu e o seu. Não foi assim Beto?”, indagou.


    Pediu independência


    Após eleição de José Carneiro, o vereador Alberto Nery pediu que as disputas ocorridas nos últimos dias, para eleição do presidente, sejam apagadas e que agora haja união entre os edis para um Legislativo independente. “Espero que agora possamos trabalhar em benefício da sociedade e reerguer o nome desta Casa, pois o homem público está desmoralizado perante a sociedade. O político está sem credibilidade, estamos vivendo momentos difíceis. Aqui tínhamos dois candidatos, mas houve a interferência direta do prefeito José Ronaldo de Carvalho nesse processo. Anseio que Vossa Excelência possa dirigir esta Casa com liberdade e independência. Devemos ser um legislativo respeitado por toda a sociedade e não um braço do Executivo Municipal e, por isso, acredito que os vereadores possam externar seus anseios e serem atendidos”, pontuou.


    “Meu caráter não foi comprado”


    O vereador Isaias de Diogo parabenizou o presidente eleito José Carneiro (PSDB) e afirmou que o seu voto foi mantido conforme compromisso firmado com o grupo político ao qual pertence. “Quero parabenizar ao colega José Carneiro pela vitória nesta eleição para a Presidência da Câmara de Vereadores de Feira de Santana. Toda a articulação para esta eleição ocorreu como o conversado e acordado entre os membros do nosso grupo político”, afirmou. Na oportunidade, o edil negou ter participado de negociações para a eleição do novo presidente da Casa. “Caráter e personalidade eu tenho. E o meu caráter não foi comprado. Votei no vereador José Carneiro porque tenho palavra e porque temo a Deus”, completou.


    Preocupado


    Cadimiel Pereira revelou a preocupação em manter o bom andamento dos trabalhos na Casa da Cidadania, com todos os departamentos funcionando a serviço de todos os vereadores sem que haja distinção em função de partidarismo. Cadimiel também destacou a importância da discussão de novas leis que contemplem o município. “Espero que possamos continuar honrando o nome desta Casa e que possamos discutir mais leis que tragam benefícios para a nossa população. Que tenhamos a capacidade de nos respeitar para o bem da Câmara e da sociedade de Feira de Santana, para que tenhamos uma Câmara cada vez mais forte e para que possamos assegurar o melhor para o nosso Município”, concluiu. 



  • 19/08/2017


    21.08.2017 12h49m
    Recomendar

    Sobe - Bahia por reduzir o número de desempregado no último trimestre.


    Desce - A intolerância e agressividade do estado islâmico que ceifa vidas inocentes.


    Caso Valério


    Condenado a mais de 37 anos de prisão pelo escândalo do mensalão – e réu no processo do mensalão tucano -, o publicitário Marcos Valério presta depoimento na manhã da sexta-feira (18), à Polícia Federal, após um acordo de colaboração premiada firmado com a PF em julho. A delação premiada, todavia, não foi homologada pela Justiça. A PF não confirmou a razão para a oitiva, segundo a Folha. Na colaboração, Valério narraria detalhes sobre o episódio que ficou conhecido como mensalão durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e também sobre caixa dois para campanhas presidenciais. Preso em Sete Lagoas (MG), Valério é esperado na sede da polícia em Belo Horizonte.


    Transformou em partido político


    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a criticar a força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba (PR), na sexta-feira (18), por “essa sacanagem toda” contra ele. “Eu tô compreendendo hoje mais tranquilo, que aquela força-tarefa da Lava Jato, em Curitiba, está se transformando em partido político. São obrigados a alimentar a imprensa todo dia, porque a denúncia já faz parte da grade das emissoras. Hoje a Lava-Jato para a Globo é tão importante quanto a novela”, afirmou, em entrevista ao radialista Mário Kértesz, na Rádio Metrópole.


    Direito de resposta


    O juiz Paulo Henrique Garcia, da 1ª Vara Cível do Foro Regional de Pinheiros, em São Paulo, determinou que a revista Veja publique direito de resposta da jornalista Andrea Neves, irmã do senador Aécio Neves (PSDB). De acordo com os autos, a revista publicou uma reportagem em abril, em que é dito que uma propina para Aécio foi depositada por meio de uma conta em Nova York, que seria operada por sua irmã. A declaração seria do executivo Benedito Junior, um dos delatores da Odebrecht na operação Lava Jato. Andrea nega a existência das acusações nos depoimentos de Benedito Junior.


    Alvo de mandado de prisão


    O ex-deputado federal Cândido Vaccarezza (PT) foi o alvo de um dos mandados de prisão nas fases 43ª e 44ª da Operação Lava Jato, deflagradas na manhã da sexta-feira (18). A informação é da Folha de S.Paulo. O ex-parlamentar é apontado como padrinho de um grupo criminoso que obtinha contratos com a Petrobras e uma empresa estrangeira. Os recursos indevidos eram direcionados a pagamentos de propina a executivos da estatal e agentes públicos e políticos.


    Não fez falta


    A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) afirmou ontem, sexta-feira (18), que a suspensão da concessão do título de doutor honoris causa para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou o ato político realizado próximo da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em Cruz das Almas, “mais bonito”. “Ficou mais expressivo por causa da vibração popular muito intensa”, disse, em entrevista ao site Bahia Notícias.


    Avaliação positiva


    O secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE), Jaques Wagner, avaliou de forma positiva os primeiros dias da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula Silva (PT) pelo Nordeste, que começou na quinta-feira (17), em Salvador e agora chegou a Cruz das Almas, no Recôncavo. “Aqui, como era de se esperar, teve muito carinho, muita emoção, muita gratidão. O prefeito, a família do prefeito, todo povo na rua, aqui na Universidade Federal do Recôncavo [Baiano], que é uma criação do governo dele. E começar na Bahia é sempre começar bem”, apontou. 



  • 18/08/2017


    21.08.2017 12h37m
    Recomendar

    Sobe - Cartório eleitoral por descentralizar cadastramento biométrico e abrir postos na zona rural de Feira de Santana.


    Desce - Juiz Federal por suspender a concessão do título de Doutor Honoris Causa da UFRB, ao ex-presidente Lula.


    Bililiu se declara


    Na manhã de ontem, o vereador João Bililiu, que até então estava apoiando o vereador Tom candidato à eleição para presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, declarou no site Bahia na Política, do jornalista Jair Onofre, que votará no colega, José Carneiro Rocha. “Declaro meu voto ao companheiro José Carneiro. Quero externar meu respeito a todos os demais vereadores que se apresentaram como possíveis candidatos e desejar a todos sabedoria para que possamos conduzir os trabalhos do legislativo com serenidade e harmonia”, declarou.


    Votação adiada


    A Câmara dos Deputados adiou para a próxima terça-feira (22), a votação sobre a proposta de reforma política. A discussão chegou a ser iniciada na noite de quarta-feira (16), mas o presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), decidiu deixar a votação para a próxima semana, por risco de não ter quórum suficiente para aprovar as medidas. “Tinha 430 [deputados], não tem como ter garantia de que vai ganhar nada. Tem que ter quórum, tem que ter 470 para votar uma matéria dessa. A decisão foi minha [de adiar]. Achei baixo [o quórum]”, disse Maia ao G1, acrescentando que o adiamento permite até mais tempo para continuar debatendo os temas. A proposta precisa ser aprovada pelo plenário da Câmara em dois turnos e ter o apoio mínimo de 308 dos 513 deputados.


    Luiz da Feira com Carneiro


    Ontem, no final da tarde, o vereador Luiz da Feira ligou para esta coluna para prestar a informação que buscando a harmonia entre os colegas na Câmara de Vereadores de Feira decidiu votar e declarar o apoio ao colega líder do governo, Zé Carneiro. Ele informou que estava propenso até em apoiar uma outra candidatura por que entende que todos os vereadores de Feira têm as condições de assumir a presidência da Casa, mas o desenrolar dos acontecimentos o levou a definir o apoio a Carneiro, no dia de ontem.


    Pedido de impeachment


    A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) entrou com mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para exigir que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), analise o pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer. No mandado de segurança, encaminhado na quinta-feira (17), à presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, a entidade acusa Rodrigo Maia de praticar “ato abusivo e omissivo” ao “retardar deliberadamente” a análise do pedido de impeachment, protocolado na Câmara, no dia 25 de maio, pelo presidente da entidade, Cláudio Lamachia.


    Terá que pagar dívida


    O juiz Felipe Albertini Nani Viaro, da 26ª Vara Cível, determinou que Roberta Luchsinger pague uma dívida de R$ 62 mil antes de doar R$ 500 mil ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O valor foi cobrado judicialmente por uma loja de decoração. O juiz considerou para a sentença as declarações públicas da herdeira do banco Credit Suisse, e determinou ainda que ela se abstivesse de “qualquer ato de disposição graciosa dos bens” até que salde o débito. De acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha, Roberta disse que pagou por um serviço terceirizado e que está sendo cobrada novamente.


    Delação de Cunha


    A Procuradoria-Geral da República (PGR) sinalizou que estuda reabrir as negociações referentes à delação do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, os advogados do peemedebista prometeram entregar um novo pacote de informações aos investigadores. A negociação foi encerrada na última semana: os procuradores que participam da discussão do acordo reclamam que Cunha se recusa a admitir seu envolvimento nos esquemas de corrupção da Petrobras e não consegue apresentar provas relacionadas aos dados que relatou.


    Defesa é inepta


    A defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) afirmou em nota divulgada na noite desta quarta-feira (16), que a denúncia apresentada contra ele pelo Ministério Público Federal (MPF) por obstrução de Justiça, apresentada na quarta-feira (16), é “inepta” e “imprestável” e que reúne uma “coleção invulgar de erros jurídicos, de gritante fragilidade”. O comunicado foi assinado pelo advogado Gamil Föppel, que atua em defesa do peemedebista. 



  • 17/08/2017


    21.08.2017 11h40m
    Recomendar

    Sobe - Atleta mirim de Feira por ser campeão baiano de boxe aos 15 anos.


    Desce - A falta de equilíbrio de alguns vereadores que não controlaram os ânimos, na manhã de ontem, durante sessão na Câmara.


    Cobrou atuação


    O vereador Zé Filé fez apelo à Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SESP) para realização de reposição de lâmpadas queimadas nos bairros Feira X, Viveiros, Jussara, São João do Cazumbá e Parque Tamandari. “Vou manter o meu compromisso de discutir assuntos pertinentes às necessidades dos bairros de Feira de Santana. E, hoje, venho fazer um apelo à Secretaria de Serviços Públicos para realização de troca das lâmpadas queimadas em diversos bairros, em especial no Feira X, que se encontra praticamente às escuras, com a maioria das lâmpadas apagadas”, solicitou.


    Quer blindar o presidente


    Isaías de Diogo, que ocupa a 3º vice-presidente da Câmara, informou que não assinará documentos da Mesa Diretiva enquanto não houver a posse do novo presidente. “Que Tom não tome nenhuma decisão enquanto presidente interino desta Casa. Volto a afirmar que não assinarei nenhum documento”, afirmou. Rebatendo as declarações do vereador Isaias de Diogo, o presidente interino Tom, afirmou que age em consonância com o Regimento Interno, obedecendo aos princípios da ética e com verdadeiro respeito à coisa pública.


    Quadro está indefinido


    Roberto Tourinho voltou a se pronunciar sobre o clima de tensão em torno da eleição da Presidência da Casa da Cidadania. “Não é a primeira vez na Câmara de Feira de Santana que se tem uma disputa para eleição. Isso acontece, principalmente, quando não há um consenso, um entendimento. Existem, claro, as preferências, o que é normal, o que é democrático. Eu só peço que prevaleça, acima de tudo, o bom senso, o bom entendimento. As disputas existem, porém não podemos, de forma alguma, perder o limite da racionalidade, da ética, da conduta”, avaliou. Para Tourinho, nenhum vereador ainda pode se considerar eleito presidente da Câmara. “O quadro é indefinido, não tem nenhuma definição”, disse.


    Agradeceu apoio


    José Carneiro Rocha agradeceu aos colegas vereadores a manifestação de apoio à sua candidatura para presidente do Legislativo feirense. Para ele, a declaração de votos engrandece o projeto de manter a integridade da Casa da Cidadania e o compromisso com o desenvolvimento e o bem estar da população do Município. “Não estamos aqui com a eleição definida para Presidência desta Casa. Mas, essa manifestação de apoio dos nobres colegas ao meu nome só nos dá força e coragem para seguir em frente e manter sempre elevado o nome da Câmara de Feira de Santana”, disse.


    Pediu perdão


    O vereador João Bililiu ocupou a tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana e pediu perdão e compreensão à sociedade e a imprensa que cobre as atividades legislativas, pelo clima tenso em torno da disputa para a Presidência da Casa. Para o edil, “as batalhas” ocorridas, esta semana, no Legislativo feirense, deveriam ser voltadas em prol da cidade, que, segundo ele, está precisando dos vereadores para a promoção de avanços sociais.


    Distritão


    Edvaldo Lima repercutiu uma matéria jornalística intitulada “Distritão, a maldição que une o PT e o DEM”. “A maldição que une dois grandes partidos neste país. Agora, une em torno de quê? Se juntaram para fazer o ‘Distritão’, que não vai trazer nenhum tipo de benefício para os parlamentares, para a política brasileira”, criticou o edil, informando que esse modelo de votação eleitoral só existe em quatro países com população pequena. 



  • 16/08/2017


    21.08.2017 11h32m
    Recomendar

    Sobe - A forma respeitosa, até o momento, que os vereadores de Feira têm se tratado apesar das discordâncias.


    Desce - A falta de acordo entre os grupos de vereadores para marcar o dia da eleição do novo presidente.


    Cobrou agilidade


    O vereador Edvaldo Lima, durante pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana fez a leitura do Regimento Interno da Casa para cobrar mais transparência e agilidade na realização de novas eleições para escolha do novo presidente da Câmara. Na oportunidade, o edil ainda lamentou o falecimento do presidente da Câmara, o vereador Reinaldo Miranda, ocorrido na última quinta-feira (10), considerando uma grande perda para a política e para o município de Feira de Santana.


    Cobrou agilidade II


    Pablo Roberto solicitou à Mesa Diretora da Casa da Cidadania e ao presidente em exercício Ewerton Carneiro, esclarecimentos sobre o andamento do processo para realização da nova eleição para escolha do novo presidente da Câmara de Vereadores de Feira de Santana. Segundo ele, a imprensa local e a sociedade estão cobrando transparência informações sobre o pleito. “Tenho acompanhado as notícias na imprensa feirense e a eleição para nova presidência da Câmara é a pauta na cidade. Portanto, gostaríamos que essa travessia acontecesse dentro de um processo sereno e que possamos continuar unidos”, disse.


    Entrega de trator


    O vereador Lulinha voltou a citar as ações em prol do município de Feira de Santana do deputado federal José Nunes (PSD) e do prefeito José Ronaldo. Ele informou que, no último sábado, esteve acompanhando José Nunes, no distrito Governador João Durval Carneiro (antigo Ipuaçu), onde as associações daquela comunidade foram contempladas com um trator de última geração, proveniente de uma emenda parlamentar do deputado supracitado.


    Obras na Conceição


    Lulinha também anunciou que o prefeito José Ronaldo estará na próxima semana, no bairro Conceição, autorizando o início de obras de pavimentação de cerca de 20 ruas. Segundo Lulinha, nesta terça-feira, o chefe do Executivo Municipal já autorizou obras com esta finalidade, no bairro Pedra do Descanso. “Todos os lugares aonde a gente vai tem obras do prefeito José Ronaldo iniciando”, afirmou o edil, externando sua alegria e satisfação com o Governo do Município.


    Rebateu


    O líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia, Zé Neto (PT), rebateu na terça-feira (15), as críticas do líder da minoria, Leur Lomanto Jr. (PSDB) à política de segurança pública do governo – a oposição afirma que o Estado “perdeu o controle”. “Ele andou dizendo aí que o estado perdeu o controle da segurança pública, acho que eles deviam, em vez de estar procurando cabelo em casca de ovo, ver a situação de hoje, principalmente nacional, nas fronteiras, com droga e armamento”, citou o petista.


    Inocentado


    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi inocentado pela Justiça pelo crime de calúnia por ter chamado o senador Aécio Neves (PSDB-MG) de “filhinho de papai” durante um comício realizado em 2014, no estado natal do congressista. À época, o tucano disputava a Presidência da República com a presidente Dilma Rousseff. Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o processo por calúnia, injúria e difamação – os dois últimos prescreveram porque Lula já tem mais de 70 anos, o que faz com que os prazos de prescrição caiam pela metade.


    Contemplada


    A ‘supervisora’ da residência oficial do presidente da República foi contemplada com um apartamento funcional em Brasília. Cíntia Borba é assessora pessoal da primeira-dama Marcela Temer e lotada no gabinete presidencial. Ao blog de Andreia Sadi, a assessoria do Palácio do Planalto disse que ele cuida da “rouparia” do Paplácio do Jaburu e do Alvorada, sendo responsável pela supervisão da lavanderia, faxina e arrumação das residências oficiais. O Planalto informou que a concessão do apartamento funcional ocorreu ano passado, mas servidores criticaram o governo na semana passada, porque existe uma fila de espera para ser atendida com os apartamentos. 



  • 15/08/2017


    21.08.2017 11h23m
    Recomendar

    Sobe - Vendas para o Dia dos Pais por apresentar crescimento de 2,5% após dois anos de queda.


    Desce - Imprudência no trânsito que culminou em atropelamento de ciclista na Avenida de Canal.


    Missa de Sétimo dia


    Amigos e familiares convidam a população para a missa de sétimo dia do falecimento do vereador da Câmara Municipal de Feira de Santana, Reinaldo Miranda Vieira Filho. A celebração acontecerá amanhã (16), às 18h, na Igreja Nossa Senhora das Graças, que fica localizada na Praça João Havelange, no Bairro Cidade Nova.


    Coronel no governo


    O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Ângelo Coronel (PSD), assumirá pela primeira vez o governo da Bahia nesta semana, na próxima quinta-feira (17), mesmo que de forma interina. A informação foi divulgada pela coluna Tempo Presente do jornal A Tarde. O fato acontecerá após viagens programadas pelo governador Rui Costa (PT) e o vice-governador João Leão (PP). Ambos irão à China para cuidar das tratativas da ponte Salvador-Itaparica e demais projetos para o Estado.


    Mudança de nome


    O Partido Progressista (PP) deve ser o próximo partido a mudar de nome no cenário político partidário. Após PFL se tornar Democratas, PTN adotar o nome de Podemos, e PT do B mudar para Avante, o PP deve passar a se chamar Progressistas. Segundo o deputado federal baiano Cacá Leão (PP), a alteração ainda não teve o martelo batido, mas teve ampla aprovação em enquete realizada internamente.


    Reforma da Previdência


    Os aliados do presidente Michel Temer calculam que o governo tem apenas 150 votos favoráveis à reforma da Previdência. Os cálculos foram feitos neste final de semana, para mensurar a disposição da base aliada na aprovação da reforma. De acordo com a coluna Painel, da Folha, o mapeamento será entregue nesta segunda-feira (14), ao presidente. Antes da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Temer, o governo contava com 255 apoios à Previdência. Destes, 105 votaram pela admissibilidade da denúncia e são considerados incógnitas quanto à reforma.

     

    Novas regras eleitorais


    A comissão especial que analisa mudanças nas regras eleitorais (PEC 77/03) volta a se reunir nesta terça-feira (15), para concluir a votação de mudanças no texto do relator, deputado Vicente Candido (PT-SP). A reunião está marcada para as 14h30, em plenário a definir. A ideia é que as propostas que podem mudar as regras das eleições do ano que vem comecem a ser avaliadas logo pelo Plenário. Os deputados já aprovaram o voto majoritário para eleger deputados federais e estaduais e vereadores em 2018 e 2020, o chamado “distritão”, e o financiamento público de campanhas.


    Avanço


    O ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmou ontem (14), que todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) estarão informatizadas até o final do próximo ano. A declaração foi dada durante a abertura do Summit Saúde Brasil 2017, evento promovido pelo Grupo Estado que reúne alguns dos maiores especialistas no tema. Segundo Barros, todas as UBSs devem passar pelo processo, que inclui a implantação do prontuário eletrônico dos pacientes. As medidas para modernização do SUS incluem ainda mais interatividade com os pacientes que, por meio do aplicativo E-Saúde, vão poder inclusive avisar quando não for possível comparecer a uma consulta.


    Caso Odebrecht


    Marcelo Odebrecht, ao apresentar recurso contra sua condenação, pode ter sua delação premiada suspensa, segundo a Folha. Isso ocorre na véspera do julgamento de Lula, que tinha uma conta corrente no departamento de propinas da Odebrecht. Os advogados da empreiteira Odebrecht e o Ministério Público Federal fecharam um acordo para que o herdeiro da construtora, Marcelo Odebrecht, permaneça preso em regime fechado até dezembro de 2017.



  • 12/08/2017


    12.08.2017 09h50m
    Recomendar

    Sobe - Prefeitura e Câmara Municipal por declararem luto oficial de 3 dias e deputados feirenses por assinarem moção de pesar pelo falecimento de Ronny Miranda


    Desce - Pessoas que se submetem a cirurgia plástica sem o acompanhamento de um profissional especializado na área


    Última homenagem


    O vereador Zé Curuca também lamentou o falecimento do colega Ronny. “É com imenso pesar que lamento o falecimento do grande amigo Reinaldo Miranda, (Rony), presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, e líder de grande importância para nossa cidade que infelizmente faleceu na noite desta última quinta feira (10). Que Deus, dê forças aos familiares neste momento de profunda tristeza. Minhas sinceras condolências”, disse.


    Grande amigo


    “Hoje perdemos um grande amigo e, acima de tudo, um líder, que de forma sábia e competente, mesmo ainda tão jovem comandou a sua equipe com excelência. Será uma falta inestimável para o legislativo feirense. Estendo os meus sinceros sentimentos aos familiares e amigos do vereador e amigo Ronny”, publicou a vereadora Gerusa Sampaio.


    Sem chão


    "Feira de Santana está em luto. Estou muito triste e sem chão! Interrompeu- se hoje (10), o caminho de um homem jovem, representante do povo, com um futuro tão brilhante e que acreditava na renovação da política. Morre, o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Reinaldo Miranda, conhecido como Ronny, mas fica o seu legado de luta pelo povo. Com profundo pesar recebi essa triste notícia, uma perda lastimável. Quero pedir a Deus que sustente dona Luciene, seus filhos e a todos os familiares. Este é, sem sombra de dúvida, um momento que impõe luto e muita tristeza. Descanse em paz, meu amigo!”, disse o vereador Lulinha.


    Pessoa insubstituível


    O vereador Zé Filé usou as redes sociais, assim que soube da notícia do falecimento de Ronny e prestou sua homenagem. “As pessoas são insubstituíveis em sua existência e, quando são especiais, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o mundo mais pobre. Sem o nosso amigo, o mundo perde um pouco do seu brilho, alegria e cor. Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. A Deus pedimos também que dê ao nosso amigo o merecido repouso eterno em seu reino. Muito respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames”, disse.


    Moção de pesar


    Ontem (11) o deputado estadual Angelo Almeida, juntamente com os demais deputados de Feira de Santana, José de Arimatéia, José Neto, Carlos Geilson e Targino Machado, assinaram Moção de Pesar pela morte do presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, Reinaldo Miranda Vieira Filho. A Moção foi inserida na ata de trabalhos da Assembleia Legislativa da Bahia.


    Moção de pesar I 


    O vereador Ronny, como era mais conhecido, faleceu vítima de uma parada cardíaca, no início da noite de quinta-feira (10). Atualmente ele exercia o terceiro mandato como vereador de Feira de Santana, tendo sido o candidato mais votado na última eleição. Dentre as ações mais pontuais do edil, está a lei que cria sanções para os bancos que descumprirem o limite de espera na fila, sendo 15 minutos para serviços prestados no caixa, e 25 minutos para os demais.

     

    UPB


    Referência nacional na defesa do municipalismo, a União dos Municípios da Bahia (UPB) completa, amanhã, 53 anos de fundação neste domingo. A data é marcada pela linha de atuação da entidade mais voltada ao fortalecimento técnico das prefeituras. Neste ano de 2017, 82% dos prefeitos baianos começam a cumprir novos mandatos. São gestores e equipes técnicas que encontram na UPB ferramentas de controle e aprimoramento da gestão.


    UPB I


    Um dos focos dessa fase é a capacitação dos servidores municipais por meio do Projeto UPB Itinerante, lançado este ano pelo novo presidente da instituição, Eures Ribeiro. “Vamos munir os gestores de informações úteis para apoiar a administração municipal. Queremos evitar que muitos prefeitos tenham que responder à Justiça por pequenas falhas, em virtude de desconhecimento”, revela Eures. Segundo ele, a intenção é capacitar 75% dos técnicos das prefeituras, por meio de encontros regionais, que já estão ocorrendo.


    UPB II


    Dentro deste cenário, o órgão atua em sete áreas técnicas, visando apoiar a administração municipal, com informações estratégicas, com o objetivo de dar eficiência e minimizar gastos para as prefeituras filiadas a UPB. Orientação jurídica especializada, assessoria na captação de recursos federais e estaduais, projetos de engenharia e arquitetura urbanística são alguns dos benefícios oferecidos aos municípios.



  • 11/08/2017


    11.08.2017 11h59m
    Recomendar

    Sobe - Cão Athos da Rondesp e operação conjunta das polícias por descobrirem e apreenderem cerca de 3 toneladas de drogas em Feira.


    Desce - Governo do Estado por ser condenado a pagar R$ 5 milhões por irregularidades trabalhistas no Hospital Clériston Andrade.


    Devolução de salário


    A Advocacia-Geral da União (AGU) agora integra à defesa do ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). O órgão vai defender o ato da Câmara dos Deputados, que determinou que o peemedebista recebesse salário mesmo depois de ter seu mandato suspenso pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Uma ação popular pede que Loures devolva o dinheiro. Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, a AGU atesta que a simples suspensão do exercício do mandato não equivale à perda do cargo.


    Mais empregos


    A Bahia criou 847 postos de trabalho com carteira assinada em julho de 2017, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). É o primeiro resultado positivo após três anos de resultados negativos e corresponde a diferença entre as admissões (45.302) e os desligamentos (44.455) ocorridos no mês.


    Proposta rejeitada


    A comissão especial de uma das propostas da reforma política na Câmara aprovou hoje (10), destaque que retira a sugestão de eliminar a figura de vice dos cargos de presidente da República, governador e prefeito. Por 19 votos a 6, os deputados rejeitaram a proposta do relator Vicente Cândido (PT-SP), que em seu substitutivo à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 77/03, estabelecia o fim dos cargos de vice. Com o resultado, a proposta de reforma política que será encaminhada ao plenário mantém o vice da forma como é hoje.


    Dobradinha em 2018


    Aliados do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), querem que o tucano encabece chapa presidencial para as eleições do ano que vem com o prefeito ACM Neto (DEM). A estratégia, de acordo com a colunista Andréia Sadi, do G1, é que o PSDB daria destaque ao DEM e o nome de Neto ajudaria na inserção do partido tucano na região nordeste. Nesta perspectiva, os tucanos aliados a Doria defendem que o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM), saia candidato ao governo do Rio de Janeiro.


    Rombo das contas públicas


    Após mais de três horas de reunião entre o presidente Michel Temer, os ministros da área econômica e parlamentares, não houve definição sobre a mudança da meta fiscal deste ano e de 2018, informou o Ministério do Planejamento nesta quinta-feira (10). Participaram da reunião os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira, além dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, do Senado, Eunício Oliveira, e líderes do governo no Congresso Nacional.


    Pedido negado


    A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Cármen Lúcia, negou um pedido da defesa do senador Aécio Neves para que um dos inquéritos contra ele na Corte fosse retirado do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, e enviado ao gabinete de Gilmar Mendes. As informações são da Agência Brasil. O inquérito em questão foi aberto com base nas delações premiadas da Odebrecht.


    Recuo de decisão


    O Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF) decidiu ontem (10), voltar atrás no pedido de aumento de 16% no salário dos procuradores da República, aprovado pela categoria em julho. A decisão foi tomada em uma reunião extraordinária, convocada para esta manhã pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, após os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) terem rejeitado na quarta-feira (9), um aumento no salário dos ministros, que serve como base do teto do funcionalismo público.


    Reajuste congelado


    Na quarta-feira (9), na longa reunião entre Michel Temer e a equipe econômica, além do anúncio da nota meta fiscal, ficou definido que o governo vai congelar pór um ano o reajuste dos servidores. Previsto para janeiro, o aumento só será dado em janeiro de 2019 - se, claro, Temer não voltar atrás no que foi definido na reunião. De acordo com o colunista Lauro Jardim, de O Globo, entre as categorias afetadas, auditores da Receita Federal e do Trabalho, peritos médico previdenciário, diplomatas, oficial de chancelaria, entre outras.



  • 10/08/2017


    10.08.2017 13h06m
    Recomendar

    Sobe - A APAE por construir nova sede em Feira e ampliar serviços para atender os excepcionais da cidade.


    Desce - O código penal brasileiro por deixar brechas para que presos sejam beneficiados com saída temporária sem o uso de tornozeleiras eletrônicas.


    Segurança pública


    Foi aprovado por unanimidade na manhã de ontem (09), o requerimento do vereador Isaías de Diogo (PSC), que solicita a constituição de uma Comissão Especial composta de 03 (três) membros, por um período de 90 (noventa) dias para acompanhar e intermediar soluções dos problemas de segurança pública no município de Feira de Santana. Segundo o autor, o pedido é em virtude dos acentuados índices de criminalidade na cidade.


    Vereador preocupado


    O vereador João Bililiu (PPS) se comprometeu a buscar junto ao poder público melhorias para o Viveiros, sobretudo no que diz respeito à construção de um viaduto para melhorar o acesso ao bairro, que ficou praticamente isolado com a duplicação do Anel de Contorno de Feira de Santana. “Ao adentrar mais uma vez nesta comunidade, eu senti uma grande deficiência no acesso”, queixou-se o edil, conclamando seus pares e a população para que juntos possam unir forças e cobrar dos órgãos competentes.


    Culpou o governo municipal


    O vereador Zé Filé voltou a tecer duras críticas ao Governo do Município. Ele afirmou que a culpa de não haver viaduto ligando o conjunto Viveiros e Feira X ao centro da cidade é exclusivamente do Governo Municipal. “Não adianta ninguém contar história não. Eu tenho documento em mãos que comprova que para ser iniciada essa obra tem que ter primeiro a autorização do prefeito da nossa cidade. Então, não adianta chorar não, tem que correr atrás para ajudar o povo do Viveiros, que está isolado”, disse.


    Justificou atraso


    Alberto Nery justificou o atraso da obra de construção da Escola Estadual do Viveiros, que, segundo um morador daquela comunidade, foi iniciada no ano de 2009. Ele afirmou que as obras estão atrasadas porque o poder público municipal demorou três anos para liberar a área para sua construção. Informou também que o Estado já tem três meses aguardando o alvará da Prefeitura para reiniciar as obras. O edil disse também que a culpa do referido bairro estar praticamente isolado, após a duplicação do Anel de Contorno, é do prefeito José Ronaldo.


    Sessão especial


    Hoje, (10), o presidente da Frente Parlamentar de Apoio ao Protagonismo Infanto Juvenil da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado estadual, José de Arimateia (PRB-BA), promoverá às 14h30, uma Sessão Especial em celebração aos 27 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) - amparada pela LEI Nº 8.069, de 13 de julho de 1990, que dispõe sobre a proteção integral à criança e ao adolescente. Pelo sexto ano consecutivo, o republicano transforma o Plenário do Parlamento Baiano em palco de discussões minuciosas sobre os direitos e avanços necessários para a juventude baiana.


    Homenagem


    Acontece hoje (10), no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Feira de Santana, uma Sessão Pública onde a ABROL – Academia Brasileira Rotária de Letras irá prestar uma homenagem (In memoriam) ao ex-Governador do Rotary Clube JONATHAS TELLES DE CARVALHO, Patrono da Cadeira número 1 daquele Sodalício. A Profª Anaci Paim, que é Vice-Presidente da ABROL e titular da Cadeira número 1, irá apresentar a vida e a obra do seu Patrono, Comendador Jonathas Telles de Carvalho. O evento é aberto ao público e espera contar com um grande número de admiradores, familiares e amigos do Comendador Jonathas Carvalho.


    Volta Wagner


    Após o ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Marcelo Nilo (PSL), sinalizar a existência de um movimento “Volta Wagner” para que o ex-governador Jaques Wagner seja candidato ao governo em 2018, o atual gestor do legislativo, Angelo Coronel (PSD), confirmar a “densidade” do movimento. “A gente sente de prefeitos e de colegas deputados essa ventilação. Sinto que existe esse movimento de antes, de quatro meses atrás, mas era embrionária”, explicou Coronel.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia