Em cima da hora:
Projeto contra corrupção do MPF já coletou mais 31 mil assinaturas na PB
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • 04/01/2018


    04.01.2018 11h38m
    Recomendar

    Sobe - Operação do Batalhão da Polícia Rodoviária Estadual por contribuir na redução de acidentes nas estradas baianas


    Desce - A presidência do TRE Bahia por falta de planejamento estratégico no recadastramento biométrico e prejudica eleitores que poderão ficar sem títulos

     

    Caminha pró Lula


    O PT baiano e movimentos sociais aproveitarão o próximo dia 11, data da Lavagem do Bonfim, uma das festas religiosas mais tradicionais da Bahia, para fazer um ato político contra o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Segundo o presidente estadual da sigla, Everaldo Anunciação, será feita uma caminhada em defesa do direito de que o petista possa disputar as eleições de 2018. Caso a sentença condenatória do juiz Sergio Moro seja mantida pelo TRF-4, Lula pode ficar inelegível, já que seria enquadrado pela Lei da Ficha Limpa. Em entrevista ao Bahia Notícias, Anunciação também confirmou a criação de um comitê estadual para acompanhar o julgamento.


    Novo presidente


    A Agência Nacional de Cinema (Ancine) tem novo presidente, após quase um ano com cargo vago. Na terça-feira (2) o presidente Michel Temer elegeu Christian de Castro Oliveira para ocupar a função. Quem estava à frente da Ancine, como interina, era Débora Ivanov. A vaga de substituto ficou com Alex Braga Muniz, que também era cotado para a presidência, segundo a Veja.


    Veto


    Por recomendação do Ministério da Fazenda, o presidente Michel Temer avalia a possibilidade de vetar o parcelamento de débitos tributários (Refis) para micro e pequenas empresas. A sanção da lei que autoriza o parcelamento está ainda sob análise do Palácio do Planalto. A decisão deverá ser tomada na próxima sexta-feira, segundo apurou o Estadão/Broadcast. Contrária ao parcelamento, a Receita Federal encaminhou ao Planalto o argumento de que não há previsão de renúncia fiscal com o parcelamento, o que é vetado pela Lei de Responsabilidade Fiscal. O Refis para micro e pequenas empresas foi aprovado pelo Congresso em meio às negociações para a aprovação a reforma da Previdência.


    Subindo mais um degrau


    O prefeito ACM Neto deve ser escolhido novo presidente nacional do Democratas, durante convenção da legenda marcada para 6 de fevereiro. A informação é da Coluna Estadão, desta quarta-feira (3). Com isso, o senador Agripino Maia (RN) deixaria em definitivo a presidência do partido. Segundo ele, não há crise. "O clima é de entendimento e diálogo. Tudo será definido por consenso com integrantes do DEM", disse. O deputado José Carlos Aleluia, presidente do DEM na Bahia, disse que ainda não há nada certo, o que deve acontecer apenas no dia 6 de fevereiro.


    Negociações para vice


    O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), sinalizou a dirigentes partidários que está disposto a ceder sua vaga de vice na chapa presidencial e oferecer o apoio do partido a outras legendas, em troca de apoio. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, ele se encontrou nas últimas semanas com líderes do DEM, do PP e do PTB - no caso do primeiro, ele demonstrou que pode deixar com o partido a definição de seu candidato à vice-presidente. O movimento representa uma tentativa de evitar o isolamento de sua candidatura e de dissolver o bloco partidário que apoia o presidente Michel Temer.


    Limites ampliados


    A Caixa Econômica Federal retomou nesta terça-feira (2) a linha de empréstimo imobiliário Pró-Cotista, uma das mais baratas praticadas do país, e que foi suspensa em junho do ano passado. O limite de financiamento para imóveis usados também foi ampliado de 50% para 70%, o que reduz a entrada de 50% para 30% nestes casos. O limite para unidades novas foi mantido em 80%. A linha pró-cotista perde apenas, em juros, para o programa Minha Casa Minha Vida. O Banco do Brasil também é o que oferece a linha pró-cotista. Para 2018, foi disponibilizado R$ 4 bilhões para a linha de empréstimo - no ano passado, foram R$ 6,1 bilhões.


    Inspeção urgente


    A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, determinou na terça-feira (2) que o Tribunal de Justiça do Estado de Goiás faça uma inspeção no prazo máximo de 48 horas na Colônia Agroindustrial do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital, onde ocorreu uma rebelião na tarde desta segunda (1º). O motim deixou nove mortos e 99 presos estão foragidos. Segundo informações do Blog da Andréia Sadi, Cármen Lúcia encaminhou um ofício no qual pede o "envio urgente" ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) dos dados referentes aos fatos registrados no presídio e inspeção. 



  • 03/01/2018


    03.01.2018 11h17m
    Recomendar

    Sobe - ACM Neto por salvar o ano do turismo na Bahia com o Festival Virada.

     

    Desce - Governadores que estão abaixo do percentual aceitável do cumprimento de promessas feitas durante campanha eleitoral.

     

    Sucesso na Bahia

     

    A Festa de fim de ano em Salvador reuniu cerca de 700 mil turistas na cidade e o que não faltou é motivo para animação, sobretudo para os donos de hotéis que comemoram ocupação de 100%. De acordo com a Associação de Hotéis da Bahia, o fenômeno não não acontecia há mais de 20 anos na capital. A taxa de ocupação em Salvador superior a da Cidade Maravilhosa (Rio de Janeiro). Por lá, segundo levantamento é da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ) a taxa de ocupação foi de 97%.


    Estratégia

     

    De olho nas eleições presidenciais, integrantes da executiva nacional do PT aconselharam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a se reaproximar do empresariado nacional. Eles acreditam que essa aliança pode minimizar as chances do petista ser considerado como um dos extremistas da eleição presidencial, segundo informações do blog Painel, da Folha de S. Paulo. Como justificativa para isso, Lula usaria a necessidade de construir um campo competitivo para a centro-esquerda. Além disso, a direção do PT preparou um documento com as prioridades do partido para as eleições. De acordo com a publicação, os pontos listados são eleger Lula para a Presidência; aumentar a bancada de deputados e senadores; e consolidar e ampliar a presença da sigla nos governos estaduais e Assembleias Legislativas.

     

    Homenagem à Marisa


    Depois do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), cancelar o lançamento do viaduto batizado de Dona Marisa Letícia, o PT organiza uma inauguração extraoficial na zona sul do Estado. Segundo informações do blog Painel, da Folha de S. Paulo, o ato é organizado para o próximo dia 15. Já o lançamento da prefeitura aconteceria nesta quarta-feira (3). A homenagem à esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi assinada pelo prefeito interino Milton Leite (DEM) (saiba mais aqui mas já há um projeto do vereador Fernando Holiday (DEM-SP) para alterar o nome do viaduto. Marisa Letícia faleceu em fevereiro de 2017.

     

    Dominam as redes

     

    Os brasileiros que se autodeclaram eleitores de Jair Bolsonaro (PSC-RJ) para o cargo de presidente da República são também aqueles que mais compartilham notícias sobre política e eleições no Facebook e no WhatsApp. Segundo dados do Datafolha, 87% do eleitorado do deputado federal têm conta no Facebook e 40% deles afirmam compartilhar notícias sobre política e eleições na rede social. Da mesma forma, 93% têm conta no WhatsApp e 43% deles afirmam disseminar o conteúdo através do aplicativo. De acordo com a Folha de S. Paulo, em segundo lugar está Marina Silva, da Rede. A pré-candidata tem alcance de 86% no Facebook e 91% no WhatsApp, mas engajamento de 28% e 27% em casa rede, respectivamente.

     

    Preferido de Temer

     

    Dentre todos os chamados pré-candidatos à Presidência da República, Michel Temer (PMDB) tem um preferido: o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB). Para o peemedebista, ele é o nome que pode unir todo o centro, com bom apelo eleitoral e garra para defender seu governo, segundo informações do blog Radar, da Veja. No entanto, Doria é filiado ao PSDB, que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, como outro possível candidato. Além deles, outros nomes são cotados para disputar o pleito, a exemplo do ministro Henrique Meirelles, do apresentador Luciano Huck, da deputada federal Manuela D'Ávila, cuja pré-candidatura já foi anunciada pelo PCdoB, e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

     

    Ainda quer ser lembrado

     

    Apesar de ter descartado a possibilidade de sair candidato à Presidência da República nas eleições de 2018, Luciano Huck pretende permanecer nas pesquisas do Ibope. Em conversa com o diretor da empresa de pesquisas, Carlos Augusto Montenegro, o apresentador do Caldeirão do Huck fez esse pedido. A informação é do blog Painel, da Folha de S. Paulo, que aponta que os dois trocaram análises e o apresentador declarou que nenhum nome de centro, que tenha apoio do movimento "Agora!", conseguiu se firmar como opção viável para disputar o cargo. De acordo com a publicação, Montenegro informou que até o momento, tudo não passa de especulação.

     

    Dinheiro para os parceiros

     

    Para honrar compromisso com "parceiros" do governo de Michel Temer, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, junto com sua equipe, fez serão no dia 30 de dezembro, liberando cerca de meio bilhão de reais aos aliados. De acordo com informações do jornal O Globo, o registro das benfeitorias foi publicado em 74 páginas do Diário Oficial da União, do sábado (30). Houve até uma edição extra para incluir três municípios do Paraná, estado do ministro, que usou as redes sociais para anunciar os esforços empreendidos pelo governo como contrapartida aos aliados. 



  • 30/12/2017


    02.01.2018 13h07m
    Recomendar

    Sobe - Governos Federal e alguns estaduais que tentaram, liberando recursos extras, contribuírem para prefeitos ajustarem suas contas no final do ano.


    Desce - Os prefeitos que em uma administração equivocada nesse primeiro ano comprometeram servidores e fornecedores com a falta de pagamentos dos compromissos.

     

    PMDB quer reeleição de Temer


    O Palácio do Planalto e a cúpula do PMDB têm uma estratégia pronta para tentar viabilizar a candidatura do presidente Michel Temer à reeleição, em 2018, apesar da aprovação ainda estar na casa de um dígito. O plano é ancorado em pilares que incluem não só a melhoria de indicadores econômicos, mas também o reforço da agenda social. Na lista das medidas que serão anunciadas, nos próximos dias, está a prorrogação do limite de R$ 1,5 milhão para o financiamento da casa própria com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A sete meses do prazo para os partidos escolherem os candidatos, Temer faz de tudo para agradar à classe média e vai reembalar programas sociais da era petista, dirigidos às camadas mais pobres.


    Desemprego caiu


    A taxa de desemprego no país caiu para 12% no trimestre encerrado em novembro, conforme dados divulgados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, o índice representa queda em relação ao trimestre anterior, encerrado em agosto, quando o percentual foi de 12,6%, uma redução de apenas 0,6 pontos percentuais. Com a diminuição, o país registrou 12,6 milhões de pessoas desocupadas ao final de novembro. Apesar da melhora em relação ao trimestre imediatamente anterior, a taxa está acima da que foi firmada no mesmo período do ano passado, de 11,9%.


    Ministros defendem Gilmar


    Em nota pública, os 10 ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) criticaram a insinuação feita pelo juiz Glaucenir Oliveira, de Campos dos Goytacazes. O magistrado sugeriu que o ministro Gilmar Mendes teria recebido dinheiro para conceder habeas corpus ao ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho. "Tal episódio receberá o exame devido pelos órgãos competentes, mas representa perigoso precedente contra toda a magistratura e todos os fundamentos do Estado democrático de Direito", diz um trecho do texto. O juiz, que é responsável pelas investigações e pelo processo no qual Garotinho é acusado de corrupção e compra de voto, criticou Mendes através de um áudio encaminhado em um grupo de WhatsApp.


    Candidatura será relançada


    O PT planeja para o dia seguinte ao julgamento em segunda instância de Lula, no Tribunal Regional Eleitoral da 4ª Região (TRF4), marcado para 24 de janeiro, uma reunião ampliada da executiva do partido onde a candidatura dele será realizada. Segundo informações da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, deputados, senadores e governadores foram convidados para o evento, que ocorrerá independente da decisão judicial que seja tomada pelos desembargadores. O ato já é visto como um gesto de resistência - há uma expectativa generalizada que o tribunal confirme a condenação emitida pelo juiz Sérgio Moro, no caso do tríplex do Guarujá, em São Paulo.


    PMDB pode apoiar Maia


    Possível nome a concorrer nas eleições presidenciais de 2018, o deputado e presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) pode receber o apoio do PMDB para o pleito. O vice-prefeito Bruno Reis elencou os motivos para essa tendência na quinta-feira (28), durante o Festival Virada Salvador. "Por conta da posição que Rodrigo Maia tem como presidente da Câmara e vem se consolidando como verdadeiro reformista, tendo em vista as principais reformas aprovadas e que podem ser aprovadas pela frente, acho que tem diálogo e conexão com o PMDB. Até porque Michel Temer não é candidato, deixando isso claro", disse Reis.


    Sugeriu que Rui trabalhe


    O prefeito ACM Neto comemorou o fim da "novela" do empréstimo do Banco do Brasil ao governo do estado, anunciado na quinta-feira (28), pelo governador Rui Costa. Presente no camarote municipal do Festival Virada Salvador, o democrata disse que o desfecho mostrou que ele não teve qualquer participação na tentativa de impedir a liberação do recurso. "O governador tem que parar de enxergar coisa onde não existe e trabalhar mais pela Bahia e pelo governo, coisa que ele vem fazendo pouco, na minha opinião", disse o prefeito.

     

    Acatou recomendação


    Ainda com o uso de uma sonda na uretra por conta de uma cirurgia feita no dia 13 de dezembro, o presidente Michel Temer acatou a recomendação médica e avisou a auxiliares que desistiu de passar novamente a virada do ano na restinga da Marambaia, no Rio de Janeiro. No ano passado, Temer e a família foram para o local passar o réveillon. Temer embarcaria no início da tarde da quinta-feira (28). Oficialmente, o Planalto informa que a decisão do presidente aconteceu por conta da previsão de mau tempo e possibilidade de chuvas no local.  



  • 29/12/2017


    02.01.2018 13h04m
    Recomendar

    Sobe - Cármen Lúcia por suspender os efeitos do decreto natalino que reduziu o tempo de cumprimento das penas a condenados por crimes cometidos sem violência ou grave ameaça.


    Desce - Presidente Temer por publicar decreto natalino gerando sensação de impunidade aos 'crimes de colarinho branco'.

     

    Janot ataca


    O ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, engrossou o coro das críticas ao decreto do presidente Michel Temer que flexibiliza as regras para concessão do indulto natalino. Em manifestação no Twitter, Janot elogiou a atual procuradora-geral, Raquel Dodge, por ter ingressado no Supremo Tribunal Federal (STF) com uma ação contra a medida de Temer. "Em boa hora e no ponto, a PGR Raquel Dodge propôs ação de inconstitucionalidade contra o absurdo decreto baixado pelo presidente Temer, que indulta criminosos de todo o tipo, especialmente corruptos. Este é mais um movimento do governo contra a Lava Jato", disse Janot.


    Negou ser candidato


    Em Salvador para inauguração da nova Creche e Pré-Escola Primeiro Passo, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), negou ser pré-candidato à Presidência da República, apesar do apoio declarado dos seus correligionários. "Não, não sou. Sou deputado federal, meu mandato até o início de [2019] na Presidência da Câmara, e estou com uma agenda, em ano eleitoral, muito difícil, que começa pela reforma da Previdência, a pauta tem que ser menos eleição e mais reforma". Questionado sobre a reforma da Previdência, o parlamentar confirmou que a votação se mantém planejada para acontecer logo depois do Carnaval. "A gente começou a trabalhar, vamos continuar trabalhando.


    Não admite desrespeito


    Governador da Bahia, Rui Costa (PT) também assinou a carta endereçada ao ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Marun, na quarta-feira (27). No documento, os representantes das unidades federativas do Nordeste se uniram para protestar contra a declaração de que o governo pressiona gestores estaduais e municipais a trabalharem pela reforma da Previdência, em troca da liberação de recursos em financiamentos de bancos públicos. "Não admito que a Bahia seja desrespeitada ou ameaçada por ninguém. Os interesses dos baianos sempre vão nortear o meu trabalho", ressaltou Rui. O pronunciamento do petista foi feito na manhã de quinta-feira (28), através do Twitter.


    Indicação de Jefferson


    O presidente do PTB, Roberto Jefferson, confirmou que o partido indicou o deputado Pedro Fernandes (PTB-MA) para assumir o cargo de ministro do Trabalho no lugar de Ronaldo Nogueira, que pediu demissão do posto na quinta-feira (27), como adiantou a Coluna do Estadão. Segundo Jefferson, o nome de Fernandes é "consenso" no partido e a posse dele será marcada para a próxima quinta-feira (4) pelo Palácio do Planalto. "O ministro Ronaldo Nogueira acha que cumpriu a missão dele. E, como o presidente deu prazo de dezembro para que os ministros saíssem, ele disse que iria pegar este prazo. Vem agora o deputado Pedro Fernandes, do Maranhão, que é consenso no partido e na bancada. Ele toma posse na próxima quinta-feira, às 14h.


    Alto índice de presença


    Os deputados estaduais baianos não fizeram feio no quesito presença em sessões ordinárias em 2017. De acordo com levantamento realizado pelo Bahia Notícias, nenhum dos 63 deputados que compõem a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) teve menos de 70% de frequência nas reuniões realizadas em plenário durante o ano. Entre eles, apenas Paulo Câmera (PDT) esteve abaixo deste percentual, comparecendo à AL-BA em somente 47% das sessões. No entanto, o pedetista tem se afastado das atividades parlamentares, porque está em tratamento de um problema de saúde. Segundo o registro de frequência da Casa, quem mais faltou, além de Câmera, foi a deputada Mirela Macedo (PSD), com 72% de ida às sessões.


    Saldo positivo


    O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou em sua conta no Twitter que o saldo de empregos em 2017 segue positivo, "apesar de pequena variação negativa em novembro". "A melhora em comparação a 2015 e 2016 é substancial e o avanço é cada vez mais rápido", disse o ministro. No primeiro mês de vigência da reforma trabalhista, o País registrou fechamento de 12.292 vagas em novembro. No acumulado de 2017 até novembro, há uma abertura de 299.635 postos de trabalho com carteira assinada. A expectativa do Ministério do Trabalho é encerrar o ano com estabilidade na geração de empregos.


    Liberdade condicional


    Por apresentar "bom comportamento carcerário", o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Roberto Barroso decidiu que o ex-diretor de marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato possa cumprir sua pena em liberdade condicional. De acordo com o Estadão, Pizzolato foi condenado a 12 anos e sete meses de prisão por conta do escândalo do mensalão do PT. Na decisão, Barroso considerou que o ex-diretor tem bons antecedentes e comportamento, que ele já cumpriu 1/3 da pena e também que Pizzolato já está apto a se sustentar com um "trabalho honesto". Faz um ano e sete meses que o ex-diretor cumpre pena e desde o dia 31 de maio já estava em regime semiaberto no Complexo Penitenciário da Papuda.  



  • 28/12/2017


    28.12.2017 10h44m
    Recomendar

    Sobe - Cabuçu por ser a praia preferida dos feirenses para passar reveillon.


    Desce - O Brasil por perder mais de 12 mil vagas de emprego em novembro.

     

    Perda de mandato


    A Câmara dos Deputados considera a possibilidade de questionar no Supremo Tribunal Federal (STF) a perda automática de mandato do deputado Paulo Maluf (PP-SP). O parlamentar foi preso na semana passada, após decisão do ministro Edson Fachin. O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encomendou um parecer de técnicos da Casa para decidir se questionará a cassação imediata do mandato de Maluf. O resultado será entregue na quarta-feira (27). De acordo com o Blog da Andréia Sadi, no G1, os técnicos da Câmara avaliam que a palavra final sobre a cassação do mandato de Maluf cabe ao plenário da Casa.


    Alvo de ações

     

    A reforma trabablhista é alvo de pelo menos 11 ações diretas de inconstitucionalidade (Adins) no Supremo Tribunal Federal. A Lei 13.467/2017 está em vigor há cerca de um mês. De acordo com o site Valor Econômico, sete das Adins são assinadas por confederações e federações de trabalhadores, e tratam do fim da obrigatoriedade de pagamento da contribuição sindical. Outras duas foram apresentadas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) antes mesmo de a norma entrar em vigor: uma sobre a terceirização e outra a respeito de assistência judiciária gratuita. As demais foram apresentadas por federações de trabalhadores e questionam o contrato de trabalho intermitente.


    Lavagem de dinheiro


    A Polícia Federal abriu outra frente de investigação como desdobramento da Operação Cui Bono, apurando indícios de lavagem de dinheiro do ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA) por meio do "falso aluguel de maquinário agrícola para suas fazendas". Segundo informações da Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo, os pagamentos que foram incluídos na investigação somam R$ 6,3 milhões de um valor de R$ 7,1 milhões ainda a serem repassados. Uma semana antes da apresentação da denúncia pela procuradora-geral da República Raquel Dodge, o relatório do inquérito sobre o bunker dos R$ 51 milhões foi entregue ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF) pelo agente da PF Arnold Fontes Mascarenhas Neto.


    Plano de Alckmin


    Mesmo que o presidente Michel Temer consiga aprovar em 2018 a mudança mínima das regras de aposentadorias e pensões, uma reforma da Previdência "contundente" e focada nos benefícios ao funcionalismo deverá ser a primeira prioridade no Congresso de Geraldo Alckmin, pré-candidato do PSDB à presidência da República, caso seja eleito. A afirmação é do economista Roberto Giannetti da Fonseca, um dos escalados para ajudar na formulação do programa de Alckmin. Em teoria, o PSDB apoia a reforma. Porém, seus deputados mostraram resistência em votar a favor dela. Sem ter os 308 votos necessários para aprovar a proposta na Câmara, o governo Temer decidiu deixar para fevereiro a apreciação do texto pelos deputados.


    Municípios sem 13º


    Pelas contas do presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro (PSD), cerca de 60% das prefeituras baianas vão ficar sem pagar o 13° salário para os servidores municipais. O fato só pode ser revertido, considera Eures, caso o presidente Michel Temer cumpra a palavra e libere R$ 2 bilhões para os municípios brasileiros. "Nós estamos esperando a ajuda de Temer. Se ela sair até o dia 31 vai ajudar", disse o também prefeito de Bom Jesus da Lapa, no oeste baiano, ao Bahia Notícias. O fato em que Eures se refere ocorreu no final de novembro deste ano. Em reunião com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Temer prometeu conceder a verba, esperando apoio para a reforma da previdência, questão que será votada na Câmara em 19 de fevereiro.


    10 leis promulgadas


    O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Angelo Coronel (PSD), promulgou na terça-feira (26), 10 leis aprovadas pela Casa, mas que não passaram pela sanção do governador Rui Costa (PT). A promulgação de projetos que não passaram pelo crivo do chefe do Executivo é prerrogativa do presidente da AL-BA. Uma das principais propostas que passa a ser lei é de autoria da deputada Fabíola Mansur (PSB). A Lei 13.825, de 26 de dezembro de 2017, dá aos doadores regulares de sangue a possibilidade de ter atendimento prioritário nos postos do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC). Segundo o texto, se encaixam nessa categoria aqueles registrados nos hemocentros ou bancos de sangue dos hospitais do Estado.



  • 27/12/2017


    28.12.2017 10h41m
    Recomendar

    Sobe - O juiz Glaucenir Oliveira (da cidade de Campos - RJ) pela coragem de afrontar o ministro Gilmar Mendes sobre a soltura de Garotinho

     

    Desce - A queda no número de matrículas nos níveis fundamental e médio nas escolas públicas por permitir inferir que a evasão escolar está aumentando

     

    Brasileiros pretendem anular voto


    Votar para deputado federal não parece estar entre as prioridades dos brasileiros. Levantamento divulgado na terça-feira (26) pelo Instituto Paraná Pesquisas aponta que 41,7% dos brasileiros pretende anular o voto ao invés de escolher um integrante da Câmara dos Deputados. O número é alto, porém inferior ao de pessoas que pretendem depositar o voto para algum candidato a parlamentar nas eleições de 2018: 47,3% dos entrevistados afirmou que pretende votar. Completam o cenário 11%, que não souberam responder ou não opinaram. O percentual de desiludidos com a política é maior entre os jovens entre 16 e 24 anos. Para 45,6% desse segmento, anular o voto é o caminho provável nas urnas no próximo ano. Já na faixa etária entre 25 e 34 anos está o maior otimismo em relação ao voto: 51,4% pretendem votar para deputado federal. O levantamento ouviu 2.020 eleitores entre os dias 18 e 24 de dezembro em 164 municípios e possui margem de erro de 2%.

     

    Pedido negado


    O juiz Bruno Aielo Macacari, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, negou na terça-feira (26) o pedido do deputado Paulo Maluf (PP-SP) para que um perito contratado pela defesa fizesse a avaliação médica do parlamentar. Maluf está preso em Brasília, no Complexo Penitenciário da Papuda, desde a semana passada, quando foi transferido de São Paulo para a capital pela Polícia Federal. A defesa alega que ele sofre de problemas de saúde e tem pedido para a prisão ser convertida em domiciliar.

     

    Dívidas renegociadas


    A Bahia e outros 12 estados tiveram suas dívidas renegociadas com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Com valor de R$ 1,6 bilhão, o estado tem a segunda maior dívida com o banco, ficando atrás apenas de São Paulo, que tem o débito de R$ 1,7 bilhão. O total do valor de todas as unidades federativas envolvidas é de R$ 7,8 bilhões. A operação se baseou na Lei Complementar 156, de dezembro de 2016, que define o Plano de Auxílio aos Estados e ao Distrito Federal, incluindo as dívidas dos entes federativos com o BNDES. A renegociação foi concluída na última sexta-feira (22).

     

    Nova invasão


    Neste final de semana um grupo de índios liderados pelo cacique Capilé invadiram a fazenda do ex-ministro Geddel Vieira Lima, na região do rio pardo, em Potiraguá. Para garantir a ordem, uma equipe da Cipe chegou na cidade na terça-feira (26). O clima é de tensão na cidade, pois em setembro esse mesmo grupo invadiu várias fazendas na região. De acordo com o site 'Políticos do sul da Bahia', o coordenador da policia civil na região, delegado Roberto Junior, declarou que vai realizar o inquérito.

     

    Caixa 3


    Em relatório de um dos inquéritos que investigam o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a Polícia Federal apontou indícios de que suas campanhas receberam dinheiro de empresas a mando da Odebrecht, prática chamada pelos investigadores de "caixa três". Desde que vieram a público as delações de donos e executivos da empreiteira, em abril, apontava-se a Cervejaria Petrópolis, que fabrica a Itaipava, como a principal parceira da Odebrecht no caixa três. Segundo a Odebrecht, a cervejaria doou nas eleições de 2008, 2010, 2012 e 2014 cerca de R$ 120 milhões a diversos políticos a pedido da empreiteira.

     

    Candidatura de transexuais


    O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai discutir no início de 2018 o registro de candidaturas de transexuais. A pedido da senadora Fátima Bezerra (PT-RN), a Corte Eleitoral deve definir, por exemplo, se um homem transexual que disputar a próxima campanha pode ser incluído pelos partidos na cota feminina. De acordo com a Coluna do Estadão, a Lei das Eleições prevê que cada legenda ou coligação deverá preencher no mínimo 30% para candidaturas de cada sexo, mas a senadora alega que o termo "sexo" é questionável nesse caso, pois não alcança a identidade de gênero. Conforme a publicação, a maioria dos partidos enfrenta problemas para cumprir a cota feminina.



  • 23/12/2017


    28.12.2017 10h38m
    Recomendar

    Sobe- Força popular, que em menos de dois dias, conseguiu quase dois milhões de assinaturas pedindo o impeachment do ministro Gilmar Mendes.


    Desce- O ministro do STF, Gilmar Mendes, que tem servido de chacota nas redes sociais do país.

     

    Jacques alfinetou Jac

     

    O secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Jaques Wagner, comentou na sexta-feira (22), sobre a ida da JAC Motors para Goiás - o governo, ainda na sua gestão como governador, cedeu terreno para a construção da montadora, no município de Camaçari, na região metropolitana de Salvador. "[A JAC] foi absolutamente desleal e antiprofissional conosco. Ela deve uma fortuna para nós, da Bahia, porque ela teve isenção de ICMS para importação enquanto iria construir, e nós vamos brigar com isso, vamos brigar inclusive no governo federal e chinês. Porque afinal de contas o governo federal não deveria manter o incentivo federal para uma empresa que destratou um estado da federação", afirmou Wagner.


    Não pretende cumprir decisão


    Embora a Justiça tenha determinado a readmissão dos trabalhadores demitidos pela Empresa Baiana de Alimentos (Ebal), o governador Rui Costa (PT) não pretende cumprir a decisão judicial. O petista informou na manhã de sexta-feira (22), que vai colocar as unidades da Cesta do Povo à venda e, se não conseguir, vai fechá-las. "O que é que o juiz acha? Que existe um cofre abarrotado de dinheiro?", ironizou durante discurso em meio à inauguração da Policlínica Regional de Jequié. O governador afirma que quando assumiu a gestão estadual tirava "R$ 60 milhões pra tapar o buraco" da rede de estabelecimentos.

     

    Não vai antecipar debate

     

    Após o prefeito ter declarado que o governador Rui Costa "choramingou" por causa do empréstimo de R$ 600 milhões concedidos, mas ainda não depositados, pelo Banco do Brasil ao estado, o petista afirmou na sexta-feira (22), que não responderia ao comentário. "Eu não tenho que falar nada para o prefeito. O debate eu vou fazer com quem tiver coragem de ser candidato no momento certo em 2018. Não vou antecipar debate eleitoral", disse. Apesar disso, Rui aproveitou o questionamento para alfinetar o democrata e sinalizou que fará a comparação entre ele e os outros candidatos, incluindo gastos com publicidade.


    Candidato a federal


    Aposentado das quadras de vôlei, Giba deverá ser candidato a deputado federal pelo PSD do Paraná, nas eleições de 2018. Ele se filiou ao partido no último dia 9, durante a convenção estadual da legenda, em Curitiba. Segundo informações do blog Radar, da Veja, o político Ratinho Júnior, que oficializado como novo presidente do diretório estadual e também pré-candidato ao governo do Estado, tem pretensões de lançar o ex-jogador de vôlei para disputar o Senado. Além de Giba, quem também migrou do esporte para a política foi o jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho, que deve sair candidato a uma das vagas do Senado pelo PEN.


    Funaro confessou


    O doleiro Lúcio Funaro confessou em depoimento ao juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara de Justiça Federal de Brasília, ter sido o responsável pela denúncia sobre a existência do apartamento no bairro da Graça, em Salvador, que estava emprestado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA), onde eram guardados R$ 51 milhões. A informação é do Jornal Nacional, que teve acesso ao depoimento.


    Alta no Psol


    O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) termina 2017 com 25 mil filiados a mais do que quando começou o ano. O incremento é de 20% e coloca a legenda com maior alta no número de integrantes, entre os 35 partidos registrados no país. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de acordo com o Uol. Por outro lado, no ranking de membros filiados a legenda ocupa a 25ª posição, é a 11ª menor. O presidente nacional da sigla, Luiz Araújo, reconhece que o partido ainda é pequeno. Para 2018, a principal meta do PSOL é dobrar a bancada federal, que hoje é composta por seis dos 513 deputados. Também há objetivo de lançar candidatos ao governo em todos os estados.



  • 22/12/2017


    22.12.2017 12h24m
    Recomendar

    Sobe - A biblioteca pública inaugurada no Jardim Acácia por se consolidar como espaço de fomento a leitura.

     

    Desce - Governo e deputados estaduais com a enganação da redução dos valores de pátio e guincho.


    SMT


    Senti a falta dos prepostos da SMT neste movimentado mês de dezembro nos locais mais movimentados da cidade. Tenho reclamado continuadamente, nas páginas do jornal e no programa Primeira Página da Rádio Povo da falta de ações para educação no trânsito em Feira de Santana. A última reclamação não é querer publicidade no jornal ou rádio, as emissoras de rádio têm contrato permanente com a prefeitura e basta disponibilizar uma parte deste tempo para a educação no trânsito, idem para jornais e sites, só falta decisão.


    Lição


    Para atender a demanda quadriplicada de transeuntes e veículos no centro comercial de Feira de Santana, seria de bom auvitre não conceder férias e licenças durante o mês de dezembro e a segunda quinzena de junho, proximidades das festas juninas, com maior contingente, seriam atendidas várias artérias da cidade. O que custa colocar agentes nas transversais Senhor dos Passos com Getúlio Vargas? Getúlio Vargas com Visconde do Rio Branco e Avenida Rio de Janeiro com as proximidades do Feiraguay, além de Praça da Bandeira com Conselheiro Franco? Os locais poderiam ser denominados de bagunça no trânsito. Pedestre, como não tem educação, não sabe que sinaleira tem preferência sobre faixa de pedestre e motorista porque está na razão, pode até atropelar um deles.


    Lição I


    O motorista de Feira ainda está no tempo de uma cidade atrasada. Quando abre uma sinaleira, ele vai pensar a hora que vai engatar a primeira marcha, essa leseira atrasa todos os veículos que vêm atrás, perdemos metade do tempo disponível com esta moleza. Se colocar um guardinha, eles usam aquele apito, pi pi pi, de silvo longo para adiantar a saída dos moles, o trânsito de Feira seria uma beleza, é uma pena que os guardas não queiram usar apito, achando eles que vamos confudi-los com índios, que segundo os descobridores do Brasil, gostam de apito.


    Lição II


    Se qualquer obtuso frequentar os horários de pico na confluência das ruas perto da Casa de Saúde Santana, JJ Seabra com Getúlio Vargas e no fundo da Igreja Matriz, além das sinaleiras centrais da Senhor dos Passos e Conselheiro Franco, saberia que a presença destes apitadores nos locais adiantaria o trânsito. Se eu estiver errado, superintendente e secretário de trânsito, podem escrever para esta coluna para me reclamar, porque na minha concepção, os errados são eles e o prefeito deveria chamá-los a atenção, pois até o tempo dele é perdido nas sinaleiras e eu motorista e pedestre fico puto da vida com eles, os responsáveis.


    Lição III

     

    Os fiscais de trânsito podem inibir uma prática miserável de vários motoristas que tentando passar durante o sinal amarelo, terminam fechando o fluxo dos veículos da outra via, isso é falta grave, e os agentes estando nas sinaleiras, podem multá-los severamente. De vez em quando é bom educar o sujeito sentindo o peso do bolso.


    O jegue


    A proposta enviada para Assembleia pelo Governo Estado e aprovado pelos deputados estaduais lembra o marido que ouvindo reclamações constantes da esposa de que a casa estava muito pequena e que ela andava roxa por atropelar os móveis dos quartos e da sala, ele procurou achar a solução mais cômoda e menos onerosa. Ao invés de comprar outra casa maior, comprou um jegue. Com o argumento de que ganhou o jegue, mas não tinha um pasto para alimentá-lo, o colocou na sala. A mulher brigou durante 30 dias, no final do mês ele levou o jegue embora, a casa ficou enorme, a mulher não reclamou mais.


    O jegue e o falo


    É o caso da proposta para reduzir os preços de pátio e guinchos para motos e automóveis. O governo fez uma pequena diminuição, os deputados fizeram uma emenda diminuindo um pouquinho. Um veículo que o guincho está sendo cobrado a R$ 306, diminuiu para R$ 250, só que este volume é enorme porque é em todo o estado. Se um cidadão no mesmo percurso contratar isoladamente um guincho para o seu veículo, paga em média R$ 80, o pátio no shopping da cidade, local mais caro da área comercial, cobra por uma diária R$ 15, o povo do Estado está cobrando em um pátio que fica num terreno baldio, R$ 25, diminuíram um pouquinho o pátio para motos, para veículos o mesmo absurdo R$ 49,50. Com essa diferença de preço, não pode se aplicar o caso do jegue para resolver espaço? Pois bem, neste caso, não é só o jegue, é o jegue e o falo.



  • 21/12/2017


    21.12.2017 11h33m
    Recomendar

    Sobe- Feira de Santana por ter um plano estratégico de resíduos sólidos.

     

    Desce- A Justiça brasileira, que só 40 anos depois conseguiu prender Maluf.


    Chifre em cabeça de cavalo


    O prefeito ACM Neto ironizou o governador Rui Costa na quarta-feira (20), ao comentar os boatos em torno de uma possível mudança no cenário político local, com o PP e o PR mudando de lado e passando a apoiar o democrata. Na avaliação do governador, o grupo político da oposição não tem nomes para compor uma aliança forte visando a eleição de 2018 e por isso o prefeito de Salvador estaria tentando atrair novas siglas. "Ele [Rui] está enxergando chifre em cabeça de cavalo", comentou Neto. "É parte dessas neuroses que ele tem com o meu nome", criticou.


    Melhorou 3%


    A aprovação do governo do presidente Michel Temer apresentou melhora de 3% entre setembro e dezembro. A última pesquisa CNI/Ibope do ano, divulgada na quarta-feira (20), mostra que a aprovação saiu de 3% para 6%, assim como o percentual dos que consideram o governo regular subiu de 16% para 19%. O mesmo percentual de variação é visto no grupo dos que classificam o governo como ruim ou péssimo: houve redução de 77% para 74%. Segundo o levantamento, a confiança em Temer também está 3% maior: 9% disseram confiar no presidente em dezembro, contra 6% em setembro.


    Alfinetou Nilo


    O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado Ângelo Coronel (PSD), não precisou citar o nome do deputado Marcelo Nilo (PSL) para provocá-lo durante apresentação do balanço da gestão em 2017. Questionado se havia algum arrependimento, Coronel disse que tinha um. "Me arrependo de não ter sido presidente dez anos, pra poder fazer mais por essa casa", alfinetou, arrancando risos dos presentes. Coronel é sucessor de Nilo, que ocupou a presidência da AL-BA por cinco mandatos, de dois anos cada. O deputado chegou a se lançar candidato à eleição interna deste ano, mas desistiu de concorrer pela sexta vez ao cargo.


    Despistou


    A decisão do prefeito ACM Neto (DEM) sobre sua candidatura ao governo da Bahia em 2018 só deverá ser tomada em fevereiro do ano que vem. O democrata garante que "não é charme", "nem jogo político", mas que ele não pode tomar decisões impensadas. "As pessoas me perguntam, me pararam no shopping para perguntar se eu sou candidato a governador. Não está decidido ainda. Não é charme da minha parte, não é jogo político. Eu tinha decidido como marco para definir o futuro a virada do ano, então, no próximo ano vamos fazer conversas. Janeiro e fevereiro são meses de conversas", explicou o prefeito.


    Grande injustiça


    O deputado Paulo Maluf (PP-SP) classificou a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), de mandar prendê-lo como "uma grande injustiça". O parlamentar disse a seus advogados que em respeito à Corte máxima decidiu se entregar à Polícia Federal na quarta-feira (20). A defesa do deputado vai protocolar junto ao juiz de execução penal, no Distrito Federal, um pedido de domiciliar. Uma das alegações será a saúde do deputado, que fez radioterapia recentemente, já teve câncer de próstata e passou por operação em 1997.


    Frustração


    O governador Rui Costa considerou na terça-feira (20), a hipótese do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não ser candidato à Presidência da República e sinalizou ainda que um nome de outro partido poderia substituí-lo caso ele seja impedido de concorrer nas eleições do próximo ano. "Eu vou torcer para que ele consiga ser candidato, acho que haverá uma grande frustração no Brasil se ele não for candidato. A escolha posterior caberá à avaliação do cenário.


    Receberá comenda

     

    Os deputados baianos aprovaram na noite da terça-feira (19), a entrega da Comenda Dois de Julho para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O projeto de autoria do deputado Bira Corôa (PT) foi aprovado por unanimidade. A Comenda Dois de Julho é concedida para personalidades em reconhecimento aos feitos em favor do estado e da população. "É uma satisfação imensa ver essa Casa aprovar tão importante homenagem àquele que já possui o reconhecimento popular de ser o melhor presidente da história do Brasil, com marca de grandes e importantes investimentos no nosso estado", destacou Corôa.



  • 20/12/2017


    21.12.2017 11h29m
    Recomendar

    Sobe - Ministro Edson Fachin por determinar a execusação da pena do deuputado Paulo Maluf em regime fechado.

     

    Desce - Ex-prefeito de Santo Amaro por ser preso na operação Adsumus sob acusação de envolvimento no maior desvio de dinheiro público da cidade.

     

    Maratona de entrevistas


    O presidente da Câmara, José Carneiro Rocha, visitou algumas emissoras no dia de ontem, incluindo a Rádio Geral, onde concedeu entrevista e tratou sobre diversos assuntos. Carneiro fez um balanço das ações realizadas neste ano e revelou as perspectivas para 2018. O presidente também tratou de assuntos referentes ao concurso público para servidor da Casa, limitação para a concessão de outorgas, TV aberta do Legislativo feirense e balanço de projetos apresentados e aprovados na Câmara Municipal.


    Apoio a Lula


    O cantor e compositor Chico Buarque é uma das personalidades que apoiam o manifesto "Eleição sem Lula é fraude", lançado na terça-feira (19), pelo ex-ministro Celso Amorim, em contraposição ao julgamento do ex-presidente petista no Tribunal Regional Federal da 4 ª Região (TRF4). De acordo com informações da Folha de S. Paulo, o documento, que além da assinatura de Chico contou com a firma do filósofo norte-americano Noam Chomsky, faz duras críticas ao julgamento, que está marcado para 24 de janeiro de 2018 e pode tirar Lula da disputa eleitoral naquele ano. Antes do caso do tríplex de Guarujá chegar ao TRF-4, o petista foi condenado em primeira instância pelo juiz Sérgio Moro, em junho deste ano, por corrupção e lavagem de dinheiro.


    Prisão convertida

     

    O doleiro Lúcio Funaro teve a progressão de regime para prisão domiciliar aceita pelo juiz Valisney Oliveira, na manhã de terça-feira (19). Funaro é considerado o operador do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e firmou acordo de colaboração premiada com a Justiça. O alvará de soltura do doleiro foi expedido após parecer do Ministério Público Federal, que concordou com a progressão de regime do delator. Funaro deve permanecer em sua residência, em Vargem Grande do Sul, no interior de São Paulo. A residência em que o doleiro deve ter monitoramento eletrônico e mensalmente as imagens das câmeras de segurança deverão ser remetidas ao juízo, de acordo com a ata da sessão que confirmou a mudança no regime prisional. Lúcio Funaro foi preso em julho de 2016 e teve o acordo de colaboração homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), no último mês de setembro.

     

    Denúncias retiradas


    Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta terça-feira (19), retirar de Sérgio Moro as denúncias de organização criminosa contra políticos do PMDB, como Geddel Vieira Lima, Eduardo Cunha e Rodrigo Rocha Loures. De acordo com o G1, as defesas queriam manter as acusações no STF, ou garantir que as peças fossem enviadas para uma vara criminal do Distrito Federal, e não para Moro. Ficou definido que os processos serão enviados para a Justiça Federal de Brasília.


    Pai de santo ajudou


    Michel Temer recebeu um passe de um homem que se identificou como pai de santo no palco da convenção nacional do PMDB. O babalorixá Pai Uzêda disse que fez um trabalho para eliminar uma "macumba", que tinha o objetivo de provocar a morte de Temer. Temer foi recebido pelo pai de santo quando subiu ao palco do evento, em Brasília, na terça-feira (19). Ele abriu os braços enquanto o babalorixá passava folhas de guiné em seu corpo. "Fizeram um trabalho de vudu contra o presidente Temer. Por isso que ele teve a doença", afirmou o pai de santo, após o evento ele ia morrer".


    Deixou a cadeia


    A ex-primeira-dama Adriana Ancelmo deixou na manhã de terça-feira (19), a cadeia pública José Frederico Marques, em Benfica, no Rio, para permanecer em prisão domiciliar. O benefício, concedido na segunda (18), pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes, é semelhante ao dado pelo juiz Marcelo Bretas, em março. Ela retornou para o presídio por determinação do Tribunal Regional Federal no mês passado. Em seu texto, o ministro citou decisões anteriores do próprio STF.



  • 19/12/2017


    19.12.2017 12h10m
    Recomendar

    Sobe- A Secretaria de Saúde de Feira e o Hospital da Mulher do município pelo bom desempenho no setor.


    Desce- O Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), ligado ao Ministro do STJ, Gilmar Mendes ao receber recursos da Friboi.

     

    Perde e ganha

     

    O deputado Carlos Geilson perdeu, há 15 dias, o apoio do prefeito de São Gonçalo, Carlos Germano, em contrapartida recebeu graciosamente o apoio do ex-prefeito Furão, isso para azar do candidato a deputado estadual Tarcízio Pimenta, que há 30 dias tinha recebido apoio público de Antônio Dessa, com o aval do prefeito José Ronaldo. Vai entender política?

     

    Silvério Silva

     

    O prefeito José Ronaldo foi o entrevistado na Rádio Subaé, no programa Silvério Silva Show do último domingo. O prefeito discorreu sobre suas obras no decorrer do ano e falou sobre o pacote de obras de 134 milhões. Silvério imprimiu qualidade nas perguntas ao prefeito, que não tratou apenas da administração, mas de política e a candidatura do prefeito no próximo ano. A audiência de Silvério que é grande e líder aos domingos prendeu os ouvintes com a qualidade da entrevista.

     

    Rui elogia Ronaldo


    Em entrevista à rádio Sociedade, na manhã de ontem (18), o governador Rui Costa (PT), ao comentar a polêmica envolvendo o Centro de Convenções, alfinetou o prefeito ACM Neto (DEM) e comparou-o ao prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM). O petista reclamou que o diálogo entre o governo do estado e a prefeitura sobre o assunto é difícil. "O que seria o ideal é que os gestores colocassem a coisa pública acima do interesse político-partidário. Tenho um diálogo muito bom com Zé Ronaldo, por exemplo. Ele tem uma postura diferente, muito mais madura. Tenho outra relação. Ele nunca teve postura de dificultar nada, nem de atrasar alvará. O metrô está pronto, mas faltam as passarelas. [...] Falei com o prefeito de Salvador sobre construir um centro no Comércio, mas logo depois anunciou um centro do município, sem um telefonema sequer. Mas, espero que ele consiga solucionar o problema de salinidade daquele local. Desejo boa sorte", declarou.

     

    Encontro de vice-prefeitos

     

    Um encontro de vice-prefeitos da Bahia, que ocorreu na manhã de segunda-feira (18), em Salvador, tenta criar uma associação para a defesa de interesses próprios. Entre os primeiros atos da associação, chamada de UVP, estão a aprovação de um estatuto, um regimento e uma comissão eleitoral. Não há ainda uma definição de quando ocorrerá a eleição. Conforme o vice-prefeito de Cruz das Almas, Max Passos, uma coordenação inicial para adiantar os trabalhos é formada por ele, pela vice-prefeita de Morro do Chapéu, Juliana Araújo; pelo vice de Caldeirão Grande, Carlos Augusto Bezerra; e pelo vice-gestor de Saubara, Genildo Macedo. Entre as reivindicações, a UVP quer garantir que os vices não sofram retaliações dos prefeitos durante a gestão.

     

    Pacote abortado


    A equipe econômica do presidente Michel Temer suspendeu o pacote de bondades anunciado para incentivar a aprovação da reforma da Previdência no Congresso Nacional. Com o anúncio de que a pauta deverá ser apreciada ainda em fevereiro - e sem garantia de aprovação -, o governo deve alterar as medidas já aprovadas em troca de apoio. Entre os itens estão a liberação de verba para municípios, o projeto que permite o parcelamento de dívidas (Refis) de micro e pequenas empresas e aquele que autoriza União, estados e municípios a venderem ao setor privado o direito sobre créditos parcelados - chamada securitização. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

     

    Informação incompleta


    A ligação anônima que desencadeou a operação Tesouro Perdido, que resultou na apreensão dos R$ 51 milhões atribuídos ao ex-ministro Geddel Vieira, não detalhou o número do apartamento no qual o dinheiro estava guardado. Segundo relatório da Polícia Federal ao qual o programa Fantástico, da TV Globo teve acesso, a testemunha relatou que "o político Geddel Vieira Lima vem colocando caixas em um apartamento, no segundo andar de um edifício na rua Barão de Loreto, no Bairro da Graça, desta capital, Salvador. Não sabe informar o número do apartamento. Só que fica do lado direito do prédio". A PF informou que a informação foi passada rapidamente para a equipe de análise da corporação. "E essa equipe buscou em fontes abertas, usando técnicas policiais de entrevista, para verificar se a informação procedia", explicou o delegado da PF Fábio Muniz, responsável pela investigação.

     

    Direitos políticos suspensos


    O ex-prefeito de Irecê, no centro norte, Luizinho Sobral teve os direitos políticos suspensos por oito anos por abuso de poder econômico e captação ilícita de votos nas eleições 2012. Segundo o site Caraíbas FM 100,7, Sobral ainda terá de pagar multa de R$ 30 mil. A captação ilícita de votos teria ocorrido pela distribuição de camisas azuis na véspera e no dia da eleição daquele ano. Conforme o juiz José Onofre, ficou comprovado, através de farta prova documental em fotografias, que centenas de pessoas foram flagradas usando camisas azuis padronizadas. Testemunhas disseram que a distribuição ilegal de camisas do mesmo modelo teria ocorrido no Posto Petrometal e no Povoado do Mocozeiro.

     

    Foi vítima


    O senador Aécio Neves (PSDB-MG) disse não torcer para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seja preso. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, a primeira após ser denunciado por corrupção passiva e obstrução de Justiça com base nas delações da JBS, o tucano falou sobre a possível candidatura do petista. "Eu não torço pela prisão do Lula. Não torço pelo que ele representou para o país. Mas ele tem de responder para a Justiça, que não pode ser seletiva. Temos de resgatar na eleição a capacidade de discutir o país. Temos de sair da delegacia de polícia e voltar a falar ao coração das pessoas. Precisamos restabelecer um clima minimamente respeitoso", afirmou.



  • 18/12/2017


    18.12.2017 11h57m
    Recomendar

    Sobe - Banco de Leite do Hospital da Mulher por ser referência em Aleitamento Materno no Brasil atestada pelo Ministério da Saúde.

     

    Desce - Donos de animais domésticos que ignoram calendário de vacinação antirrábica.

     

    Apoio

     

    O líder político Zé Batista, que sempre esteve ligado à família Magalhães começando por ACM, Luis Eduardo Magalhães e, agora, depois de ficar de bem, ACM Neto, se empenha atualmente pela eleição do seu amigo Zé Chico a deputado federal. O empenho não está vindo só pelo pedido de votos e apoios, já inovou agora, com os joelhos em oração. Agora vai!

     

    Candidatura

     

    Quem pensa que a possibilidade da candidatura a deputada estadual da vereadora Gerusa foi apenas um “balão de ensaio”, se enganou. Ela está se articulando para participar da eleição em um partido que, coligado com outros menores, lhe possibilite uma eleição mais tranquila. PSDB, DEM e PMDB, nem pensar!

     

    Herança

     

    Com a desistência do deputado federal Fernando Torres de disputar a eleição no próximo ano, especulou-se em Feira que ele estaria propenso em dividir os seus votos com duas candidaturas. O seu compadre e aliado David Neto e a ex-deputada Eliana Boaventura. Os dois candidatos a estadual. De Torres ainda não se ouviu tal afirmativa. Certeza mesmo é Fernando Torres apoiar para deputado federal Otto Filho.

     

    Rui nega conflito

     

    Após o vice-governador, João Leão, negar tensão entre o governador Rui Costa e o PP, o petista também negou que haja estremecimento com o partido - nos bastidores, há rumores de que o deputado Cacá Leão estaria convencendo o pai a deixar a base do governador e migrar para o lado do prefeito ACM Neto. “Triste do time que não tem craque no banco querendo entrar para ser titular. Tem time que está assim, está caçando candidato porque não tem ninguém para jogar. Querendo contratar jogador do time adversário, porque não tem não jogador bom suficiente para ganhar a partida”, alfinetou, em menção ao grupo adversário, atribuindo os boatos a “fofoca”.

     

    Sem investimentos

     

    Ano novo, investimentos zero. O governo federal não prevê a realização de novos investimentos em 2018, apena a conclusão de obras que estão em andamento. A afirmação é do ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, que concedeu entrevista na sexta-feira (15), à rádio CBN. “Não se prevê evidentemente nenhuma nova obra, nenhuma nova iniciativa, mas procuraremos preservar recursos necessários para a continuidade e conclusão das obra que estão em andamento, dentro desse cenário de aperto orçamentário. Teremos que priorizar áreas de governo que têm impacto mais forte, mais presente, na vida das pessoas”, disse. Segundo Dyogo, os programas sociais, de atenção e assistência social serão priorizados dentro desse cenário.

     

    Lula na dianteira

     

    Mais uma pesquisa de intenções de voto foi divulgada e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva continua preferido dos eleitores. Levantamento do DataPoder360, lançado na sexta-feira (15), mostra que o petista seria vencedor no 1º e no 2º turnos. Em uma disputa no segundo turno com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB-SP), o tucano perderia com 28%, ante 41% de Lula. Já Bolsonaro (PSC), em um mesmo contexto de disputa com Lula, perderia com 30% das intenções de voto, contra 41% do ex-presidente petista. O levantamento também considerou cenários de primeiro turno. Lula mantém liderança com 30% dos votos, seguido por Bolsonaro (22%), Marina Silva (Rede, 10%), Alckmin (8%) e Ciro (PDT, 6%).

     

    Fica na Bahia

     

    A cidade de Novo Triunfo, no nordeste baiano, tem o menor Produto Interno Bruto (PIB) por pessoa do Brasil. A informação foi divulgada na quinta-feira (14), pelo IBGE. O PIB representa a soma de todos os bens e serviços produzidos durante um período. Segundo a pesquisa Produto Interno Bruto dos Municípios 2015, Novo Triunfo gerou apenas R$ 3.369,79 de riqueza por habitante. Para se ter ideia da renda irrisória registrada na cidade baiana, o PIB médio naquele ano foi de R$ 29,3 mil. Conforme o instituto, “Observa-se que nesse município a Administração, defesa, educação e saúde públicas e seguridade social participava com 65,7% do valor adicionado bruto total”, destaca a pesquisa.



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia